Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de maio 2014

Diria o manézinho...

30 de maio de 2014 0

…Não ganhemu e nem perdemu, empatemu. Hoje os tempos mudaram e estamos lamentando um empate com o Flamengo, coisa que há alguns anos seria quase impossível. Mesmo com o adversário não estando bem, a vitória alvinegra seria o placar mais justo.

Cor da camisa

No jogo daqueles que estão na rabeira, por ironia do destino, um clone do Rubinho Barrichello foi o árbitro da partida. Como salientei na coluna de ontem, a camisa rubro-negra pesa nas decisões dos homens de preto.
Aos 33 minutos, ele assinalou um impedimento não existente do nosso ataque, sofremos falta e ele deu uma infração para eles. Eu falei!

Último toque

O time está defendendo bem e na hora da armação, do último toque, acontecem os erros de passe. Apesar de tudo, estivemos perto do segundo gol, assim como os donos da casa não ampliaram pela sempre boa apresentação do Tiago Volpi. Pelas palavras do treinador, ele viu o mesmo jogo que o colunista viu. Erros e acertos que vão ser solucionados.

Tenho que fazer justiça

Lazaroni esteve bem no jogo, assim como a entrada do Nem não comprometeu o esquema. Duas linhas de quatro, dois na frente se mexendo e todos ajudando na defesa.

Figueirense 1 X 1 Flamengo

29 de maio de 2014 2

Avaliação individual dos jogadores no empate no Morumbi

Tiago Volpi esse garoto é muito bom, sempre fazendo suas importantes defesas. No gol acho que poderia ter saído e soquear aquela bola. Nota 9.
Leandro Silva aquele jogador de sempre, faz belas jogadas e perde a mais fácil nota 6.
Marquinhos bom zagueiro, muita raça, demonstrando dedicação total ao time nota 8.
Thiago Heleno errou no lance do gol de resto esteve bem principalmente pelas bolas altas nota 7.
Guilherme Lazaroni muito criticado e hoje elogiado esteve bem no desarme e no apoio nota 7
Paulo Roberto muito bem no desarme, diferente de outros jogos esteve bem no apoio nota 8.
Luan não cometeu erros cumpriu bem seu papel nota 7.
Marco Antônio é um bom jogador, chuta bem e tem raça. Seu grande defeito tem sido os erros de passes nota 6.
Giovanni Augusto foi útil ao esquema, mas é outro com um numero muito grande de erros de passe. Nota 7.
Everaldo vai ser útil ao decorrer da competição, fez um belo gol nota 7.
Ricardo Bueno: um belo chute e a bela defesa do goleiro adversário têm credito no gol marcado pelo Marco Antonio nota 6.
Arthur não mostra qualidade para estar nesse time nota 5.
Nem: entrou e não comprometeu nota 7.
Vitor Junior teve uma boa apresentação deu sua contribuição nota 6.
Técnico: Guto Ferreira apesar da vitória errou, deveria ter entrado com França ou Rivaldo, não entendo porque não e aproveitado nota 6.

Furacão x Urubu

29 de maio de 2014 0

O difícil não é enfrentar o time do Flamengo, que também não é essas coisas, o maior adversário é a camisa. Alguém tem dúvida que ela pesa? Perguntem aos homens da arbitragem…

Fazer por merecer

Já perdemos demais, e ninguém aceita isso passivamente. Se não pontuarmos até o início da Copa, como ter clima para festejar o aniversário daquele que já deu muitas glórias e hoje só dá o gosto amargo da derrota?

11 contra 11

Mesmo se arrastando, Ney Franco se preocupa com o Figueira. Prova disso é o retorno Elano, André Santos, Alecsandro e Felipe. Com isso ele mostra respeito pelo Furacão.

Satisfação

Um jogo pode ter vitória, empate e derrota. Infelizmente, fora o triunfo no “Itaquerense”, não somamos mais pontos. Esta na hora dos atletas darem uma satisfação aos seus torcedores!

Nada se encaixa

Não podemos negar, Assunção foi um dos responsáveis pelo título do estadual. Seus passes eram precisos, sem falar na bola parada. Contra o Goiás, tivemos três faltas perto da área que foram desperdiçadas. Um bom batedor faz falta, literalmente.

