Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Onde está nosso Furacão?

07 de março de 2013 0

O torcedor é o termômetro de um clube. Sem ele, o futebol não teria todo esse glamour. Pelas inseguranças, pelas dúvidas, pelos resultados obtidos e pelo preço dos ingressos, o torcedor do Figueirense abandonou seu clube. Uma prova disso foi o público presente no último jogo contra o Juventus. Temos um time somente razoável. Os dirigentes economizaram nas compras, só ouço no noticiário: dívidas e mais dívidas. Não vejo em nossos atletas identidade com o clube. Está faltando alguma coisa.

Torcedor é fiel

Vamos dar crédito à rapaziada e torcer por uma vitória e deixar o pessimismo de lado. O primeiro turno já passou. Agora, é pontuar para enfrentar a final. Ao contrário do ano que passou, o importante não é vencer os turnos e, sim, a final. Essa é a hora para a arrancada rumo ao título, afinal estamos em segundo lugar. Quem está lá atrás é o time do vizinho. Depois do Guarani. nossos próximos desafios serão Joinville e Chapecoense, fora, voltando a jogar em casa só dia 24, com o Metropolitano. Portanto, galera, mais uma vez, vamos dar uma força e voltar ao estádio.

De lá pra cá

Claro que não é necessário apelar a esse tipo de artimanha, mas com a contratação do Hudson Coutinho como auxiliar técnico do Figueirense, pode mostrar aos jogadores o caminho das pedras do seu ex-time de Palhoça.

Envie seu Comentário