Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Tipo de torcedor que não agrega ao Figueirense

30 de outubro de 2015 1

Incrível como tem torcedor alvinegro querendo que tudo dê errado. Um muito conhecido do Continente que se diz Figueirense, mas que no seu entender nada do Scarpelli presta, prevê maus resultados e procura a mídia para destilar seu veneno. A solução é simples: muda de lado, brother.

 A fila anda

Apesar de não ser hora para se falar em transferência, é bom que o torcedor se lembre: saiu o goleiro Wilson, veio Tiago Volpi, que foi substituído pelo Alex Muralha. Faço essa comparação para que o amigo leitor saiba que os homens se vão e o Figueirense continua.

Bom para todos

Rumo ao Paraná, a equipe de Hudson Coutinho aguarda a hora do jogo decisivo. Uma vitória, junto da permanência na elite, aumenta a valorização dos atletas, a alegria dos torcedores e o treinador terá um começo vitorioso na sua careira.

É um tal de perde e ganha

Os resultados dos jogos têm surpreendido todos. Alguns clubes das primeiras posições já foram derrotados por quem está na reta final. Cada um defendendo seus interesses, uns não querendo ser rebaixados e outros disputando título ou uma vaga na Libertadores. Esse é o ingrediente de uma competição com pontos corridos, com emoções até as últimas rodadas.

Comentários (1)

  • João Frederico Herondino Leite diz: 31 de outubro de 2015

    Concordo em parte com teu comentário, sobre o torcedor que diz que tudo esta errado no clube. Conheço o torcedor mencionado e digo que esse cidadão já viu coisa que ate Deus duvida. Agora a nossa realidade é que temos um enorme potencial, e que a cada mudança de Diretória é uma mentirada é um monte de erros que assusta e irrita o torcedor, é normal. Tanto é verdade que com a vinda da atual diretória, a euforia era enorme, todos a favor, o numero de sócios aumentou muito, e hoje o resultado é uma queda assustadora. E isso não ocorre só no FIGUEIRA, o mundo do futebol é assim. Aqui pelo menos não se quebra veiculo da jogadores e dirigentes como por exemplo Rio/S.Paulo. Um outro detalhe, que se deve levar em consideração e a qualidade nas contratações, o que temos de come e dorme no clube é uma enormidade, e depois não adianta dizer que fazer futebol é caro.

Envie seu Comentário