Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Novos desafios do Figueirense

28 de outubro de 2014 1

É inegável que o futebol apresentado pelo Figueira melhorou. Os adversários que temos enfrentado respeitam nosso time, inclusive fazendo o antijogo para tentar o resultado. Sport, Chapecoense, Atlético-MG, Botafogo, Vitória, São Paulo e Inter serão os próximos desafios. Não será fácil, mas estou convencido de que alcançaremos os objetivos.

Vontade ou vaidade

Enquanto o time luta dentro de campo, fora dele o movimento nos bastidores para as eleições que se aproximam também é grande. Muitas reuniões sobre formações de chapas encabeçadas por esse ou aquele alvinegro. Quem quiser se habilitar tem que saber que no dia 5 de janeiro vence a folha de dezembro. Não adianta ser presidente por vaidade e depois deixar a peteca cair.

Paixão ou interesse?

Uns têm paixão alvinegra, outros nem tanto. Paulo Prisco Paraíso, Norton Boppré e Nestor Lodetti saíram da presidência e viraram as costas, não vão mais ao Scarpelli. Belo exemplo é dado por Gercino Correa Filho, presidente de 1992 a 1995,
que sempre se faz presente nos jogos do seu Figueirense.

Adesivos

Os torcedores do time vizinho e do Figueirense vão colar adesivos nos seus carros com os dizeres “FICAMOS”. Nós na elite e eles na Série B. Estamos conversados.

Comentários (1)

  • Paula diz: 31 de outubro de 2014

    Concordo. A gestão do Wilfredo é ótima. Desnecessário uma chapa de oposição. Tem que deixar a vaidade de fora e deixar a atual gestão continuar seu trabalho.

Envie seu Comentário