Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.

Haja pilha para a lanterna

28 de janeiro de 2011 2

Todo mundo sabe que no futebol se diz: time grande não perde duas vezes. O que posso dizer de um time que não venceu nenhuma e não sabe o que é fazer um gol? Já se passaram quatro rodadas. Isso prova que não são um time grande e sua permanência na elite teve a contribuição do Internacional e do Santos. Benazzi não aguenta mais uma semana. Com a palavra, o vizinho.

De olho no apito

Célio Amorim continua o mesmo, sem critério e com muito preciosismo. Não é conversa de torcedor. Os cartões foram só para os alvinegros, o gol anulado de Reinaldo foi totalmente legal, a retirada do mesmo, tendo como motivo camisa rasgada, só pode ser brincadeira. Tem gente querendo pênalti a favor do siri mecânico. As figurinhas errantes são sempre as mesmas. O auxiliar Márcio Martins, no jogo contra o Criciúma, quase derrubou o Bezerra. O Dadá, por incrível que pareça, é o que mais está se destacando.

O torcedor está ciente

Temos gás para chegar, mas também sabemos que algum acidente de percurso, como o de Itajaí, irá acontecer. Todos os times que enfrentarem os participantes da Série A vão fazer de tudo por alguns momentos de fama. Sem menosprezar os times do interior, tanto aqui como nos outros estados é assim: quando enfrentam times da Capital, o caldo engraça.

Comentários (2)

  • glaiton santos diz: 28 de janeiro de 2011

    Enquanto isso o marquinho continua dando de dedo na arbitragem e ninguém faz nada, são os verdadeiros mimados.

  • Angelo Fillipi de Paiva diz: 2 de fevereiro de 2011

    Como é que é??
    Quando enfrentam os times da capital, o caldo engraça??? Momentos de fama contra os times de Série A?????
    HAUHAUAHUAHUAHHUAHUAHAA
    Meu filho, parem de se achar o gás da coca!!

Envie seu Comentário