Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

André Luís foi a nossa última contratação

19 de setembro de 2017 4

Sobre as prováveis contratações dos dois atletas pretendidos, eles dependiam de documentações. Por ser transferência internacional, o lateral Samuel Santos não será confirmado. Por outro lado, o atacante André Luís teve o seu nome publicado no BID e é jogador do Figueirense para esta temporada.

Está devendo

Tem um jogador no plantel com incrível número de títulos na carreira. Campeão Brasileiro nas séries B e C, Paranaense, Mineiro, Pernambucano, Cearense, Paulista, Copa do Brasil e Libertadores. Seu nome: Zé Love, com passagens por Santos, Cruzeiro, Genova, Siena, Coritiba, Goiás, Grêmio, Al-Shaab, Vitória e tantos outros. Ele não pode ter esquecido como se joga bola. Tem a seu favor a justificativa da delicada cirurgia que sofreu e está retornando.

Jogo-treino

Os jogadores que não viajaram para Porto Alegre participaram do jogo-treino ontem no Scarpelli. O Tubarão, que venceu o Criciúma, desta vez perdeu de virada para o Alvinegro com 2 gols de cabeça feitos por Naylhor e
Ty Sandows.

Jogos da esperança

Vencer o lanterna da competição é o primeiro desafio do Figueirense. Não podendo parar por aí, precisamos vencer o Criciúma na casa deles e o Paraná, no Scarpelli. Três vitórias possíveis para a nossa reação.

Comentários (4)

  • jcarlos diz: 19 de setembro de 2017

    Que triste meu caro Ivens, o que o Fiqueirense quer com jogador de série C. Esse André Luis vai resolver o problema do nosso time? Continuam nos enganando.

  • jeferson preto & branco diz: 19 de setembro de 2017

    Mais um atacante? Será que precisa? Se a bola não chega, não adianta. No futebol bem jogado e competitivo, o que manda é o meio de campo. Aí é que está o segredo e a interface entre a defesa e o ataque. Olhem só quantos atacantes temos: Jorge Henrique (sim, é atacante, e não meia), Zé love, Henan, Joãozinho e Luidy (não sei se é assim que se escreve). E agora o tal de André Luis, se é que eu não esqueci algum outro. Num jogo bastam 2 atacantes. Se o time tem bons meias, eles também fazem gols, às vezes até mais do que os atacantes. Lembram do Zico? Não precisamos exatamente de um Zico para uma série B, mas é para mostrar a importância de se ter bons meias. Eles é que fazem a diferença.

  • Beno diz: 19 de setembro de 2017

    Ivens, meu amigo, estou apavorado com nosso time. Estou pessimista, não consigo mais escutar aos jogos na rádio. Tudo esta tão ruim… estou sem esperanças. Esse CEO, metido a gostosão, chegou prometendo mundos e fundos e trouxe um pé torto do caramba. Acho que devemos fechar a casinha atrás e lutar pelo 1×0… Jorge Henrique e Zé Love não da mais… Marco Antonio é ruim demais, corre mancando… Henan é mascarado, nosso goleiro falta confiança, Marquinhos esta estranho…

  • torcedor revoltado diz: 19 de setembro de 2017

    Será ele mais um zé, aquele que reclamava dos salários, e agora tudo em dia, esqueceu o futebol nas nuvens. Com chance real de cair, 53% obrigação de vencer metade dos jogos. Estamos ferrados. O único consolo! jogadores passam, diretorias, promessas idem.

Envie seu Comentário