Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "ENEM"

E você, já imaginou como seria um ENEM online?

25 de março de 2015 0

Fala meu povo :)

Então, estou acompanhando e estudando sobre o ENEM desde 2000, e aprofundei os estudos a partir de 2009, quando ele se transformou em um sistema de acesso ao ensino superior, organizei muitos simulados presenciais e online para o exame que ajudaram mais de 60 mil alunos nos últimos anos, e através desta experiência percebi que realizar uma prova de ENEM presencialmente é muito difícil e complexo, imagina que para fazer um  simulado presencial em 2011, para 29 cidades tivemos muitas dificuldades, e cá entre nos,   aprendemos muito este trabalho, principalmente com a  logística e correção das redações , agora fico imaginando um prova presencial de 8 milhões de estudantes, não é fácil né?

Percebeu o tamanho da encrenca?  Pense comigo e transforme tudo isso em um modelo online para o mesmo número de pessoas, e talvez seu primeiro pensamento seja que seria impossível realizar um ENEM online, e  depois qual a palavra que viria na sua cabeça? Não sei, mas eu pensaria em SEGURANÇA,  pois se o aluno realizar a prova em casa o modelo fica inviável, devido as colas e outras pessoas que poderiam ajudar , sem falar na INTERNET que pode cair, pois  muitas cidades no Brasil não possuem condições tecnológicas que dariam segurança  no sistema online.

Outra sugestão era realizar a prova em laboratórios de  escolas, só que todos sabem  que alguns desses laboratórios são sucateados e a INTERNET cai bastante, ficou difícil né? Depois de tudo isso insira a redação online para que todos os alunos possam enviar, só que não, pois se na hora de enviar ocorrer um problema…Não tem rascunho! O que o Ministério da Educação poderia fazer, é um simuladão online nacional com TRI,  como pré teste e também para treinar os alunos  um pouco antes da maratona do ENEM,  e através desse modelo começar um estudo des modelos mais humanizados de prova. E você já pensou como seria um ENEM online?

Desblogando! enem online

Bookmark and Share

A verdade sobre a polêmica do FIES

12 de março de 2015 0

 

Quando escutamos notícias sobre o crédito educativo, ficamos preocupados com as  reportagens que falam sobre atrasos nas matrículas, site que não funciona e as novas regras que limitam o acesso dos estudantes aos FIES, todas informações são muito contraditórias e no final da história não sabemos o que esta acontecendo, para entender um pouco melhor leia o texto abaixo;

O governo federal expandiu o crédito educativo de maneira mais agressiva nos últimos 04 anos, e beneficiou milhares de estudantes e também contribui para o crescimento de grandes grupos educacionais que viram aumentar suas matrículas e ações na bolsa de valores, para que vocês tenham ideia em 2010 o governo investia 1.1 bilhão no FIES, e em 2014 este valor saltou para de 13.5 bilhões de reais, e segundo analistas do mercado neste ano o valor  chegaria aos vinte bilhões, ou seja, quem acha que o arrocho fiscal do governo não atingiria o setor educacional estava enganado.

Nessa história o governo também mudou as regras para os estudantes, e agora o aluno deverá tirar mais de 450 pontos no ENEM e não zerar na redação, o mercado educacional e os estudantes reclamaram, e o governo acordou que a regra valeria a partir do mês de abril, esse novo modelo exclui de 40 até 50% dos alunos que fizeram o ENEM.

O que esta em jogo é a diminuição de recursos que o governo federal esta organizando para tentar organizar suas despesas, uma queda de braço contra a concentração de grandes grupos educacionais, que acabam ditando as regras do mercado, inclusive os aumentos nas mensalidades e a concentração dos monopólios educacionais que governo permitiu, e agora percebe que este controle não é positivo para o mercado educacional e principalmente para os estudantes.

O lado ruim de toda essa quebra de braço são as dificuldades que os estudantes estão tendo para conseguir acessar ao crédito com o MEC (Ministério da Educação), que  alega que o problema é o site que não comporta um número expressivos de acessos simultâneos, na minha opinião este problema já era para ser resolvido em janeiro, parece que tudo esta sendo feito para que os pedidos demorem  cada vez mais estudantes desistam dos seus sonhos, e claro o governo economize mais.

