Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts na categoria "ENEM"

UFFS publica edital de transferência externa com seis vagas para Medicina

24 de julho de 2014 0

De 30 de julho a 6 de agosto estarão abertas as inscrições para o Processo Seletivo de Transferência Externa para o curso de Medicina do Campus Passo Fundo, conforme Edital nº 427/UFFS/2014. São oferecidas seis vagas para estudantes regularmente matriculados em outra instituição de ensino superior para prosseguimento de seus estudos na UFFS.

 Poderão concorrer às vagas os candidatos que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas e/ou particulares, em cursos regulares ou no âmbito da modalidade de Educação de Jovens e Adultos; ou tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino.

Para realizar a inscrição o candidato deverá dirigir-se ao Campus Passo Fundo e apresentar os seguintes documentos:

-Cédula de identidade (RG) e CPF;

-Histórico Escolar de Graduação;

-Comprovante de regularidade de matrícula (situação ativa ou trancada);

-Comprovante de que o curso é autorizado ou reconhecido pelo Ministério da Educação – MEC; -Histórico Escolar do Ensino Médio e Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou equivalente; -Comprovante da situação do estudante no ENADE (menção no histórico escolar de graduação ou declaração complementar emitida pela IES de origem);

-Relatório de Resultados no ENEM, a ser gerado pelo candidato.

O Campus Passo Fundo está localizado na RST 153, Km 3, s/n, Bairro Nossa Senhora Aparecida (anexo ao Seminário Nossa Senhora Aparecida). Outras informações podem ser obtidas na Secretaria Acadêmica, de segunda a sexta-feira, das 8h15min às 12h e das 13h às 17h15min e pelos telefones (54) 3321-7056 e (49) 2049-1590.

Fonte: UFFS

uffs_logo

Bookmark and Share

Inscrições para o Sisutec começam nesta segunda com 289 mil vagas

22 de julho de 2014 0

As inscrições para o Sistema de Seleção Unificada da Educação Profissional e Tecnológica (Sisutec) começam nesta segunda-feira (21) e vão até as às 23h59 do dia 25 de julho, pelo site www.sisutec.mec.gov.br. Neste processo seletivo são oferecidas 289.341 vagas para cursos técnicos gratuitos em instituições públicas e privadas.

O resultado da primeira chamada será divulgado no dia 29 de julho e da segunda chamada no em 5 de agosto. O início das aulas ocorre entre os dias 18 de agosto e 15 de setembro.

O total de vagas ofertadas na segunda edição de 2014 é 20% maior ao montante anunciado na segunda edição de 2013. Do total, 247.888 vagas são em instituições privadas (IES e escolas técnicas); 10.457 em escolhas públicas (institutos federais, escolas técnicas vinculadas às universidades federais e escolas estaduais e municipais) e 30.996 no Sistema S (Senai e Senac).

O MEC ainda informou que 85% das vagas do Sisutec são destinadas a candidatos que cursaram o ensino médio na rede pública ou na rede privada na condição de bolsistas.

Sisutec

Bookmark and Share

Dilma anuncia 100 mil bolsas para o Ciência sem Fronteiras

30 de junho de 2014 0

A presidente Dilma Rousseff anunciou na quarta-feira (25), durante a cerimônia de lançamento da segunda etapa do programa Ciência sem Fronteiras, que o governo federal irá oferecer 100 mil novas bolsas de estudo no exterior para estudantes brasileiros.

O chamado “Ciência sem Fronteiras 2.0” entrará em vigor a partir de 2015. A primeira etapa do programa concedeu bolsas a 83 mil estudantes. “Definimos nova fase do Ciência sem Fronteiras. Mais 100 mil bolsas para todos os jovens brasileiros que passarem e se classificarem a partir do processo de seleção”, informou Dilma na solenidade realizada no Palácio do Planalto.

A presidente destacou ainda que o programa, que tem foco nas ciências exatas, sobretudo em cursos de engenharia, ajudará o país a se desenvolver tecnologicamente. “Esse é um programa feito para garantir ao Brasil condições de gerar aqui inovação, aumentar o interesse pelas ciências exatas e a aplicação de tecnologia em todas as áreas”, complementou a chefe do Executivo.

http://www.cienciasemfronteiras.gov.br/web/csf logo-vetorizada_portugues baixa

Bookmark and Share

Juiz suspende decisão da UFSM de extinguir vestibular

25 de junho de 2014 0

O juiz federal Loraci Flores de Lima suspendeu a decisão da Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) que extinguia o vestibular para o ingresso de novos alunos.

