Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "ENEM"

Cronograma de estudos - 100 dias para o Enem

23 de julho de 2015 0

Uma das maiores dificuldades dos estudantes é conseguir conciliar os estudos, trabalho e vida social. Isso reflete muitas vezes no resultado final. Por meio dessa necessidade, viemos te ajudar a montar um cronograma de estudos para os próximos três meses antes do Enem.

Organize sua rotina

Já é hora de você se dedicar ao Enem, daqui a 100 dias o provão está ai. Então, escreva num papel e crie uma grade de horários do seu dia-a-dia. Coloque o horário de sua escola, do seu cursinho (se for o caso). Se tiver atividades extras como estágio, exercícios físicos, anote tudo.

Cronograma

Seu cronograma deve ser organizado de forma calendário semanal, e deve conter seis dias da semana. Escolha um dia do seu final de semana para descansar. A partir daí, comece a montar seus horários.

Assuntos e matérias

Separe todos os assuntos e matérias que vão cair no Enem, e deixe em destaque aquelas que você mais tem dificuldade. Dê atenção necessária para elas, o Enem, avalia todos as disciplinas por igual, exceto redação que tem peso maior. Organize seu cronograma intercalando as áreas, como história e física, português e biologia. Assim você cansa menos e não irá confundir as coisas.

Horários

Depois de separar as matérias por dia, escolha o melhor horário e veja quanto tempo você tem disponível. Quantas horas você vai se dedicar aos estudos? Que não seja de mais e nem de menos. É muito importante delegar o mesmo tempo de estudo para cada disciplina. A cada hora de estudo, faça um intervalo de 10 a 15 minutos. Cuidado para não passar disso.

Local de estudo

Escolha bem o seu lugar de estudos, às vezes sua casa ou seu quarto não é a melhor opção para estudar, pois pode haver muitas distrações. Porém, não esqueça que você pode precisar de algumas coisas durante as horas de estudo, como ir ao banheiro ou fazer um lanche. Opte por um lugar claro e arejado.

“Aula dada é aula estudada”

Se você ainda cursa o terceiro ano do ensino médio, ou faz algum cursinho, tente conciliar os assuntos do dia ao seu cronograma. Assim você aprende realmente o que foi dado na aula e fixa melhor os estudos. Sendo assim, você evita ter que estudar todos os assuntos na véspera das provas.

Faça simulados

Muito importante que você programe um simulado a cada duas semanas, resolva provas antigas, treine sua redação e resolva tudo dentro do tempo da prova. É bom se preparar de todas as formas possíveis. No momento da prova pode ser muito estressante e se você já estiver acostumado, isso pode fazer a diferença.

Dica: Cole lembretes no seu espelho, na sua porta, no guarda roupa. Assim a informação é assimilada naturalmente pelo seu cérebro.

Após organizar toda sua rotina, mãos a obra! Não adianta ficar só na vontade, tem que por em prática! Vamos lá pessoal, e bons estudos!

enem online

 

 

Bookmark and Share

Técnicas de motivação para estudar!

20 de julho de 2015 0

Quando estamos motivados, com certeza temos maiores chances de aprender as coisas. Então no momento em que estiver dedicando seu tempo para estudar para o Enem ou se preparando para o vestibular dos seus sonhos, esteja motivado. Se estiver desmotivado, é melhor não estudar, vai ser a mesma coisa que nada.

Pense no seu sonho

O que você deseja alcançar com sua nota no Enem? É o curso dos seus sonhos? Então não deixe essa oportunidade passar. Toda vez que for estudar, pense no seu alvo. Mantenha-se focado no seu sonho. Dê razões para o seu estudo. Uma das maiores satisfações é poder ver seu nome na lista de aprovados no curso que você tanto almejou.

Lembre-se: muito esforço = grande recompensa e pouco esforço = pequena recompensa.

Uma meta por dia

Programe seus estudos. É importante que você crie uma meta de estudo por dia, exemplo, estudar matemática, plano cartesiano e matriz e resolver os exercícios das páginas 7 e 8 da apostila. Seja específico. Quando chegar ao final do dia você já estudou e pôs em prática tudo aquilo que você aprendeu.