 

fies

 

 

 

Bookmark and Share

Os desafios da aprovação no Curso de Medicina: A origem do estudante de excelência

10 de março de 2015 0

Falaaa meu povo :)

Quando estou lendo postagens nos grupos de Whatsapp e facebook dos estudantes que sonham pelo curso de medicina, fico pensando nos desafios desta jornada que inclui aulas nos Cursinhos presenciais, participação de monitorias, atividades extra-classe e muitas horas de estudo na solidão dos quartos, de milhares de alunos determinados buscam um lugar ao sol no caminho da aprovação.

Com muitos anos de experiência no acompanhamento destes guerreiros percebi alguns fatores que transformam qualquer aluno em vencedor nessa competição, entre estas características destaco;

a)      Não pense em desistir ou buscar um curso mais fácil;

b)      Busque um orientador para conversar sobre suas dificuldades e recalcular a rota, caso tenha necessidade;

c)       Não olhe seus concorrentes pelo retrovisor, olhe sempre para frente, não se preocupe com os outros;

d)      Busque apoio da família, namorado (a) e amigos, e explicando seus objetivos, sonhos e a sua ausência de algumas atividades que você participava com estas pessoas;

e)      Não deixe ninguém desmotivar sua caminhada, lembre-se que a aprovação no curso de medicina pode levar anos, mais vale a pena;

f)       No ensino fundamental e médio é importante o aluno buscar equilíbrio em todas as disciplinas, mesmo aquelas que você não gosta;

g)      Busque principalmente a capacidade de raciocínio lógico, interpretação e resolução de problemas, este perfil é constituído através do enfrentamento de todos desafios que surgem na vida escolar, não fuja deles, enfrente e supere;

h)      Estabeleça o sistema “Aula dada, aula estudada”, isto é, ocorreu a aula no colégio ou cursinho, chegue em casa e estude aquela aula novamente e faça os exercícios, não deixe acumular;

i)         Anote suas dúvidas para uma conversa com o professor, seja ele da sala de aula, monitoria ou particular, outra alternativa é montar um grupo de estudos para ajudar e ser ajudado pelos colegas naquilo que eles tem mais conhecimento;

j)        Estude de 4 até oito horas por dia, com intervalo de 10 minutos para alongamento e alimentação, não esqueça de tomar bastante água;

k)      Refaça provas anteriores de vestibulares que você irá fazer, simule o tempo correto de prova, é importante realizar simulados presenciais e online;

l)         Monte um plano de estudo que organize sua vida até a data das principais provas que você irá realizar;

m)    Leia livros sobre cultura geral para melhorar seu vocabulário e conhecimento de mundo;

n)      Seja disciplinado, acordando e dormindo cedo, lembre-se que disciplina é liberdade;

o)       Escolha o Cursinho e material didático adequado para as provas que irá realizar;

p)      Escreva bastante e monte esquemas e resumos de tudo que você estudar;

q)      Crie o clima de vestibular e ENEM, com avisos, textos e lembranças da importância deste sonho no seu local de estudo, respire e viva esse momento, mergulhe no seu sonho;

Enfim tenho muitas dicas para vocês, em outro post publico outras informações, e lembre-se de seguir em frente, e sempre confiar em você e na sua fé pela profissão e o bem que ela faz ao próximo.

 

“O fracasso quebra as almas pequenas e engrandece as grandes, assim como o vento apaga a vela e atiça o fogo da floresta”.

Benjamin Franklin

aluna med

 

 

Bookmark and Share

Dez dicas que ajudam na escolha de fazer cursinho ou estudar em casa

06 de março de 2015 1

Uma dúvida que os alunos sempre comentam no começo do ano, é se devem fazer cursinho ou estudar em casa, tudo isso depende de uma série de fatores que devem ser levados em conta na hora da decisão, por isso elaborei para vocês 10 DICAS que irão ajudar neste momento.

