Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de dezembro 2013

Essa imagem vai ficar gravada no coração dos alvinegros Feliz Natal galera

23 de dezembro de 2013 2

10659144644_6e80f27a8c_b-600x400

Natal de Primeira

22 de dezembro de 2013 0

images (5)

A todos que acompanham nossa coluna, que é feita com muito amor e muita paixão, o colunista deseja um Feliz Natal e um excelente 2014. Vamos esquecer momentaneamente a bola e pensar na data que estamos festejando. O presente é secundário, vamos reunir a família e demonstrar nosso amor com um abraço e, porque não, um beijo.
Felicidade, galera! A coluna do jornal voltará no dia 3 de janeiro e aqui neste espaço continuaremos a ter esse contato gostoso com a família alvinegra, a família da Primeira Divisão.

Paixão Alvinegra de férias

22 de dezembro de 2013 0

Depois de um ano duro, coroado com o acesso à Série A, este colunista estará de férias até o dia 3 de janeiro,  quando retornaremos com a coluna diária, cheia de informação e provocação, já projetando o ano que está por vir.

2014 promete para o Figueirense

21 de dezembro de 2013 5

O torcedor alvinegro está como criança que recebeu o presente de Natal antecipado. A goleada sobre o rival foi a cereja do bolo, já que subimos com a Série A. Ainda assim, continuamos a receber presentes: renovações e contratações. Um cartola alvinegro, daqueles dos notáveis, me falou ao pé do ouvido: “a grande surpresa vai acontecer em janeiro de 2014”. Sendo assim, vamos aguardar.

De olho no futuro

Pelo que tenho observado, Rodrigo Pastana não brinca em serviço. Ele, junto com Vinícius e os responsáveis pelo futebol, está com os nomes dos atletas pretendidos para formarem nosso plantel. Dentro de uma coerência e sem fugir do orçamento, quem quiser jogar no Figueira tem que se adequar à nossa realidade.

Drama de uma vovó

Dona Laureti, leitora da minha coluna e da do vizinho, está preocupada. Seu genro Leonardo os netos João Airton e o João Carlos são alvinegros, só que um dos moleques esta em cima do muro e querendo descambar. Não, né?

Momento de reflexão

Já fizemos muita festa com vitória no clássico e a invasão a Bragança paulista. Às vésperas de Natal e Ano-Novo, a rivalidade deve ficar de lado. Boas festas, e até o dia 3 de janeiro.

Reforços de qualidade no Figueira

20 de dezembro de 2013 2

Já está no preto no branco: o lateral-esquerdo Ivan vem para substituir Wellington Saci. Éverton Santos, Ricardo Bueno e outros tantos já estão acertando, assim como Marcos Assunção, que tem bom relacionamento com Pastana, o que poderá facilitar as negociações. Torcedor amigo, não se iluda: todos que estão chegando têm qualidade, mas não faltará gente para desmerecê-los.

A preferência dos atletas

Muitas vezes ouço que os bons jogadores preferem jogar a Série A e não gostam da Segundona. Escrevo isto porque hoje, como estamos na elite, os atletas vão preferir mais o Scarpelli do que São Januário e Ressacada.

Não larga o osso

Há alguns anos, Delfim Peixoto falou em Criciúma que quando Santa Catarina conseguisse colocar três times na série principal do futebol brasileiro ele deixaria a presidência da Federação. Hoje, com o trio na Série A, o pessoal da cidade do carvão cobrou a promessa do presidente, que respondeu: “Mudei de ideia. Agora só saio quando tiver cinco catarinenses na elite”.

Secador de carteirinha

Foi só o vizinho anunciar que ia torcer pelo branco e preto do Atlético-MG e deu no que deu: o time brasileiro foi desclassificado. Não torce mais, não, vizinho! Tu é pé frio.

Marcos Assunção no Figueirense

19 de dezembro de 2013 1

Além de muitos nomes que estão pipocando na mídia, o de Marcos Assunção foi o que mais me chamou atenção, que é dono de inegável habilidade, principalmente em cobranças de faltas. Seria um reforço interessante, só que ele teria que se enquadrar no patamar do clube.

Ninguém é insubstituível

Claro que eu gostaria da permanência de alguns jogadores remanescentes de 2013. É bom ressaltar: nenhum deles é imprescindível e não podem ser substituídos por outro. Digo isto porque o torcedor sofreu o ano todo, teve alegria no desfecho final e agora é hora de descansar, pensar na família e deixar para os responsáveis fazerem as tratativas de novos jogadores. Tudo que se lê e se ouve na mídia, no momento, é mere especulação.

A corrida no mercado bola

A correria nos bastidores continua. Muitos empresários oferecem jogadores, só que tudo tem que ser feito com sabedoria. Muitos leilões acontecem, mas nós não entramos.

Negociando com cautela

A primeira coisa que uma diretoria precisa fazer no clube é conseguir um equilíbrio financeiro pra depois pensar nos gastos. As contratações devem ser bem pensadas e dentro de um orçamento, por isso a demora.

Negócios do Figueirense

18 de dezembro de 2013 0

Enquanto não estiver tudo assinado, não adianta contar com o jogador. Estamos sem zagueiros: Nirley deve ficar no Criciúma e Thiego foi para a Turquia. O atacante Pablo, que parecia certo, tem assédio da Espanha.
Sendo assim, vamos deixar o Pastana trabalhar e entender o silêncio. O que tem de traíra na área e jogo de interesse é uma grandeza.