Uma dica: Estude aquilo que foi aplicado na escola ou no cursinho naquele dia.

Divida as tarefas

Umas das coisas que desanimam o aluno, é o tamanho das apostilas que os cursos preparatórios oferecem, geralmente é de 800 páginas. Não se desmotive com isso, divida essa tarefa, estude de 10 páginas por dia, assim em 80 dias você termina toda sua apostila! Lembre-se faltam 98 dias para o Enem! Ainda dá tempo!

Não perca tempo, comece agir

Toda vez que nos sentamos para estudar, começamos a pensar em um milhão de coisas, como, arrumar o quarto, lavar o banheiro, estudar toda a apostila, etc. Nesse momento, acabamos produzindo sentimentos como insatisfação, inquietação, preguiça e desmotivação. Então em vez de perder tempo pensando nessas coisas, comece a estudar! Lembre de suas motivações que assim você vai horas estudando.

Uma dica: Não permita distrações. Fique longe do whatsapp, facebook e do computador.

Xô desanimo! Dopamine seu cérebro!

Muitas vezes quando estamos estudando, bate aquele desanimo! A dopamina é responsável para nos energizar! Quando nosso cérebro bloqueia a passagem de dopamina, nos sentimos desanimados, cansados e logo o sono quer chegar no momento dos estudos. Quando isso acontecer, escute aquela música que mais te anima, levante, dê uns pulinhos, uma dançadinha, e quando já estiver animado novamente, volte a estudar. Não se esqueça de fazer um intervalo de 10 a 15 minutos a cada hora de estudo.

Uma dica: Faça uma playlist no celular ou no computador, coloque as músicas que te proporcionam felicidade e agitação.

Vamos lá! Dê um gás nos seus estudos e seja feliz com o resultado do Enem e do vestibular que você tanto deseja!

motovação

Bookmark and Share

Dicas para ler mais rápido os enunciados do Enem

14 de julho de 2015 0

Algo que sempre ouvimos os alunos reclamarem é: Por que o Enem tem tanto texto assim? Depois de horas de leitura, o candidato da prova, já está exausto e acaba se atrapalhando na leitura. Isso é normal. Mas com nossas dicas você vai ter um melhor desempenho na leitura da prova.

Leia primeiramente a pergunta antes do enunciado É muito mais fácil encontrar algo quando se sabe o que está sendo procurado, não é verdade? Sendo assim, na leitura é a mesma coisa. Você não vai sentir a necessidade de ler tudo novamente para encontrar aquela dica perdida no meio do texto.

Leia mentalmente

Sabemos que muitos têm essa dificuldade, pois acreditam que podem se concentrar melhor, claro que na hora da prova do ENEM, não dá para ficar falando alto. Mas isso atrasa sua leitura. Quando você gesticula, sussurra ou lê em voz alta, você está dando trabalho em dobro para seu cérebro. Além de processar as informações ele tem que distribuí- la para seus músculos da fala.

Use sua caneta para acompanhar a leitura Ao utilizar dessa técnica, você tem menos chances de se perder na leitura e repetir a linha, em caso de algum tipo de distração. Mantenha uma distância da folha Evite ficar com os olhos muito próximos da folha, é importante que você mantenha uma boa postura na cadeira e leia de longe. Para quem tem problemas visuais como miopia ou astigmatismo, não esqueça seus óculos. Se você ainda não providenciou os seus, vá atrás por que ainda há tempo. Não dá para fazer uma prova com dor de cabeça, né? Procure não se mexer muito Não fique mexendo muito a cabeça e nem os olhos para acompanhar a leitura. Este movimento por muitas horas pode te causar enjôos, náuseas e até mesmo tonturas. Não prejudique sua prova! Leia com atenção Nenhuma dessas dicas irá adiantar se você não assimilar a informação. Não leia mais rápido do que você é capaz de interpretar. Você acabará lendo novamente ou optando pelo “chute” arriscando o seu tempo.

