Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Está chegando a hora

23 de janeiro de 2017 2

images (29)

Finalmente a bola vai voltar a rolar, faltam só dois dias e os novos jogadores entram em campo e vão mostrar a que vieram. Um resultado positivo traz de volta a confiança e aumenta a autoestima dos atletas. O que tinha que dar errado já aconteceu em 2016. Espero que este seja o ano das conquistas e isso só acontece com as vitórias. Se o plantel não tinha comprometimento, trocaram as peças e esperamos que dê certo. Hoje está faltando o camisa 10 e alguma outra peça pode ser providenciada durante as competições.

A maionese vai desandar

Somos de primeira, momentaneamente na segunda. O Leão é de segunda com rápida passagem na primeira. O vizinho está menosprezando a segundona, esquecendo que foi ali que seu time se promoveu. A história conta isso, quando eles chegaram a gente já estava. A Umbro foi usada pelo Alvinegro, eles só vão usar agora. Quanto a Adidas, enquanto eles não vestirem essa marca o homem do lado não vai dormir. E falando de futebol, nós perdemos um jogo-treino, já eles um jogo de verdade. Diria o manezinho: “ó cotchadu!”

Vamos aguardar

Aqueles que estão ansiosos para conhecer os novos uniformes do Figueirense vão ter que esperar. Enquanto os mantos não chegarem as camisas serão as mesmas da última temporada. Vale a pena esperar, as surpresas serão muitas, camisas, calções, meias, agasalhos de uma beleza sem igual.

Comentários (2)

  • BROTHER FIGUEIRA diz: 23 de janeiro de 2017

    Caro Ivens,

    Você que tem acesso junto ao Figueirense pede para atualizar a relação dos atletas profissionais de 2017 no site oficial do clube, haja vista que ali constam, ainda, todos os “malas” de 2016 que nos deram muita tristeza.

  • waltencir diz: 23 de janeiro de 2017

    estou com saudade de ver o meu time jogar e mais ainda de ver meu time ganhar e muito mais em ver o meu time ser campeão, depois do fracasso de 2016, então esta rapaziada tem a responsabilidade de colocar o figueira no caminho das vitórias e dos títulos que ele sempre esteve nos últimos anos, o único catarinense com DNA de série A.

Envie seu Comentário