O novo procedimento valeria a partir de 2015, com as vagas na universidade serão preenchidas via Sistema Unificado de Seleção (Sisu).

A decisão, que também reservava metade das vagas nos cursos de graduação a alunos cotistas, havia sido anunciada há pouco mais de um mês, após reunião extraordinária do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Cepe) a extinção do vestibular. A UFSM ainda pode recorrer.

joao_neto_mec_ubft

 

Bookmark and Share

8,7 milhões de candidatos inscritos no ENEM 2014

17 de junho de 2014 0

No total, 8.721.946 estudantes estão aptos a fazer as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) neste ano. O número, anunciado pelo ministro da Educação, Henrique Paim, na segunda-feira (6), é recorde na história do exame. O crescimento é de 21,6% em relação ao ano anterior.

O prazo de inscrição havia terminado com 9,5 milhões de candidatos, mas como os inscritos tinham mais dois dias para pagar a taxa de R$ 35, e muita gente não pagou, o número final ficou nestes 8,7 milhões. O Enem será aplicado nos dias 8 e 9 de novembro.

Do total de inscritos neste ano, 57,17% (4.986.864) comprovaram carência por isso não pagaram a taxa de R$ 35; 16,33% (1.424.906) são isentos porque estudam na rede pública e 26,48% (2.310.176) são pagantes. A maioria é composta por mulheres (58,11%), enquanto os homens representam 41,88% dos inscritos.

Além disso, 57,17% dos estudantes são isentos por carência comprovada.

enem

Bookmark and Share

Ex catador de lixo se forma em medicina - História fantástica

12 de junho de 2014 0

Das latas de lixo, o brasiliense Cícero Batista Pereira, 33 anos, recolhia as verduras e os livros. Com o que os outros descartavam, ele se alimentava e também cursou o ensino fundamental e desenvolveu o interesse pela ciência. Na adolescência, fez curso técnico em enfermagem e teve a certeza de que a área de saúde era o caminho dele. Para chegar até o diploma de medicina, recebido ontem, Cícero cruzou a W3 Norte incontáveis vezes. A cada parada de ônibus, vasculhou as prateleiras do projeto Biblioteca Popular, do Açougue Cultural, em busca de títulos que o ajudassem na preparação para o vestibular. O hábito se manteve na graduação.

O ex-catador, nove irmãos e a mãe moravam na Nova QNL, o Chaparral, entre Taguatinga e Ceilândia. Eles percorriam os contêineres de supermercados e verdurarias da cidade para abastecer a casa. No horário contrário ao das aulas, Cícero também vigiava carros em busca de trocados para colaborar com o sustento. “Se a gente não comia, não tinha como estudar”, lembra.

Um dia, Cícero encontrou uma câmera fotográfica Polaroid em meio a sacolas e restos de refeições. Curioso com o equipamento, levou-o para casa e, então, descobriu que gostava daquilo. “Naquela noite, peguei a lente e fiquei observando piolhos. Então, lembrei que tinha visto na escola que o piolho é um artrópode, assim como as aranhas. Isso estimulou a minha vontade de saber mais sobre ciência”, conta.

A partir das lições sobre animais, o rapaz se interessou pelos conhecimentos relacionados à saúde humana, em razão, inclusive, do histórico familiar. Como o pai morreu quando ele tinha 3 anos e a mãe era dependente alcoólica, coube a Cícero cuidar dos irmãos. “Eu era o curandeiro lá de casa. Pegávamos comida no lixo, e, por isso, tínhamos muita disenteria e doenças de pele. Aí, eu usava receitas caseiras e plantas para fazer remédio para os meus irmãos”, explica. A higienização dos alimentos era feita com limão. “A gente colocava tudo de molho, lavava bem, mas não resolvia totalmente o problema”, conta.

Risco tão à espreita quanto a intoxicação alimentar era a recaída para vícios. “Um (irmão) era viciado em cola e maconha, e o outro morreu assassinado por causa das drogas. Eu era da leitura e da música clássica, que conheci em um programa de tevê na casa de um vizinho.” O som que ouviu era uma peça do compositor alemão Johann Sebastian Bach. “Aquela música emocionou e marcou. Descobri a obra de Bach, que é muito poderosa, de uma força interior incrível”, descreve.