  1. Identifique o seu JEITO DE APRENDER, como por exemplo, se você tem facilidade de aprender sozinho ou precisa constantemente de apoio de alguma pessoa presencialmente;
  2. Caso tenha dificuldade somente em ALGUMAS DISCIPLINAS, e não queira fazer um cursinho presencial, você pode optar pelos cursinhos de disciplinas isoladas, online, grupos de estudos com amigos ou professores particulares;
  3. Crie uma DISCIPLINA DE ESTUDOS, com horário, plano de estudos e apostila impressa que irá ajuda-lo a ter um cronograma até o final do ano;
  4. Escolha um LOCAL ADEQUADO para estudar que seja silencioso, iluminado, arejado e com uma cadeira confortável, caso não tenha disponível este espaço use bibliotecas públicas ou da sua escola;
  5. Organize  GRUPOS DE ESTUDOS com amigos que possuem facilidade nas disciplinas que você tem dificuldade, estes grupos podem ser presenciais ou pelo facebook e Whatsapp;
  6. Se você escolher um curso presencial APROVEITE O MÁXIMO DOS PROFESSORES, monitorias, aulas especiais, só não esqueça de deixar um espaço para os estudos em casa;
  7. Monte um PLANEJAMENTO NO CURSINHO PRESENCIAL para não chegar ao final do ano esperando aquele conteúdo que você tem dificuldade e depois terá pouco tempo para aprender, procure já seu professor para saber por onde começar a estudar esta matéria;
  8. Não fique sufocado pela QUANTIDADE DE CONTEÚDOS no final do ano  ministrado pelos cursinhos, e também não participe de aulões em datas próximas do vestibular;
  9. Fique atento sobre o trajeto que vai percorrer até o local do cursinho, não diminua seu tempo de estudos em virtude do trânsito, procure um local próximo da sua casa ou trabalho;
  10. Você percebeu que os dois modos de estudo são válidos, tudo depende das condições e FACILIDADE QUE VOCÊ TEM DE APRENDIZAGEM, e é claro que um cursinho presencial possibilita um aprendizado mais rápido, pois muita coisa já resumida, e no caso de somente  estudar em casa você terá que se dedicar e estudar mais tempo;

Então meu povo, é isso, agora é escolher e começar a estudar!

fazer cursinho

Bookmark and Share

Qual o melhor material didático para ESTUDAR?

05 de março de 2015 0

Esta é uma das muitas perguntas que vestibulandos e também alunos que irão realizar o ENEM em 2015 fazem nas redes sociais, além de perguntar sobre qual livro, apostilas tem mais qualidade na hora dos estudos, e claro qual o SEGREDO da sonhada aprovação, aliado ao melhor MATERIAL DIDÁTICO,  pensando nisso elaborei 10 DICAS para você escolher a MELHOR APOSTILA.

  1. Analise seu tempo de estudo e pense no cronograma de aulas que você irá estudar até o final do ano; Caso tenha dúvidas sobre PLANO DE ESTUDO, leia o meu post “Como elaborar um plano de estudos?”
  2. Relacione a quantidade dessas aulas com o número de aulas que a apostilas possui, verifique se ela tem os conteúdos básicos do Ensino Médio, é importante ressaltar que o ENEM e os vestibulares cobram esses conteúdos.
  3. Identifique se o material escolhido tem conteúdos, exercícios e temas alinhados ao conteúdo e perfil da prova que você irá realizar;
  4. Não escolha materiais de estudo pela moda ou porque todos seus amigos possuem, não esqueça que a melhor apostila é aquela que adapta a sua realidade de ESTUDOS;
  5. Verifique se a apostilas ou livro é um amontoado de conteúdos e exercícios sem relações com outras disciplinas,e verifique também se o material não contem erros de português, gráficos ou a diagramação é deficiente;
  6. É interessante pesquisar se o material é elaborado por autores que possuem e experiência na preparação para vestibulares e ENEM;
  7. Analise se o material possui uma quantidade relevante de exercícios direcionados as provas que você irá realizar;
  8. Não esqueça que a apostila do Cursinho ou colégio campeão nos Vestibular ou ENEM, tem relações com o tempo de estudo, dedicação e perfil do aluno no Ensino Fundamental e Médio e curso preparatório que ele escolheu, ou seja, APOSTILA SOZINHA NÃO FAZ MILAGRES.
  9. Não se iluda com apostilas coloridas com muitas imagens e uma capa legal, beleza nessa hora não vai levar você para a Universidade;
  10. E finalmente não esqueça que nada substitui um bom livro e também bastante leitura acumulada durante a sua vida, por isso amigo, sempre leia muitos livros sobre todos os temas.