Homenagem

Andei vendo nas redes sociais vídeos dos torcedores alvinegros no clássico e nas últimas cinco partidas da Série B. Na Ressacada e em Bragança Paulista, as cenas mereciam, sem sombra de dúvida, um DVD comemorativo. Com
a palavra, o marketing…

Mudando de cores

O vizinho não vai nunca dar o braço a torcer: o sonho dele é ser alvinegro. Como o representante da Capital na elite é o seu maior rival, nesta semana ele vai matar a vontade vestindo a camisa do Atlético-MG, que é bem parecida com a nossa, né?

Incompetência

Será que se as coisas fossem ao contrário, o Fluminense caísse e a Portuguesa, rebaixada, subiria, o Tribunal agiria desta forma? Não achei tapetão ou armação: se teve jogador irregular, a punição tem que acontecer. Infelizmente, o departamento de futebol da Lusa e do Mengo mandou mal.

Ajustando a máquina do Estreito

17 de dezembro de 2013 0

O departamento de futebol está focado nas seguintes posições: zaga, laterais e meio-campo. Paulo Roberto, Pablo e Ricardo Bueno estão praticamente certos, com Rafael Costa e Maylson permanecendo. Rodrigo Pastana só vai anunciar as caras novas depois de renovar com os atletas do atual plantel que interessam ao clube.

Reconquistando a hegemonia

Nosso Figueirense, com 90 anos de glórias, com certeza nos deu mais alegrias que do tristezas. Voltando para a Série A, deveremos fazer um time com o objetivo de permanecer. Vamos conquistar o Estadual e acabar com a vizinhança, que anda se vangloriando com o título de mais vezes campeão.

Emoções alvinegras

Será que o coração do ex-presidente Paulo Prisco Paraíso bateu mais forte com o acesso do Figueirense para a Série A de 2014? Ele foi visto, semana passada, de bengala no consultório do Dr. Mário, cardiologista na clínica SOS Cardio. Saúde, PPP!

Mudando de lado

Assim como os alvinegros passaram um ano inteiro para esquecer 2012, com perca do título e o rebaixamento, a angustia muda de lado. Agora, serão os azurras que querem esquecer o insucesso de 2013 e a permanência na Segundona por mais alguns anos.

O torcedor merece atenção

16 de dezembro de 2013 3

Não é porque conquistamos o acesso que ficaremos de braços cruzados. Quem não tem competência não se estabeleça. Portanto, é necessário correr contra o tempo, contratar sem erros e dar uma ajeitada no Scarpelli. O gramado está 100%, mas as instalações estão necessitando de algumas melhorias. Que tal começar pelos muros externos, banheiros e algum conforto a mais para o torcedor? Plano para aumentar as mensalidades já existe, mas benefícios para atrair torcedores não estou vejo nenhum.

De olho no Catarinão

Por ser um ano de Copa do Mundo, o Campeonato Catarinense do próximo ano não terá o jogo de volta. O clássico, por exemplo, vai ser só no Scarpelli. No dia 26 de janeiro, um domingo, o Figueirense joga a primeira partida contra o Brusque, em casa, e depois enfrenta o Criciúma no Heriberto Hülse, dia 29. O confronto contra o time do vizinho será no dia 16 de fevereiro, onde tentaremos repetir o último placar que fizemos na Ressacada. Aliás, 4 x 4 = 16, data da partida, vizinho!

Correria

A bola não está rolando, mas nos bastidores os trabalhos seguem. Quem renova e quem é dispensado é o assunto do momento. Até antes do Natal, Rodrigo Pastana deve anunciar algumas novidades que deverão agradar o torcedor alvinegro. Tomara!

Um ano espetacular

14 de dezembro de 2013 2

Temos que festejar o ano. Parecia trágico, mas está terminando como um conto de fadas. Além de conquistarmos o privilégio de ingressar na Primeira Divisão, nosso atacante RC9 foi revelado o melhor atleta profissional no Troféu Gustavo Kuerten. Nesta semana, foi a vez do técnico Vinícius Eutrópio ser homenageado, ao lado de mais 15 personalidades do esporte, eleito pelo Prêmio de Destaque Esportivo 2013 na Assembleia Legislativa.

Com pés no chão

Quando se fala na base, não é que vamos formar um time só com garotos, mas sim permanecer com a estrutura do time de 2013. Nirley poderá acertar, mas tudo depende do Criciúma liberar, o que não é simples. Thiego tem boa proposta fora do Brasil, da Turquia, e no meu ver não seria peça imprescindível. Quanto ao Zé Roberto, o problema está no histórico de lesões, no alto salário e a idade, que pra mim não faz diferença, mas a sua qualidade é inquestionável.

Aviso para o da segunda

O vizinho fica falando do tempo em que se amarrava cachorro com linguiça. Então, é bom saber que o Figueirense é o clube catarinense com o maior número de participações na Série A do Brasileiro: foram 14 vezes!
Pode ficar tranquilo, que além dos 4 a 0 que demos na casa de vocês, já vencemos o Palmeiras por 6 a 1.Não foi só o Leão que apanhou, outros clubes de maior expressão que o da Ressacada já sentiram a força do Furacão.

O Anjo Loiro tem força

Gustavo, irmão do Marquinhos Santos, continua no time da Ressacada. Uma pergunta ao vizinho: ele está com essa bola toda ou é uma imposição do maninho? Responde na segunda!