Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

É difícil ganhar na loteria do futebol

30 de abril de 2014 2

Por ter uma receita reduzida perto dos principais clubes do Brasileirão, o Figueirense tem que viver recuperando jogadores contundidos. O lateral-direito, Artur é um deles, que chegou e até hoje não jogou. Marco Antônio, Everaldo e Denílson são apostas. E como toda loteria, é uma em 1 milhão para que se acerte na mosca.

Figueirense urgente

Estamos precisando de dois laterais, um pra cada lado, e um camisa 10 clássico. Não adianta ter homem de referência se não tiver aquele que organiza e serve o ataque. Além disso, Rivaldo, Bueno e Assunção, jogadores diferenciados, tem que voltar a jogar o que sabem. Estão devendo.

Trabalhando em silêncio

Nas redes sociais e na própria pagina oficial poucas coisas estão sendo divulgadas. Se eles estão trabalhando, só pode ser na surdina. Ir ao mercado e anunciar quem é pretendido faz o preço subir e, consequentemente, parar algumas negociações.

As pedras no caminho

Nossos próximos quatro jogos serão longe do Scarpelli: Criciúma, Santos, Corinthians e Palmeiras, ossos duros de roer. Dia 25 de maio será em casa, com o Goiás. Enquanto isso o time do vizinho tem Vila Nova, Sampaio Côrrea, Paraná, Boa e ABC. Quanta diferença na qualidade, hein, vizinho?

Comentários (2)

  • Telmo diz: 30 de abril de 2014

    Ivens se o lateral direito Artur esta contundido então porque vender ou emprestar o nosso lateral direito para o Grêmio. Isso que a diretoria faz acaba com o time.

  • kako alvinegro diz: 30 de abril de 2014

    Meu querido! tem que botar quente na diretoria, se não faremos um passeio rápido pela série A.

Envie seu Comentário