Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Mais uma da Paixão Alvinegra, em primeira mão

29 de setembro de 2015 4

Frustração alvinegra

Com o pouco publico no Scarpelli o presidente do Figueirense esta negociando o jogo com o Flamengo por um milhão e duzentos mil reais transferido a partida para Brasília. Os planos são de repassar como premio 50% dessa importância para os atletas caso tenham êxito na permanência. Para os associados uma promoção, cada sócio poderá levar um convidado de graça nos próximos quatro jogos em casa. Bom para os cofres do clube, não tão bom para aqueles que pagam suas mensalidades. O jogo será realizado o dia 14 às 22 horas, seremos os mandatários com 98% de torcedores contrários. Acho que o dinheiro nessa hora não seria o mais importante, o que interessa mesmo é vencer nossos compromissos e não perder os patrocínios de uma serie A.

NA COLUNA DE AMANHÃ SAIREMOS COM MAISA ALGUMAS EM PRIMEIRA MÃO.

Comentários (4)

  • Renato diz: 29 de setembro de 2015

    Sou sócio a anos pago fielmente minha mensalidade e concordo com este tipo de negocio, vender jogos…Quero sempre o bem do meu clube e a entrada deste dinheiro e bem vinda a qualquer clube, imagina ao nosso que tem suas cotas bem reduzidas para favorecer outros clubes nesta série A. Mas acho que este momento é não cair para a segunda divisão e depois pensar em lucros, o apoio da torcida é fundamental neste momento como mesmo prega a comissão técnica e presidência do Figueirense.

  • Detetive diz: 29 de setembro de 2015

    Ivens , totalmente equivocada , se acontecer , a troca do jogo para Brasilia.Precisamos sim é botar um bom público no Scarpelli , baixando o valor do ingresso pela metade para fazermos um caldeirão no estadio.Não me venham com estas promoções de venda de ingresso casadas que não adianta nada.
    A hora de encher estadio é agora.

  • Lauro Cirillo da Silva diz: 30 de setembro de 2015

    Sou favorável . Aqui ninguém vai e o clube faria uma reserva de dinheiro para enfrentar o longo inverno da série B em 2016,onde as cotas desabam

  • Pedro Alvinegro diz: 1 de outubro de 2015

    Parece-me que o presidente e o gerente de futebol são pessoas honestas e competentes, entendem de tudo menos de futebol. As contratações deste ano estão aí para comprovar. Montamos um time mais fraco que o do ano passado. Não se faz milagres com pernas de pau. Há tempos atrás, vi na TV o presidente dizer que o problema do Figueirense era de gestão. Ou seria indigestão?!

Envie seu Comentário