Mérito
A matrícula no Centro de Ensino Fundamental 16, em Taguatinga, ficou a cargo de uma irmã mais velha, que o incentivou a estudar. Cícero foi o único da família a concluir o ensino médio e a faculdade. Na escola, ele recebeu ajuda de professores e colegas, que doavam cestas básicas e vale-transporte. “Costumava ir a pé do Chaparral até o P Norte, o que dava uns 40 minutos. Chegava sujo e suado, então, passaram a me dar uns bilhetes de ônibus”, revela.

O apoio se estendeu durante o curso técnico em enfermagem, concluído com bastante dificuldade. “Estudava em período integral, não tinha tempo para coletar comida. Teve uma vez que cheguei a desmaiar de fome em sala. Foi, aí, que o pessoal da escola técnica percebeu que a minha família passava necessidade”, lamenta.

Ao fim do preparatório, Cícero prestou concurso para auxiliar de enfermagem da Secretaria de Saúde do DF, no qual passou em segundo lugar graças à Biblioteca Popular. “Há uns oito anos, estava na W3 Norte com a minha mãe e vi uns livros deixados em prateleiras. Perguntei se podia levar para casa e disseram que sim. Aquilo foi uma festa. Peguei vários para estudar”, celebra.

Nessa época, ele sonhava com o jaleco branco de médico. “Decidi que prestaria o vestibular e o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para medicina. Eu saía de Taguatinga, onde trabalhava, e garimpava a pé, parada por parada, os livros de ensino médio. Fazia isso, geralmente, à noite”, detalha. A aprovação como aluno bolsista veio um ano e meio depois. “Eu devo tudo a esses livros. Eles mudaram a minha vida, e acredito que mudem de muitas outras pessoas. É a prova de que é possível conquistar os sonhos por mérito”, declara.

Cícero se formou na Faculdades Integradas da União Educacional do Planalto Central (Faciplac). Hoje, com registro no Conselho Regional de Medicina (CRM) e planos de se especializar em psiquiatria, Cícero ainda se surpreende com a trajetória dele. “O doutor Cícero ainda soa diferente, não caiu a ficha. Sinto muito orgulho de ter chegado até aqui e entendo que tenho a obrigação de ser um bom médico, em consideração a todos os que acreditaram em mim”, afirma, com um sorriso de agradecimento.

Fonte: Correio Braziliense

 

joao_neto_mec_ubft

 

Bookmark and Share

ProUni tem mais de 418 mil inscritos

11 de junho de 2014 0

O programa Universidade para Todos (ProUni) registrou, até as 19h de terça-feira, 418.821 inscritos. Conforme balanço divulgado pelo Ministério da Educação, o número supera o do segundo dia de inscrições da mesma edição do ano passado, quando foram contabilizados 144.609 candidatos. As inscrições podem ser feitas até amanhã, no site do ProUni.

Para fazer a inscrição, o candidato precisa ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Não pode ter tirado nota zero na redação. No momento da inscrição, será necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem, além do Cadastro de Pessoa Física (CPF).

As bolsas integrais são para estudantes com renda familiar por pessoa de até um salário mínimo e meio. Para as bolsas parciais, a renda familiar deve ser até três salários mínimos por pessoa. Professores da rede pública em efetivo exercício do magistério da educação básica estão dispensados dos requisitos de renda para bolsas em cursos de licenciatura.

O ProUni oferece bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior que tenham cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Podem fazer a inscrição os egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, como bolsistas. Nesta edição, são oferecidas 115.101 bolsas em 22.139 cursos de 943 instituições.

O resultado da primeira chamada do ProUni sai no dia 15 deste mês e a comprovação de informações tem de ser feita entre os dias 16 e 24. No dia 4 de julho, sai o resultado da segunda e as informações têm de ser confirmadas de 4 a 11 do mesmo mês. As adesões à lista de espera vão de 21 a 22 de julho e a comprovação de informações dos candidatos nessa situação tem de ser feita nos dias 29 e 30.

Fonte: Ag Brasil
estudantes
Bookmark and Share

Matrículas para aprovados no Sisu

10 de junho de 2014 0

Os candidatos convocados na primeira chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) do meio do ano 2014 devem se matricular a partir do dia 09 de junho. O período de matrículas termina na sexta-feira (13). A lista de aprovados foi divulgada na última sexta-feira.