Prova final

28 de maio de 2014 0

A moçada alvinegra tem dois jogos antes da paralisação para mostrar sua cara. Esses jogos servirão de um teste para a comissão técnica saber o que o torcedor já sabe desde o começo: quem serve e quem não serve.

Futebol não tem segredo

Guto não pode ter dúvidas de como montar o meio. Por qualidade numa formação com três volantes: França, Paulo Roberto e Rivaldo. Se optar jogar com dois, o Paulo sai do time. Tem um jogador que “nem” pensar em retornar.

A barca encalhou

Pelo que estou vendo, a barca que deveria sair do Scarpelli não passa de um caiaque. A relação de jogadores contratados por equívoco é grande, porque não diminuir despesas?

Cobranças de atitude

Pelas as imagens na TV sem o som, pelos gestos do Marquinhos, dá para fazer uma avaliação: a turma estava se cobrando. Isso é um bom sinal, mostram ter vergonha na cara, apontado os erros e para que aconteçam os acertos.

Eternos secadores

O vizinho tem a memória curta. No livro dos recordes deveria constar o time deles, que ficou na zona do início ao fim em 2011.

Eu não jogo a toalha

27 de maio de 2014 1

Tento sempre passar passar otimismo para aqueles que nos acompanham aqui neste espaço. Apesar do momento conturbado, precisamos reagir e eu ainda acredito. Se qualificarem o time, e os que ficarem forem comprometimento, tudo pode mudar.

Parada para repensar

Com a parada da Copa do Mundo Guto Ferreira promete trabalhar bastante, mas para isso a diretoria precisa dar a ele peças de qualidades. Kléber e França é muito pouco para encorpar essa equipe. O treinador se mostra tranquilo e me parece que vai ser atendido nas suas necessidades: no mínimo dois laterais e mais um homem de referência na frente.
Falando nisso, o Vinícius Eutrópio perdeu duas e dançou, o Guto já perdeu quantas mesmo?

Surpresas acontecem

Não será surpresa nenhuma se o Figueirense vencer o Flamengo. O time de maior torcida do Estado venceu a maior torcida de São Paulo e pode ganhar do de maior torcida do Brasil!

Pobre não tem vez

Nos jogos da Copa do Mundo no Maracanã, por exemplo, o copo de cerveja custará R$ 13, o churrasquinho R$15, o amendoim e o refri R$8 e a água R$ 6. Fora ingresso e transporte, a maioria vai ficar de fora.

Time sem qualidade

26 de maio de 2014 7

Foram necessários cinco minutos em casa para sofrermos o gol e mostrarmos a fragilidade do nosso time. Não se pode esperar muito de uma equipe que tem Lazaroni e Leandro nas laterais, Paulo Roberto e Giovanni errando passes de um metro e um ataque que, em sete jogos, fez somente um gol.

Guto também é culpado

Não adianta só criticar a falta de qualidade do plantel. O treinador também é fraco. Entrar com Luan e Paulo Roberto, deixando Rivaldo no banco, não dando um padrão de jogo nem uma jogada ensaiada. Deve acontecer como o pingo d’água, no lado de lá – deu pra bola!

Um time desligado

Qualquer jogador do Brasil gostaria de jogar num time como o Figueirense, que dá aos seus atletas toda a estrutura necessária. Tanto sacrifício para estar numa Série A e estamos jogando como um time de Série B, tal a mediocridade que viemos apresentando.

Péssimo fim de semana

Sexta e sábado, com uma gripe terrível, na frente da TV vendo jogos da primeira, segunda e terceira divisão. Não vi muita qualidade nesses jogos, a não ser na decisão da Liga dos Campeões da Europa. A única coisa boa do fim de semana foi a vitória do Boa sobre o time da vizinhança.

