Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de agosto 2011

Júlio César

31 de agosto de 2011 4

Os jogadores prometeram muito empenho diante do Cruzeiro e acho que a Raposa vai pagar pelo que não fez. Joginho montou um esquema diferente e, novamente, promete surpresas. Espero que, desta vez, elas sejam boas. Júlio César tentará apagar a má impressão deixada e vai retribuir com juros, fazendo os gols que a galera espera. Se Somália mostrar oportunismo, como tem feito por todo esse Brasil, está na hora de deslanchar. Arrancar com vitória será um bom começo de segundo turno.


Vai ter volta

Tenho recebido muitos e-mails, mas, desta vez, dos torcedores do Sul da Ilha. Nenhum deles faltando com respeito e, sim, deitando e rolando, festejando a conquista do seu time, todas dentro da ética. Exemplos: me chamaram de “Loco Abreu” e “Ivens Joso” e disseram que “a taça veio de helicóptero e foi embora de ônibus”, “um passeio sem estrada” e por aí vai. Todos com muita criatividade. Não se esqueçam, porém, que teremos o jogo da volta, dentro da casa deles, e vamos decretar o retorno do Leão para a Segundona.


Coisa de manezinho

Placa na porta de um bar de um alvinegro em Santo Antonio de Lisboa: (Horário de atendimento-Aberto diariamente “Das zóras cô quero até as zóras cô quinzé”). Nome do bar: Gambazera. Veja a foto no blog da Paixão Alvinegra, dentro do site da Hora.

Vamos nos ligar, rapaziada!

30 de agosto de 2011 5

Maicon foi um dos destaques, só pecou por não ter marcado gol. O goleiro Wilson praticou alguns milagres, Juninho precisa jogar no meio, já que apoia bem e fica devendo na defesa. João Paulo, para mim, não é titular. Elias tirou o pé em duas oportunidades e Wellington Nem não decepcionou. Fernandes, quando entrou, cumpriu bem seu papel e Júlio César não pode perder pênalti e nem os gols que vem perdendo. A equipe está pecando nas finalizações. Precisamos acertar esse fundamento. Nosso ataque está devendo e a defesa está pecando.


Sou crítico, sim!

Afinal, empatamos e perdemos para os dois piores da competição. O time precisa continuar focado. Há um batalhão com apenas um ponto de diferença atrás de nós.


O clássico é coisa do passado

Na última rodada, aconteceram oito clássicos e nem sempre o melhor venceu. No futebol é vencer, empatar ou perder, fazendo os torcedores felizes ou tristes. Assim como nós, outros torcedores de grandes clubes se frustraram e saíram dos estádios cabisbaixos. Assim sendo, é virar a página porque ainda temos muitos desafios para vencer. Continuamos bem na foto, o negócio é pontuar para permanecer entre os 10 melhores. Como vai começar segundo turno, vencer o Cruzeiro será um paliativo.

Desempenho dos jogadores no clássico

30 de agosto de 2011 2

Apesar das notas dominamos, massacramos e não levamos. Azar ou incompetência? Acredito que na primeira hipótese.


Wilson               nota7

Escorregou no primeiro gol e fez alguns milagres


Bruno               nota 6

Não repetiu  atuações anteriores


João Paulo        nota 4

Vem errando muito e vai comprometer.


Edson               nota 7

Quase perfeito errou no ultimo gol deles


Juninho             nota 6

Não repete outras atuações e esta levando nas costas


Ygor                 nota 8

Bom no desarme  não tão bom na distribuição


Túlio                 nota 7

Jogou para o gasto


Pittoni               nota 7

Entrou e não comprometeu


Maicon             nota 9

Muito bom nos passes na distribuição

e nas viradas de jogo


Elias                 nota 6

Por duas vezes tirou o pé na dividida


Fernandes          nota7

Entrou bem e não comprometeu


Weligton Nei    nota 8

Armou, desarmou esteve bem enquanto

teve fôlego


Somália             nota 5

Quase fez um gol, jogou muito pouco tempo

Não pode mostrar nada.


Julio César        nota 5

Foi quem determinou o resultado, perdeu um pênalti

e outros tantos gols só ele e o goleiro apesar de ter

marcado um gol deixou a desejar

Poe na tela alvinegra "coiza de Manézinho"

30 de agosto de 2011 1

Placa no Bar da Gambazeria em Santo Antonio de Lisboa do nosso querido amigo alvinegro Feijão.

A festa não foi completa

29 de agosto de 2011 20

Em todos os lugares, muitas camisas alvinegras e algumas azurram circulavam pelas ruas da Capital. A movimentação das torcidas pelas ruas era pacífica. A costela da Marcela tem de ser mencionada, já que sempre é muito bem frequentada. Ninguém ali poderia pensar nesta catástrofe deste domingo. Pepe jurava ser um jogo para golear.


Outro desafio na quarta-feira

Para nós, foi mais um jogo. Para eles foi o jogo da vida. O resultado neste clássico não muda tanto nossa situação na tabela de classificação, já eles assinariam seus passaportes para a Segundona. Agora, é partir para cima do Cruzeiro e tentar uma melhor sorte e pontuar.


