Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mudando de opinião

14 de agosto de 2014 0

Antes da Copa, em qualquer jogo do Figueirense o torcedor não tinha a menor esperança de vitória. Após o Mundial, e com a entrada de Argel, mudou o empenho dos jogadores e a possibilidade de vencer adversários mais qualificados, como Galo e Fogão.

Quebra-cabeça

O treinador terá alguns problemas para formar o time para domingo. Não contará com Giovanni Augusto, por conta de uma cláusula contratual, Paulo Roberto e Léo Lisboa estão contundidos e são dúvida.
Ora, como o nosso elenco tem 38 jogadores e o professor tem uma semana inteira para treinar a equipe, é óbvio que saberá fazer a escolha certa.

Baixou a poeira

Além de Volpi, o zagueiro Marquinhos e o treinador Argel estão caindo no gosto do torcedor. A reação está somente começando, todos têm dado sua contribuição para a virada. No CFT o ambiente é bom entre atletas, comissão e demais profissionais.

É cedo para festejar

Apesar dos dois últimos bons resultados, a equipe realizou muito pouco até agora. Com um aproveitamento somente de 31%, resultado de apenas quatro vitórias em 14 jogos. A nossa esperança é para que os jogadores continuem determinados o restante da Série A.

Envie seu Comentário