Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Não é hora para o Figueirense comemorar

25 de setembro de 2015 4

Com os preços praticados nos ingressos, o time não mostra evolução, não vence, não faz gols, e onde vou arrumar argumentos para pedir ao torcedor ir ao estádio? O troféu de campeão está na cidade e ele pode ser entregue domingo, com presença do presidente Delfim, ou em outra data mais oportuna. Não é hora de festejar, devemos concentrar só no jogo, que é de vital importância.

Últimas esperanças

A aposta Coutinho me deixa preocupado. Notei um time acanhado, cópia fiel do seu treinador. Para uma melhorar, a volta de Dudu e Carlos Alberto é quase certa, enquanto Marquinhos está em fase de transição. Não podemos depender só do Claytinho, correndo desesperado sem ninguém para armar as jogadas.

Muitos erros

O presidente prometeu um plantel superior ao de 2014. Contrataram Celsinho, Elias, Thiago Santana, Alemão, Rafael Bastos, Saimon, Ricardinho, Felipe e Carlos Alberto, mas os que estão jogando são os pratas da casa Yago, Bruno Alves, Pedroso e Clayton. Aí é pacabá!

A novela continua

No próximo dia 6 de outubro acontecerá uma nova reunião sobre a transição no clube. O advogado da empresa já trouxe a minuta do contrato com todas as exigências colocadas pelos conselheiros, faltando só acertar os percentuais
dos valores. Tem muito cartola duvidando que a novela chegue ao seu final.

Comentários (4)

  • Lauro Cirillo da Silva diz: 25 de setembro de 2015

    É preciso trazer e escalar mais ” inhos” inclusive chinelinhos, jogarem um pouquinho, dai vai,

  • Gabriel ALVINEGRO diz: 25 de setembro de 2015

    Aeeeee diretoria do Figueira parabéns!!!

    Time não ganha a 7 jogos, joga um futebol de série c e aumentam o preço dos ingressos, estão de parabéns.

    A já entendi, estão querendo bater o recorde com mais torcedores adversários e menos torcedores do Figueira, bela estratégia para quem esta na zona do rebaixamento e mesmo se ganhar não sai de lá.

    Diretoria cada vez mais afastando a torcida e afundando o clube.

  • jeferson preto & branco diz: 25 de setembro de 2015

    Sobre o preço dos ingressos: 30 reais está muito bom. Independetemente de elenco e resultados, nosso estádio é bom, mas descoberto. Além disso, mais vale uma cadeira ocupada paga do que uma vaga não paga. Somente as de sócios vazias valem algo, desde que adimplentes. Falta ao nosso time dois meias-armadores bons, que tínhamos no ano passado e este ano não temos (Marco Antônio e Geovane Augusto). Aí é falha do superintendente de futebol. Quanto à tal empresa, acho que um Clube tem de ser administrado como um Clube. Não é em Clube que um empresário-dirigente tem de ganhar dinheiro. Ali, ele tem de dar a sua contribuição como torcedor abonado, pelo fato de ser empresário. Ele tem de ganhar dinheiro na sua empresa. Ele não ganha lá? Clube de futebol é para ser dirigido por notáveis tornecedores abonados, que querem deixar a sua contribuição voluntária na história do Clube. Tem de ser assim até que um Clube no Brasil possa ser uma empresa de verdade, sem a necessidade de uma outra empresa pendurada nele.

  • Luiz Alvinegro diz: 25 de setembro de 2015

    E aí, Ivens? Será que contra o Corinthians, finalmente irão jogar as grandes contratações do Figueira para esta temporada?
    Onde está aquele reforço para o seu setor ofensivo,o atacante Marcelinho que estava na Portuguesa até o mês de setembro?..”Jovem atleta com característica de ser um atacante de velocidade e atuar pelos lados do campo”..deve ser o lado de fora..aliás esse tal “lado do campo”, o lado de fora, tem sido área muito frequentada por outros grandes atletas : Bruno Dybal, Carlos Alberto, França, e mais umas coisitas queridas que o grande Gerente de Futebol Cleber Giglio contratar para honrarem o manto alvinegro.
    E a transição no clube já começou faz tempo : com todo este planejamento e gerenciamento que se vê, “tá em transição para a série B”

Envie seu Comentário