Quando for fazer simulados ou estudar em casa coloque em prática essas dicas. A importância de praticar algo te faz mais rápido naquilo que você quer aperfeiçoar.

estudar-por-apostilas

Bookmark and Share

Estude sem se cansar para o ENEM!

13 de julho de 2015 3

Ao contrario do que a maioria pensa, estudar pode ser um momento prazeroso se feito de maneira agradável. Por isso, viemos aqui para te dar boas dicas para você não se cansar nessa jornada de estudos para o Enem.

- É muito importante que você crie um tempo para estudar. Se você é daqueles que deixa para estudar no últimos dias, saiba que vai passar por apertos. Se começar agora, você tem tempo de criar métodos divertidos para aprender mais.

- Escolha bem o seu lugar de estudos, de preferência onde tenha o mínimo de distrações possíveis. Porém, não esqueça que você pode precisar de algumas coisas durante as horas de estudo, como ir a cozinha fazer um lanche ou ir ao banheiro.

- Não se esqueça das pausas! A cada hora, dez minutos de descanso.

- Uma boa tática é criar um grupo de estudos ou chamar um amigo ou colega de turma com quem estudar. Os dois modos, têm bons resultados. Estudar com mais pessoas é uma opção que deixa essa prática mais animada.

- Não deixe que os estudos caiam em uma mera rotina. Para isso, criem canções com aquelas matérias mais difíceis e objetivas. Se for estudar história, se imagine lendo para uma criança e conte para ela um conto ou como e fosse um filme. Mas faça isso em voz alta!

- Se estiver estudando com mais gente, crie jogos e competições. Determinem um prêmio para aquele que aprendeu mais coisas em um tempo determinado pelo grupo. A competitividade pode aumentar incitar em bons resultados.

Os estudos podem ser mais dinamizados. Mantenha o foco que em pouco tempo você vai ver os resultados. Agora que tem essas dicas legais, é começar que ainda dá tempo! ;)

o-UNIVERSITY-STUDENTS-facebook

Bookmark and Share

Dicas de Geografia ENEM: Principais movimentos do Planeta Terra

09 de julho de 2015 2

 

Como todos os corpos do Universo, a terra também não está parada, realizando assim, 14

movimentos. Os principais movimentos do nosso planeta são rotação e translação e conhecer esses movimentos significa entender uma

parte da dinamicidade do espaço sideral.

Rotação

É o movimento que a Terra faz em torno do seu próprio eixo imaginário. A rotação acontece

no sentido anti-horário, do Oeste para o Leste com duração de 23 horas, 56 minutos e 4

segundos. Trazendo um movimento aparente do sol seja de leste (nascente) para oeste

(poente). A maior evidência deste movimento é a decorrência de dias e noites.

Curiosidade: A rotação é responsável pelo achatamento dos pólos e influencia na circulação

atmosférica e nas correntes marinhas.

Translação

É o famoso movimento elíptico que a Terra realiza em órbita ao redor do sol. Tem uma

duração de 365 dias, 5 horas e 48 minutos. Quando nosso planeta completa um volta, dizemos

que se passou um ano. Devido à inclinação do eixo terrestre, a translação é responsável por

marcar as quatro estações do ano devido à sucessão dos solstícios e equinócios.

Curiosidade: Este movimento também é conhecido como Revolução.

A precessão – ou precessão dos equinócios

É um movimento giratório realizado pela projeção de eixo de rotação terrestre no sentido

horário. Ocorre duas vezes no ano, no dia 21 de março, os raios solares incidem

perpendicularmente sobre a linha do Equador, tornando o dia com a mesma duração da noite

na maior parte da Terra. Nesse dia, no hemisfério norte, é o equinócio de primavera. No

hemisfério sul, o equinócio de outono. Já no dia 23 de setembro, ocorre o efeito inverso nos

hemisférios.

Curiosidade: Equinócio significa noites iguais aos dias.

