Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Saiu a primeira vitória do Figueirense

31 de maio de 2015 2
Foto: Marco Favero/Ag. RBS

Foto: Marco Favero/Ag. RBS

Além do objetivo de conseguir os 44 pontos para a permanência, temos outros desafios. Um deles é a disputa particular entre os catarinenses e, principalmente, com o nosso maior rival. Menos mal que com a vitória sobre o bicampeão eles não dispararam na nossa frente. A diferença de três pontos a gente iguala no clássico para depois ficar entre os 10 primeiros
da competição.

::: Leia mais notícias sobre o Figueirense
::: Confira a tabela do Brasileirão Série A

Destaques do jogo

Carlos Alberto deu seu cartão de visitas e falou: “cheguei”. Alex Muralha é uma das peças mais importantes do elenco, o capitão Marquinhos, além de espetacular na defesa, é também homem gol. Paulo Roberto e Fabinho são incansáveis marcadores e o lateral Leandro Silva vem surpreendendo até mesmo o colunista.

A cara de Argel

Em 35 minutos de jogo perdemos dois jogadores importantes. Marquinhos fez o primeiro gol e o Carlos Alberto guardou o segundo. Agora são 16 partidas invictas no Scarpelli e saímos da zona perigosa. Ganhamos do bicampeão, não foi de um Coxa qualquer.

l Presidente Delfim

Já foi aplaudido no Scarpelli, mas ontem foi “homenageado” com uma sonora vaia e respondeu ameaçando os torcedores. Quero ver a cara dele quando o STJD decretar o campeão e ele entregar o troféu ao Figueirense.

Comentários (2)

  • Heleotério diz: 31 de maio de 2015

    Esse sujeito vulgo Delfim é uma criatura inexpressiva e vil, não tem o respeito de nenhum alvinegro, a hora dele vai chegar também.

  • Fernando Avaiano Feliz diz: 31 de maio de 2015

    Como é que é? “A diferença a gente iguala no clássico”? “O Coxa é um time qualquer”? “O Delfim agora é inimigo”?
    És um fanfarrão. Primeiro que vocês jamais ganharão o próximo clássico. Quem viver verá. Segundo, o Coxa já foi Campeão Brasileiro, coisa que teu time nunca foi. Aliás, quando vocês participarão da festa de final de ano da CBF e receber um troféu de Campeão Brasileiro? NEVER !!! Terceiro, o Delfim não vai entregar o troféu para vocês, porque o troféu já foi entregue ao legítimo campeão.

Envie seu Comentário