Vamos partir para outra

Não podemos culpar o técnico nem os jogadores pelo resultado. Jogamos uma belíssima partida, sufocamos o adversário durante 90 minutos. Foi um massacre, mas eles foram mais felizes. Eles fecharam-se e nós atacamos, mas as bolas não entraram. Durante a semana, farei uma análise sobre alguns jogadores.


Não dá para acreditar

Ninguém, nem eles, poderia imaginar uma vitória azurra. Nunca vi tanta diferença, posse de bola e domínio de jogo. Finalizamos 30 vezes, mas, caprichosamente, a bola não quis entrar. Eles levaram os três pontos, mas continuam na zona dos desesperados.

O troféu vem do céu

27 de agosto de 2011 6

O presidente da Eletrosul, Eurides Mescolotto, chegará ao Orlando Scarpelli de helicóptero. Com ele, vem o troféu para a equipe vencedora da 19ª rodada. Trata-se de uma bela taça, na forma de uma torre e do mapa do Brasil. Poderá ser mais uma para ficar exibida em nosso memorial. A empresa patrocinadora sorteará entre os torcedores cinco bolas autografadas pelas duas equipes. Chegou a hora do tira-teima! Certamente, serão muitas emoções.


Cinco anos caminhando juntos

São 1.555 colunas escritas nestes cinco anos junto com você, leitor. Neste espaço, fizemos muitos amigos, independentemente da cor ou paixão clubística. Leitores, muito obrigado por nos acompanhar por todo esse tempo aqui ou no nosso blog. Aqueles que, assim como eu, tem paixão pelo Alvinegro, convido a festejar juntos o aniversário da Hora neste domingo, e com uma vitória de nosso clube.


Desespero de uns e outros

Há pessoas que, no momento, só têm tido desilusões e decepções. Como não há nada a comemorar, soltam foguetes por uma vitória ocorrida há 12 anos. Elas estão com medo de uma derrota neste clássico, pois um tropeço significa tirar o passaporte para a Segundona. Já o Figueirense, de sangue doce, é o único que, mesmo com um resultado que não o favoreça, ficará entre os 10 melhores. Mas, claro, venceremos.

Jonal HORA SC festejando seu quinto aniversario "PARABENS"

26 de agosto de 2011 0

Chegou a hora de domar o leão.

26 de agosto de 2011 0

Nos bastidores das torcidas

26 de agosto de 2011 0

Bola Laus, presidente da Gaviões, convida todos os alvinegros para um esquenta na sede da torcida, domingo. Será servido um delicioso carreteiro a todos alvinegro. E é grátis. A caminhada rumo à vitória será às 16h, com saída da sede rumo ao estádio. A torcida Barrigueira também fará sua concentração. Será no estacionamento que existe ao lado do Ginásio Carlos Alberto Campos. O esquenta com churrasco e gelada começa às 11h. Outras torcidas também estão mobilizadas. Rosângela, presidente da torcida Elas, virou celebridade e está sendo solicitada em todas as emissoras de rádio e de televisão. No domingo, organizadas e torcedores anônimos têm encontro marcado no Orlando Scarpelli. A festa está sendo armada por todos.


Queremos paz no estádio

Os ingressos do clássico esgotaram-se para os alvinegros. Alguns destes torcedores, na falta de outra opção, compraram entrada no lado visitante. Com certeza, os torcedores do Figueirense saberão receber os visitantes, nunca esquecendo que, no segundo turno, haverá outro jogo, só que na casa deles. É preciso receber bem aqui para ser bem recebido lá.


Preocupação

Torcida e diretoria estão muito preocupas com a arbitragem do clássico deste domingo, já que ela atuou em diversos jogos do time de azul na Série B, ajudando-lhe a subir para a elite.

Ele gosta de surpreender

25 de agosto de 2011 1

Todos já sabem o time base do Figueirense, com goleiro, laterais e zagueiros. Só que do meio pra frente só o Jorginho sabe. Ele gosta de surpreender.


Elas estarão presentes

O público nos estádios era, na totalidade, masculina. Aí começou a vir crianças e, agora, as mulheres estão tomando conta do pedaço. Além de embelezar as arquibancadas, dão um brilho especial ao espetáculo.


Desculpa de despreparados

Todo clube quer um bom calendário, com Sul-Americana e Libertadores. Quando tem esse privilégio, reclama que são muitos jogos e que é desumano. Isso é desculpa de quem não consegue ser bem sucedido nas competições.


Continua o mesmo

Wellington, aquele mesmo que foi rejeitado aqui, estreou, terça-feira, no Goiás, do Márcio Goiano, e, de cara, fez um gol. Passado alguns minutos, voltou à mesmice: foi substituído e mostrou o porquê da sua dispensa no Figueirense.


Dia de festa

Contagem regressiva para o grande clássico e para o aniversário do nosso jornal Hora. Com certeza, será um domingão de satisfação. Galera, está chegando a hora!