Os estudantes que não efetuarem as matrículas dentro do prazo perderão a vaga que será disponibilizada na segunda chamada do Sisu. A lista da segunda chamada será divulgada no dia 24 junho, com matrículas entre 27 de junho e 2 de julho.

No total, 1.214.259 candidatos se inscreveram nesse processo seletivo, um crescimento de 54% em relação à mesma edição do ano passado.Nesta edição, válida para o segundo semestre, serão oferecidas 51.412 vagas em 67 instituições de ensino superior.

Fonte: G1

Sisu 2

Bookmark and Share

Inscrições do Prouni começam hoje

09 de junho de 2014 0

As inscrições para o Programa Universidade para Todos (Prouni) começam nesta segunda-feira (9) e vão até as 23h59 desta quarta (11), pelo site do programa. São oferecidas 115.101 bolsas de estudo em instituições particulares de ensino superior que podem ser consultadas no site do Prouni. O número de bolsas é 28% maior que o da edição do segundo semestre de 2013, quando 90.045 bolsas foram colocadas à disposição. Do total deste ano, 73.601 são integrais e 41.500, parciais.

A primeira chamada do Prouni será divulgada no dia 15 de junho, e os candidatos aprovados terão entre os dias 16 e 24 de junho para entregar, na própria instituição de ensino, os documentos que comprovem a renda familiar, para efetuar a matrícula.

A segunda chamada pelo sistema será divulgada em 4 de julho, e a matrícula deverá ser feita entre os dias 4 e 11 de julho.

Quem pode participar? 

Para se inscrever, o candidato precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2013 e ter concluído o ensino médio integral ou parcialmente na rede pública, ou integral ou parcialmente na rede privada, desde que tenha recebido bolsa de estudo integral.

A participação é vedada a quem já tem um diploma de curso superior. Também se encaixam nos requisitos do Prouni os estudantes com deficiência e os professores da rede pública que atuam na educação básica. O Prouni tem duas modalidades de bolsa: a integral é indicada a estudantes com renda familiar bruta mensal per capita de até 1,5 salário mínimo. Já alunos com renda familiar bruta mensal per capita de até 3 salários mínimos podem concorrer a bolsas parciais.

prouni-logo

Bookmark and Share

Pro Uni abre inscrições dia 09 de junho

06 de junho de 2014 0

O Programa Universidade para Todos (ProUni) do Ministério da Educação abrirá, de 9 a 11 de junho próximo, as inscrições, em uma única etapa, para a edição deste segundo semestre. O cronograma de todo o processo do ProUni relativo a esta segunda edição do ano consta de portaria publicada nesta sexta-feira, 30. O programa terá duas chamadas. O resultado da primeira será divulgado em 15 de junho. O da segunda, em 4 de julho, ambos on-line, na página do programa na internet.

O ProUni oferece a estudantes brasileiros de baixa renda bolsas de estudos integrais e parciais (50% da mensalidade) em instituições particulares de educação superior que ofereçam cursos de graduação e sequenciais de formação específica. Para se inscrever na segunda edição de 2014, o candidato deve ter participado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2013 e obtido no mínimo 450 pontos na média das notas. Além disso, não pode ter tirado nota zero na redação. No momento da inscrição, será necessário informar o número de inscrição e a senha usados no Enem, assim como o Cadastro de Pessoa Física (CPF).

Criado pelo governo federal em 2004 e institucionalizado pela Lei nº 11.096, de 13 de janeiro de 2005, o ProUni recebe inscrições de egressos do ensino médio da rede pública ou da rede particular, estes na condição de bolsistas integrais da própria escola. O programa também oferece bolsas de estudos a pessoas com deficiência. São atendidos, ainda, professores da rede pública de ensino que estejam no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrem o quadro de pessoal permanente de instituição pública. Eles podem fazer a inscrição em cursos com grau de licenciatura destinados à formação do magistério da educação básica.

As inscrições serão feitas na página do ProUni na internet. A Portaria Normativa do MEC nº 13/2014 e o Edital nº 20/2014, da Secretaria de Educação Superior (Sesu) do MEC, que regulamentam o processo seletivo do programa para o segundo semestre, foram publicados no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 30.

alunos na sala

Bookmark and Share