Solstício

Acontece quando a luz solar incide com maior intensidade sobre um dos hemisférios, ou seja,

é o momento de máxima desigualdade de iluminação. É quando uma parte da terra encontra-

se toda iluminada e a outra não. O solstício acontece duas vezes por ano: No hemisfério norte

o solstício de verão ocorre por volta do dia 21 de junho e o solstício de inverno por volta do dia

21 de dezembro.

Curiosidade: Solstícios de verão a duração do dia mais longa do ano; Solstício de inverno tem a

duração da noite mais longa do ano.

 

Fontes:

http://www.suapesquisa.com/geografia/movimentos_terra.htm

http://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/movimentos-da-terra-rotacao-translacao-e-

estacoes-do-ano.htm#fotoNav=6

http://www.brasilescola.com/geografia/movimentos-terra.htm

geo

Bookmark and Share

Dicas de como fazer um bom título de Redação

06 de julho de 2015 0

Assim como você observa os livros e julga os conteúdos, seu título é a capa de sua redação. Apesar de ser tão importante, o Enem não exige um título para o texto. Mas é claro que, aquele que põe um título já chama a atenção do avaliador.

Ao contrário do que muitos pensam o título não é tão difícil para ser formulado. Deve apenas conter o assunto que você abordou, portanto, ele é a última coisa a ser feita. Há cinco coisas que você deve levar em consideração no momento de formular o título.

  1. O título é a síntese do tema abordado

Se imagine nesse instante você procurando filmes que ainda nunca viu. Os títulos dos filmes acabam te influenciando na hora da escolha. E você imagina que o filme deve estar relacionado ao título. No momento em que você esta escrevendo, é isso que deve ser levado em consideração. Tente não fugir do assunto.

1.1.Dica: Pense que seu amigo te perguntando sobre o que você está escrevendo. “Responda isso para ele”.  A partir disso, é só elaborar seu título.

 

  1. Não use frases longas

Um bom título deve falar tudo em poucas palavras. Use na frase no máximo quatro palavras. Procure sem objeto.

  1. O uso do verbo é opcional

Se você é aquela pessoa que ama ficar lendo manchetes de jornais, deve pensar: Será que sempre tem que haver um verbo no título? Apesar do verbo dar mais força e sentido de ação, não há regra para o uso de verbos no Enem.

  1. Seja criativo

Não deixe que a formalidade faça do seu título complexo. Mostre sua capacidade de chamar atenção com expressões coloquiais. Desde que haja relação com o texto, nada impede o uso de título figurativo e com expressão.

4.1. Dica: Fuja de frases prontas, de chavões e gírias – Isso é o contrario da criatividade. JAMAIS use o tema dado pela banca como título. Fique atento, a cópia do enunciado pode provocar a anulação do texto.

 

  1. Aspas, linha em branco e PONTO FINAL

Assim como o verbo, não há restrição para o uso das aspas.

Esteticamente a linha em branco deixa o texto mais bonito, porém não é necessário, ainda mais se o espaço para a redação for pequeno.

Título não se usa PONTO FINAL: Se for uma oração você pode usar o ponto final, mas, se for uma expressão sem verbo, não.

vestibular-1-300x200

Bookmark and Share

E agora? Qual curso escolher?

02 de julho de 2015 0

Um dos maiores impasses antes do aluno começar uma vida acadêmica é a escolha do curso que ira “decidir” a sua vida. Uma dúvida comum entre os estudantes do ensino médio. Muitos sofrem a pressão dos familiares e até mesmo do seu círculo social. “Mas, o que eu devo fazer? Todos a minha volta já decidiram e eu ainda não sei”. Vamos tentar te ajudar a resolver essa questão tão difícil.

Primeiro passo para decidir que profissão seguir, é pensar em que área você gostaria de atuar na sua vida. Por exemplo: Se você gosta de exatas, humanas, ciências, tecnologias, ou algo que te dirija a comunicação e outras. A partir daí, o próximo passo é mais tranqüilo. Comece a pesquisar sobre as áreas que você se identifica. Se for saúde, pesquise sobre as profissões relacionadas a isso, como: enfermagem, medicina, farmácia, odontologia, etc.

