Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de maio 2016

Professor Carbonari é o mais votado para o Conselho Nacional de Educação

11 de maio de 2016 0

Professor Carbonari é o mais votado

para o Conselho Nacional de Educação

 Dentre os candidatos indicados a uma das seis novas vagas no Conselho Nacional de Educação (CNE), o professor Antonio Carbonari Netto, fundador da Universidade Anhanguera, foi o mais votado em todas as associações integrantes do Fórum das Entidades Representativas do Ensino Superior Particular. O ofício com o resultado das eleições já se encontra no Ministério da Educação. A designação cabe à Presidência da República.

Carbonari é matemático, empresário e ex-professor de cursinho pré-vestibular. Com o modelo da Anhanguera, mudou a vida de um grande contingente de brasileiros que terminam o Ensino Médio sem dinheiro para cursar uma universidade de “grife” e com mínimas chances de conquistar uma vaga nas disputadíssimas instituições públicas.

O professor é reconhecido como um dos responsáveis pelo Ensino Superior no Brasil ter alcançado, nas últimas três décadas, um crescimento acima de 30% nas classes “C” e “D” da população. No universo dos alunos até hoje formados pela Universidade Anhanguera, 79% estão atuando no mercado formal de trabalho, empregados ou empreendendo seus próprios negócios. Após a diplomação, é de 122% o aumento médio obtido na renda mensal de cada um deles, que era, no máximo, de três salários mínimos quando ainda estudantes.

Licenciado em Matemática (PUCCAMP/1973), especialista em Educação Matemática (USF/CAPES/1979), MBA em Gestão Universitária (UNIMARCO/2001) e mestre em Administração, Comunicação e Educação (Universidade São Marcos), Carbonari Netto recebeu votação maciça como candidato ao CNE de todas as entidades do Ensino Superior particular, reunidas no fórum reconhecido como o mais importante organismo representativo do setor.

Atuação de representantes do ensino particular no CNE é importante para o cumprimento dos objetivos do colegiado. Sua missão é a busca democrática de alternativas e mecanismos institucionais que possibilitem, no âmbito de sua esfera de competência, assegurar a participação da sociedade no desenvolvimento, aprimoramento e consolidação da educação nacional de qualidade.

carbonari

Bookmark and Share

Prepare-se para o vestibular gratuitamente com o Simulado Online

09 de maio de 2016 0

Sabe aquela sensação de chegar a um lugar e você é o único que não sabe do que todos estão comentando? É assim que você se sente quando chega a um vestibular sem nunca ter se preparado adequadamente para esse momento. Comece a treinar agora e saia na frente!

 Mais de 90% dos alunos afirmam estudar não é o bastante, tem que praticar o conhecimento. Por isso, o Pró Universidade firmou uma parceria com o Simulado Online, sendo a forma mais fácil de exercitar e testar seus conhecimentos!

 Simulado Online é uma plataforma online com mais de 10 mil exercícios dos principais vestibulares do Brasil e todas as questões do ENEM desde 1998 até 2015. O principal foco dos exercícios é dar suporte e criar uma proximidade do aluno ao vestibular.

 O treino deve fazer parte da vida do estudante, é como preparar um soldado para a guerra! Quanto mais familiarizado com as características dos vestibulares, melhor será o seu desempenho. Participe o Simulado Online pode ser acessado de qualquer computador com internet e sem custo nenhum.

 Comece agora: www.simuladonline.com.br

SIMULADO ONLINE - FACE

Bookmark and Share

Enem 2016: inscrição começa nesta segunda e vai até dia 20

09 de maio de 2016 0

Taxa de inscrição subiu para R$ 68. Nota do Enem pode ser usada na seleção para universidades públicas, bolsas do Prouni e seleção para o Fies.

 

As inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) estão previstas para começar às 10 horas desta segunda (9) e se estendem até as 23h59 do dia 20 de maio.

Inscrições para o Enem começam nesta segunda (8). (Foto: Ascom/ Prefeitura de Pouso Alegre)

Para participar, os candidatos devem entrar no site do Inep (http://enem.inep.gov.br/) e preencher seus dados, tendo em mãos o RG e o CPF – menores de idade que ainda não tiverem os documentos precisarão providenciá-los. Também será obrigatório informar um endereço de e-mail e um celular, o município onde farão a prova e a língua estrangeira do teste de Linguagens (inglês ou espanhol).

A taxa de inscrição custa R$ 68 – R$ 5 a mais que na edição do exame no ano passado. Dessa vez, ela poderá ser paga em qualquer agência bancária, casa lotérica ou agência de Correios (antes, só era possível quitar a guia no Banco do Brasil).

Bookmark and Share

Enem: 7 em cada 10 candidatos com nota alta são de classe AB

06 de maio de 2016 0

Levantamento inédito mostra que notas do exame refletem desigualdade social do país 

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi criado em 1998 para avaliar a qualidade do ensino médio nacional e, em 2009, transformou-se na principal porta de entrada para o ensino superior. A análise inédita a seguir aponta que o resultado do Enem é um reflexo do impacto da desigualdade social na formação dos jovens brasileiros. O estudo foi feito pelo Mundo Vestibular (www.mundovestibular.com.br), portal de referência em Educação, em parceria com a Educa Insights, empresa especializada em pesquisas educacionais, a partir de dados dos 8,7 milhões de participantes do Enem 2014.

De acordo com a pesquisa, dentre as notas acima de 600 pontos no Enem, 73% eram alunos das classes A e B, contra 27% oriundos das classes C, D e E. A proporção se inverte quando se avaliam os resultados abaixo de 450 pontos: 76.5% das classes C, D e E, contra 23.5% das classes A e B.