Sete jogos seis derrota

25 de maio de 2014 4

Preço desculpas aqueles que nos acompanham depois dos jogos com avaliações individuais de cada atleta. Acho que o grupo não merece ser analisados individualmente. Jogadas medíocres, sem agressividade, sem esquema de jogo, e até sem aquela garra e comprometimento que o torcedor gostaria de ver. Se dependessem de notas para passar de fase no colégio muitos seriam reprovados

Tiago Volpi será homenageado no Figueirense

24 de maio de 2014 1
Foto: Betina Humeres

Foto: Betina Humeres

O Figueirense vai homenagear seu jovem goleiro de 23 anos, que completou 50 jogos atuando pelo clube diante do Palmeiras. Antes do jogo contra o Goiás, Tiago Volpi, que vem honrando a nossa camisa, irá receber uma placa comemorativa. Dois anos na titularidade e conseguindo o título estadual e o acesso à Série A.

O grupo precisa desencantar

Na vitória contra o Corinthians o time se portou bem, contra o Palmeiras já não foi a mesma coisa. Aqueles que deveriam estar se destacando não estão rendendo. É o caso do Ricardo Bueno, Éverton Santos e Giovanni Augusto, que estão costurando, tabelando e na hora dos finalmente erram passes bisonhamente. Isso é falta de atenção e um pouco de preciosismo. Um aviso para a rapaziada: se não chutar, a bola não vai entrar.

Estádio lotado

Guto Ferreira pediu o apoio do torcedor, mas a torcida sempre fez a sua parte se a rapaziada fizer a sua no campo. Se for assim, com certeza não vai faltar o incentivo das arquibancadas. Para o Scarpelli lotar como em outras épocas, bons adversários e atrações não vão faltar, o que falta, é vitória, o combustível para a galera retornar. Ops, sem esquecer o preço dos ingressos que estão salgados, presidente!

No mercado

Todas as equipes estarão se reforçando antes e depois da Copa. Tenho informações de que no Figueirense as contratações estão sendo bem encaminhadas. Além do França, muitos empresários seguem oferecendo jogadores. Os responsáveis precisam ter cautela e trazer peças certas para o lugar certo.

Dançou mas não beijou

23 de maio de 2014 3

Por incrível que pareça, passamos o segundo tempo todo no campo do adversário. Só que, fora o gol perdido por Everaldo, nada mais aconteceu. Tomamos o gol quando Paulo Roberto tropeçou nas próprias pernas, deixando o atleta palmeirense livre para cruzar e assinalarem o único gol da partida.

Equívocos

Rivaldo, muito bem na partida, foi substituído. Se não foi por cansaço ou contusão, Guto errou? Paulo Roberto deveria a ser o substituído. Giovanni Augusto fez gol no Corinthians, contra o Palmeiras errou passes e não produziu nada. Dudu talvez fosse o homem de velocidade que faltou no ataque alvinegro ontem.

Acorda Giovanni!

A fragilidade dos alvinegros até um leigo sabe onde está. Os laterais são horríveis, e o pior: o time não tem o homem da bola parada. Uma falta como aquela, aos 13 min, na risca da área, e o Giovanni chuta em cima da barreira. Não dá pra admitir isso num time de Primeira Divisão.

O torcedor faz sua parte

Perdemos, mas já vimos uma equipe com um pouco mais de personalidade. Não está faltando tanta vontade, o que falta é qualidade. Guto pede ajuda da torcida no Scarpelli, mas para isso aconteça o time tem que mostrar um bom futebol. Mas tá difícil, né?

Perderam para um time horrível Palmeiras 1 Figueirense 0

22 de maio de 2014 2

Tiago Volpi: não foi muito exigido nota 7.
Leandro Silva: não agüento mais esse jogador nota 4.
Marquinhos bom zagueiro nota 7.
Thiago Heleno não esta comprometendo nota 7.
Guilherme Lazaroni rui na defesa pior no apoio nota 4
Paulo Roberto desarma sobe ao ataque e entrega de bandeja nota 5.
Rivaldo estava bem na partida não sei por que foi substituído nota 8.
Luan acerta uma erra duas, não me agrada nota 5.
Giovanni Augusto também esta errando passes incríveis nota 4.
Everton Santos tem corrido muito e produzindo nada nota 5.
Ricardo Bueno esta devendo muito nota 5.
Léo Lisboa, Everaldo, Marco Antonio não acrescentaram nada sem nota.
Guto Ferreira errou na substituição, Rivaldo só poderia ter saído contundido nota 6