Analise sua personalidade, seus gostos e preferências. Se estiver em dúvidas, pesquise o mercado de trabalho, tente conversar com profissionais da área. Isso pode tirar muitas dúvidas.

Não comece uma faculdade em que você não se identifica, ou por que ainda não sabe o que fazer. Lembre-se que a maioria dos cursos superiores duram em média de quatro anos. Não adianta escolher um curso de graduação sem saber o que vai fazer com ele.

Tente considerar as vantagens e desvantagens da área. O ideal seria se você conseguisse conciliar suas habilidades e seu hobby!

Em último caso, procure testes vocacionais online. Mas cuidado com os testes vocacionais que você escolhe.  Procure fazer vários testes e de fontes diferentes. Nem sempre darão o resultado que você espera.

INFOGRÁFICO TEXTO

Bookmark and Share

Falta de sono prejudica os estudos

29 de junho de 2015 0

Falta de sono prejudica os estudos

A maioria dos estudantes deixam de dormir cedo para estudar até mais tarde. Fique atento,

pois o efeito que você espera pode ser contrário. A privação do sono prejudica o processo de

aprendizagem e desempenho nos exames.

O sono regula funções importantes do organismo e ajuda na manutenção da saúde. É no

momento em que dormimos que o cérebro consolida todo aprendizado que tivemos durante o

dia. Além disso, provoca cansaço, dificuldade de raciocínio, alteração de humor e estresse.

Seguindo essas dicas, você terá uma boa noite sono, contudo, um ótimo desenvolvimento

escolar!

1. Regule e mantenha seus horários

Acorde sempre no mesmo horário em que está acostumado, mesmo que tenha dormido tarde.

Se você dormir muito tarde na sexta – feira e acordar tarde no sábado, automaticamente irá

dormir tarde no domingo e terá problemas na segunda de manhã para levantar. Então,

mantenha seus horários!

2. Faça exercícios físicos regularmente

A atividade física quando é feita com certa freqüência, ajuda a relaxar melhor quando estiver

dormindo. Jogue bola, caminhe, faça natação, ande bicicleta, e outros, mas não deixe de curtir

seu esporte favorito!

3. Deixe seus planos e preocupações para o dia seguinte

Ficar pensando em problemas no momento em que deita, é um mau costume da maioria das

pessoas. Antes de deitar, anote tudo o que você precisa fazer no dia seguinte, assim, ficará

despreocupado quando deitar.

4. Evite comer muito antes de dormir, porém, não vá dormir com fome

Se comer em excesso antes de deitar-se, obrigará seu sistema digestivo a trabalhar mais. Logo

terá uma sensação de peso que irá dificultar o seu sono. Por outro lado, dormir sem comer

nada, causa despertar súbito durante a noite. Não dá para dormir brigando com seu estomago.

5. Crie um ritual de sono

Crie hábitos antes de dormir. Leia livros; Tome um banho; escute músicas… Faça algo

agradável! Repita estas atividades todos os dias. Quando o sono chegar, não espere mais, vá

dormir!

Bookmark and Share

ENEM 2015: Começa hoje o período de inscrição e vai até o dia 05 de junho.

25 de maio de 2015 0

Não deixe para última hora. Saiba como se inscrever, conheça os prazos e entenda o que mudou

no edital deste ano.

A partir das 10h de hoje até as 23h59 (horário de Brasília) do dia 05 de junho estão abertas as

inscrições para o Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM.

Como fazer a inscrição?

As inscrições para o ENEM 2015 são feitas exclusivamente pela internet através do site do

Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira) -

http://portal.inep.gov.br/ – .

Para preencher o formulário online de inscrição são necessários a identidade (RG) e CPF. A

documentação precisa ser do candidato que realizará as provas, não é possível se inscrever

usando a documentação dos pais.