Dica final: Fique atento na metodologia da apostila, ou seja, se ela possui o modelo “AULA DADA, AULA ESTUDADA”, sempre com conteúdos e logo depois os exercícios, é importante que as respostas desses  exercícios estejam no corpo do texto dos conteúdos do material escolhido por você, esse é o grande SEGREDO!

Agora é só sentar na cadeira e começar a estudar sua apostila!

estudar-por-apostilas

Bookmark and Share

Como elaborar um plano de Estudo?

04 de março de 2015 0

Nas redes sociais a última moda entre os alunos é a elaboração de PLANOS DE ESTUDOS, aquele guia que ajuda você no caminho da aprovação durante o ano, só que muitas vezes não sabemos como elaborar ou direcionar nossos objetivos no papel, por isso elaborei algumas dicas que irão ajudar você a desenvolver um plano que se adapte ao seu modelo de estudos, tudo isso baseado em 15 anos de experiência na preparação de alunos para ENEM, Vestibulares e Concursos,  e lembre-se que “DISCIPLINA É LIBERDADE”.

  • Estabeleça as metas que você quer alcançar, como por exemplo, quero ser aprovado no ENEM com nota X;
  • Analise seu histórico de notas do Ensino Médio, ou notas dos últimos vestibulares, ENEM e concursos, caso você tenha feito, LEMBRE-SE DE ANALISAR AS NOTAS DE CORTE DO ENEM, VESTIBULAR OU CONCURSOS;
  • Verifique seus pontos fortes e fracos em todas as disciplinas incluindo redação, e depois identifique qual matéria você precisa de  mais tempo de estudo;
  • Organize um esquema onde você consiga inserir no papel ou computador sua “TABELA DE TEMPO”, no qual inclua o tempo de dormir, acordar, horário do colégio, cursinho, trabalho, alimentação, lazer, atividade física e leitura de livros, caso você tenha outras atividades no dia insira também;
  • Depois de montar sua “TABELA DE TEMPO”, verifique o tempo livre para estudos em casa, não esqueça que o Ideal é deixar livre no mínimo 04 horas e no máximo oito horas por dia;
  • Coloque todas as informações em uma tabela no Word, Excel ou agenda do Google ou aplicativo do mesmo, e inclua avisos sonoros dos horários para estudar;
  •  Estabeleça o sistema “AULA DADA, AULA ESTUDADA”, ou seja, assistiu a aula no colégio, cursinho ou através de vídeo aulas, logo depois faça os exercícios relativos a matéria estudada e anotações das dúvidas que ficaram.
  • Na “TABELA DE TEMPO” identifique que as disciplinas que você tem mais dificuldade, deverão aparecer com mais tempo de estudo, não esqueça que as disciplinas de Matemática, Física, Química e Biologia naturalmente possuem uma carga superior de conteúdos, caso você tenha dificuldade nessas disciplinas é importante inserir mais tempo ainda de estudo para elas;
  • Deixe um espaço para as disciplinas que você mais gosta e tem facilidade, no começo da tabela para motivar o início dos estudos;
  •  Coloque o plano  em local visível e  siga ele de forma disciplinada, não esqueça revisar o plano sempre que perceber dificuldade no seu aprendizado, o plano tem que ser flexível e sempre analisado.

Agora bons estudos e até a próxima! :) Foto capa de estudos

Bookmark and Share

Cursinho presencial ou online, o que vale a pena fazer?

25 de fevereiro de 2015 0

Fala meu povo :)

Mutos alunos me perguntam se vale a pena fazer Cursinho presencial ou online? Tudo depende da maneira que você estuda, por exemplo caso tenha facilidade com as ferramentas digitais, internet rápida, disciplina para assistir as aulas, realizar os exercícios  e sempre ler a a apostila, os cursos online se tornam uma boa opção, pois evoluíram muito nos últimos anos, e são interessantes para os alunos que não possuem cursinhos em suas cidades, trabalham em horários fragmentados ou tenham dificuldades de locomoção em virtude da mobilidade urbana.  É importante destacar que nos últimos anos muitos alunos estão sendo aprovados em cursos de alta demanda.

Os Cursinhos presenciais sempre foram uma opção para a preparação para as provas mais difíceis, só que  alguns não se adaptaram as mudanças do ENEM e  continuam somente com preparação pra vestibulares. Outra questão é para os alunos que já fizeram mais de uma vez o curso e terão que repetir  todos os professores, conteúdos e piadas  acabam ficando improdutivos.