 Quando se leva em conta se os estudantes vêm de escolas públicas ou privadas, a diferença não é tão gritante entre os melhores resultados, com 56% das privadas versus 44% das públicas. Porém, a desigualdade se torna alarmante entre as notas mais baixas, uma vez que 94% de todos que fizeram menos de 450 pontos cursaram o ensino médio em escolas estaduais ou municipais.

“Os dados provam que não só o estudo, mas também todo o background do aluno influencia seu desempenho no Enem. Olhando os dados do exame, é possível perceber o abismo de oportunidades que existe hoje no Brasil”, diz Fernanda Lapidus Hecht, gestora do Mundo Vestibular.

Outro dado interessante encontrado na análise é a parcela de alunos que trabalham ou já trabalharam entre os melhores e piores desempenhos. De todos aqueles que fizeram mais de 600 pontos, apenas 32% já passaram pelo mercado de trabalho, índice que sobe para 52% entre os que tiraram menos de 450. Além disso, os mais novos também se saem melhor. A média de idade dos que tiraram as notas mais altas é de 20 anos. Quem tirou as notas mais baixas, por sua vez, tem, em média, 23 anos.

A pesquisa traz um desafio. “Como um todo, o desempenho dos alunos brasileiros no Enem ainda não é satisfatório. Apenas 9% deles pontuaram além dos 600, enquanto 69% ficaram abaixo dos 450 pontos. Temos muito trabalho pela frente para reverter isso”, comenta Daniel Infante, diretor da Educa Insights. Hoje, o exame é responsável por selecionar mais de 20% dos estudantes que ingressam em faculdades e universidades pelo país, tanto públicas quanto privadas.

info gráfico

Bookmark and Share

Dez dicas que ajudam na escolha de fazer cursinho ou estudar em casa

02 de maio de 2016 0

Dez dicas que ajudam na escolha de fazer cursinho ou estudar em casa

Uma dúvida que os alunos sempre comentam no começo do ano, é se devem fazer cursinho ou estudar em casa, tudo isso depende de uma série de fatores que devem ser levados em conta na hora da decisão, por isso elaborei para vocês 10 DICAS que irão ajudar neste momento.

  1. Identifique o seu JEITO DE APRENDER, como por exemplo, se você tem facilidade de aprender sozinho ou precisa constantemente de apoio de alguma pessoa presencialmente;
  2. Caso tenha dificuldade somente em ALGUMAS DISCIPLINAS, e não queira fazer um cursinho presencial, você pode optar pelos cursinhos de disciplinas isoladas, online, grupos de estudos com amigos ou professores particulares;
  3. Crie uma DISCIPLINA DE ESTUDOS, com horário, plano de estudos e apostila impressa que irá ajuda-lo a ter um cronograma até o final do ano;
  4. Escolha um LOCAL ADEQUADO para estudar que seja silencioso, iluminado, arejado e com uma cadeira confortável, caso não tenha disponível este espaço use bibliotecas públicas ou da sua escola;
  5. Organize  GRUPOS DE ESTUDOS com amigos que possuem facilidade nas disciplinas que você tem dificuldade, estes grupos podem ser presenciais ou pelo facebook e Whatsapp;
  6. Se você escolher um curso presencial APROVEITE O MÁXIMO DOS PROFESSORES, monitorias, aulas especiais, só não esqueça de deixar um espaço para os estudos em casa;
  7. Monte um PLANEJAMENTO NO CURSINHO PRESENCIAL para não chegar ao final do ano esperando aquele conteúdo que você tem dificuldade e depois terá pouco tempo para aprender, procure já seu professor para saber por onde começar a estudar esta matéria;
  8. Não fique sufocado pela QUANTIDADE DE CONTEÚDOS no final do ano  ministrado pelos cursinhos, e também não participe de aulões em datas próximas do vestibular;
  9. Fique atento sobre o trajeto que vai percorrer até o local do cursinho, não diminua seu tempo de estudos em virtude do trânsito, procure um local próximo da sua casa ou trabalho;
  10. Você percebeu que os dois modos de estudo são válidos, tudo depende das condições eFACILIDADE QUE VOCÊ TEM DE APRENDIZAGEM, e é claro que um cursinho presencial possibilita um aprendizado mais rápido, pois muita coisa já resumida, e no caso de somente  estudar em casa você terá que se dedicar e estudar mais tempo;

Então meu povo, é isso, agora é escolher e começar a estudar!

fazer cursinho

Bookmark and Share

Prepare-se para o vestibular gratuitamente com o Simulado Online

02 de maio de 2016 0

Sabe aquela sensação de chegar a um lugar e você é o único que não sabe do que todos estão comentando? É assim que você se sente quando chega a um vestibular sem nunca ter se preparado adequadamente para esse momento. Comece a treinar agora e saia na frente!

 Mais de 90% dos alunos afirmam estudar não é o bastante, tem que praticar o conhecimento. Por isso, o Pró Universidade firmou uma parceria com o Simulado Online, sendo a forma mais fácil de exercitar e testar seus conhecimentos!

Simulado Online é uma plataforma online com mais de 10 mil exercícios dos principais vestibulares do Brasil e todas as questões do ENEM desde 1998 até 2015. O principal foco dos exercícios é dar suporte e criar uma proximidade do aluno ao vestibular.

 O treino deve fazer parte da vida do estudante, é como preparar um soldado para a guerra! Quanto mais familiarizado com as características dos vestibulares, melhor será o seu desempenho. Participe o Simulado Online pode ser acessado de qualquer computador com internet e sem custo nenhum.

 SIMULADO ONLINE - FACEComece agora: www.simuladonline.com.br

Bookmark and Share