Além dos documentos, o candidato precisa informar um endereço de e-mail válido. A partir

deste ano não será mais possível usar o mesmo endereço de e-mail para mais de um

candidato. Portanto, se você não tem um e-mail procure criá-lo antes de se inscrever no

ENEM.

 

No momento da inscrição você deve informar se tem mais de 18 anos, se tem a intenção de

obter a certificação do ensino médio através do ENEM, ou se precisa de algum atendimento

especial no dia da prova.

Taxa de Inscrição e Isenção

Este ano o valor da taxa de inscrição aumentou. Os candidatos deverão pagar R$ 63,00 para

realizar as provas.

Por outro lado, além dos candidatos que comprovarem baixa renda, todos os alunos de

escolas públicas que estão concluindo o ensino médio em 2015 estarão isentos da taxa de

inscrição.

O prazo final para o pagamento da taxa é dia 10 de junho até as 21h59.

Outra mudança no edital de 2015 diz respeito aos estudantes que recebem a isenção da taxa

de inscrição. Se estes candidatos não comparecerem nos dois dias de prova, perderão este

benefício para o próximo ano.

enem 15

Bookmark and Share

MEC autoriza curso de Medicina no Campus Chapecó

19 de maio de 2015 0

O curso tem início previsto para o segundo semestre de 2015, e a forma de seleção dos candidatos se dará pelo SiSU.

As atividades institucionais para a autorização do curso iniciaram em julho de 2013, quando foi constituída a primeira comissão, logo após a inclusão do Campus Chapecó na Política Nacional de Expansão das Escolas Médicas. A comissão, composta por membros da UFFS e da comunidade regional, trabalhou nas condições necessárias para instalação do curso, estabelecidas pela Portaria nº 02/2013. Para melhor desenvolvimento do trabalho, a comissão foi subdividida em cinco Grupos de Trabalho (GTs) específicos: GT Hospital Ensino, GT Convênios, GT Revisão do Projeto Pedagógico, GT Residências Médicas e GT Infraestrutura.

De 2013 para cá, muita coisa mudou com o trabalho da comissão. As três residências médicas solicitadas pela Portaria nº 2, Cirurgia Geral, Ginecologia/Obstetrícia e Clínica Médica, foram implantadas e estão em funcionamento no Hospital Regional do Oeste. Também foram concursados os primeiros professores do curso e constituído o Núcleo Docente Estruturante, que assumiu a revisão do projeto pedagógico do curso.

Ainda foram desenvolvidas ações para que o HRO pudesse ser credenciado como Hospital de Ensino: a aquisição e implementação do Protocolo de Manchester pela UFFS foi uma, entre as muitas ações. O projeto de construção de uma nova ala no Hospital Regional, fundamental para que as atividades acadêmicas se desenvolvam naquele espaço, também está sendo encaminhado para licitação. Além disso, a UFFS tem trabalhado na formalização de convênios com unidades hospitalares e secretarias de saúde da região para que os estudantes do curso de Medicina tenham diferentes experiências e espaços de práticas.

 Comissão avaliadora

Outro requisito para autorização do curso era a verificação in loco, pela Comissão de Acompanhamento e Monitoramento de Escolas Médicas (CAMEM), das condições para oferecimento do curso. O Campus Chapecó recebeu, em duas oportunidades, a visita dessa comissão. Uma em outubro de 2014 e outra em abril de 2015. A Comissão acompanhou in loco o projeto de implantação e o desenvolvimento do curso de Medicina, visitando os prédios de salas de aula, os laboratórios da UFFS e, ainda, alguns cenários de práticas, como UPA 24 Horas, Unidade Básica de Saúde São Pedro e Hospital Regional do Oeste (HRO) em Chapecó.

Esta é comissão responsável por elaborar e entregar ao MEC um parecer sobre a Implantação do curso.

O curso de Medicina do Campus Chapecó é o segundo curso da UFFS ofertado e autorizado pela Política Nacional de Expansão das Escolas Médicas das Instituições Federais de Educação Superior.

Fonte: Assessoria de imprensa UFFS

Medicina

Bookmark and Share