Os benefícios do Cursinho presencial se destacam em relação ao acompanhamento mais próximo do alunos, monitorias e claro o estudante pode tirar dúvidas diretamente com os educadores, mais professor Otavio Auler muitos cursinhos online também possuem monitoria e professores que tiram dúvidas! É verdade tudo depende do seu jeito de estudar, se você esta adaptado a esse modelo tranquilo.

Particularmente home eu faria un Cursinho online, pois tenho pouco tempo, horários quebrados durante o dia e já me acostumei em assistir aulas pelo computador.

agora ciber

Bookmark and Share

Mensalidade de pré-vestibular vai de R$ 0 a R$ 2.340

24 de fevereiro de 2015 0
 

Quem pretende dedicar 2015 aos estudos para o vestibular e para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) deve se apressar. Cursinhos populares e particulares estão com inscrições e concursos de bolsas abertas para seus cursos extensivos.

Instituições populares, como o Educafro e a Fundação Cecierj, oferecem aulas gratuitas para estudantes de escola pública e candidatos de baixa renda.

Neles, é preciso fazer a inscrição para participar de uma seleção por critérios sociais. Em geral, as aulas acontecem aos finais de semana ou no período noturno, para atender estudantes que trabalham.

Já os particulares, como o Cursinho do XI, o Etapa e o Poliedro, oferecem aulas nos períodos matutino, vespertino e noturno que começam entre fevereiro e março. As mensalidades vão de R$ 150 a R$ 2,3 mil, com material incluso.

Na maior parte das redes, o estudante pode conseguir bolsas de estudos conforme seu desempenho em uma prova classificatória.

Fonte: IG
meme-1022-volta-as-aulas-naoooooooooooo

Bookmark and Share

Não passei no ENEM e vestibular, o que eu faço agora?

23 de fevereiro de 2015 0

Fala Galera!

Preparei 5  dicas para recomeçar seus estudos para o ENEM e vestibulares: “NÃO ESQUEÇA que nossa maior fraqueza é desistir!”

1. Monte um plano: Chame a sua família  e seja verdadeiro, falando que você precisa saber se eles apoiam emocionalmente e financeiramente sua decisão de se dedicar 100% aos estudos;

Caso não tenha apoio financeiro organize sua agenda apara conciliar trabalho e dedicação aos estudos;

2. Tenha disciplina:

Tenha horário para tudo;

Estabeleça uma rotina;

Durma e acorde cedo;

Não esqueça que  nosso cérebro precisa de 21 dias para estabelecer um hábito;

3. Avalie seus pontos fortes e fracos:

Analise seu desempenho no ENEM e vestibulares,

Foque nos pontos fracos;

Refaça a prova que você não conseguiu um bom desempenho;

4. Não escolha o caminho fácil:

Lute pelos seus sonhos;

Não desista nunca;

Busque sempre uma faculdade gratuita;

Faculdade de qualidade é sinônimo de emprego fácil;

5. Estude sozinho ou faça um Curso Pré Vestibular presencial ou online:

A sugestão é estudar sozinho com apoio  de livros, apostilas e aulas online;

Caso prefira fazer um cursinho, pesquise bem sobre a qualidade dos professores, material didático e aprovações;

Se você já fez um cursinho a sugestão é mudar de curso;

off line

 

Bookmark and Share

Prouni divulga a segunda chamada de aprovados

20 de fevereiro de 2015 0

O Ministério da Educação divulgou, nesta quinta-feira (19), a segunda chamada de aprovados da edição do primeiro semestre de 2015 do Programa Universidade para Todos (Prouni).

VEJA A LISTA DE APROVADOS

O prazo para que os candidatos comprovem as informações declaradas no ato da inscrição termina na próxima segunda-feira (23). O candidato convocado deve se dirigir à  instituição para a qual foi pré-selecionado e levar os documentos necessários para fazer a matrícula. Se perder o prazo ou não comprovar as informações, será eliminado.

VEJA A DOCUMENTAÇÃO NECESSÁRIA PARA A MATRÍCULA

Nesta edição, foram ofertadas 213.113 bolsas, sendo 135.616 integrais e 77.497 parciais, para 30.549 cursos de graduação de 1.117 instituições de ensino superior privadas.

HU SC 1

Bookmark and Share