Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Não dá pra festejar

20 de fevereiro de 2017 0
Foto: Sirli Freitas/Chapecoense.

Foto: Sirli Freitas/Chapecoense.

No primeiro tempo a pressão foi dos donos da casa, que só não marcaram pelas grandes defesas do goleiro alvinegro. Apesar dos atacantes não estarem fazendo, Bruno Alves foi lá e fez gol de cabeça, o terceiro dele na competição. Já no segundo tempo, impedido, Rossi fez o gol do empate. Apesar de o Figueirense mostrar uma melhora, ainda não é um time competitivo que transmita confiança. É inadmissível, não temos o homem da bola parada e trouxemos um artilheiro que até agora não desencantou.

Menos, Chape, menos

A Chapecoense não é mais aquela equipe que jogava só na bola, hoje eles estão se achando e baixando sarrafo, cometendo faltas violentas, reclamando da arbitragem e dos atletas adversários.

Tá esperando o quê?

Quando escrevi que precisávamos de um goleiro e de um camisa 10, acho que goleiro já tem. O Thiago mostrou serviço e pode ser o titular, já o meia precisamos. Léo Franco está no mercado perto de fechar.

A caneta agora é do profi

Não podemos ter como titulares Dirceu, Josa, Morassi, Everton, Yago e Ermel. Dos que jogaram contra a Chapecoense, talvez só Thiago, Dudu, Bruno Alves e João Pedro tem condições de serem titulares. Os outros mostraram muito pouco.

Deixa de brincadeira honrem a camisa do Figueira

19 de fevereiro de 2017 1

Precisamos urgentemente recuperar a auto-estima e o nome do clube que já esteve entre os melhores do estado e destaque nacional. Hoje os catarinenses mais modestos passaram de fase na Copa do Brasil e o Figueira tropeça no primeiro obstáculo dando ao seu torcedor mais uma decepção das muitas que tem dado nos últimos anos. Nesse domingo novamente o torcer não pode explodir de alegria, foi pressionado, achou o gol na cabeça de um zagueiro e deixou escapar o resultado aos 47 minutos do segundo tempo. Vamos esperar que Marcio Goiano consiga dar a equipe padrão de jogo e voltar a ser o Figueira, Figueirão Figueirasso.

Vamos ver se melhora com as mudanças

18 de fevereiro de 2017 4

Talvez com troca do fornecedor, novos uniformes e treinador os jogadores acordem e comecem a jogar. O novo comandante deve reunir o plantel e perguntar: “Com quem posso contar? Quem quer fica, quem não quiser tem diversos portões de saída”.
Vencendo a Chape, com um tropeço da vizinhança e o clássico terá um tempero especial.

Recordista de permanência

Não tenho dúvidas de que o Marcos Vinicius foi recordista de permanência no clube, mesmo com as sucessivas derrotas ele conseguiu se segurar no cargo por todo esse tempo. Uma coisa tem que ser dita: ou ele é horrível ou o plantel não tem qualidade. Com a palavra os atletas. Tem toda a temporada para mostrarem seus valores. Que comecem já!

Tamo junto sempre

Mais uma vez o paciente torcedor vai abraçar essa causa e tentar, juntos, tirar esse time desse mau momento. Não exigimos 100% de vitórias, queremos comprometimento, jogadores vencedores e não atletas acomodados.

Mesmo enredo

Esse momento ruim vai acabar. Ano passado a vizinhança quase foi rebaixada no Estadual, no turno da Série B vinham aos trancos e barrancos e no fim as coisas se ajeitaram e subiram. Esse filme pode se repetir, só que a gente sobe e eles caem.

Márcio Goiano é melhor que o anterior

17 de fevereiro de 2017 13

Confesso esperava um treinador mais experiente, mesmo assim Márcio Goiano, que já treinou o Figueirense, é melhor que o Marcos Vinícius. Torço para que dê certo, mas além do treinador uma barquinha também tem que sair do Scarpelli. Se quiserem os nomes o torcedor conhece a lista de cor.

Triste, mas é Verdade

Hoje o torcedor alvinegro torce por um time que não tem absolutamente nada. A única coisa boa este ano foi perder para o
Rio Branco, só assim tomaram a atitude que já deveriam ter tomado no fim do ano passado.

Bom profissional

Ta aí um cara franco, seu nome é Léo Franco. Nunca escondeu o jogo, é do tipo “se sei digo
que sei”. Quando perguntado ele dá as respostas numa tranquilidade incrível. Quando está negociando, e é compreensível, não abre a guara para não prejudicar as negociações.

Aqui não se esconde o jogo

No ano passado tivemos R$ 13 milhões do Clayton, R$ 4 milhões do Muralha, R$ 4 milhões da Caixa e R$ 28 milhões da Globo – R$ 49 milhões no total. Com essa grana toda não fizemos um time vitorioso e fomos rebaixados.
Com a atual receita, que é mínima na Série B, ainda não temos goleiro, há anos não temos um camisa 10 e depender de Yago, Dirceu, Helder é sacanagem.

Marcio Goiano é o novo profi

16 de fevereiro de 2017 20

Trabalhando ligeiro o Figueirense já tem novo comandante, o nome dele é Marcio Goiano. Seja bem vindo.

download (23)
Demoro, mas perto das 2h da madrugada o Léo Franco anunciou a única coisa boa que aconteceu para o Figueirense: a saída do Marquinhos Santos do comando alvinegro. Que venha o próximo.

Chega!
Como defender o indefensável? O time não conseguiu ganhar, ou pelo menos empatar com o Rio Branco, que fez o seu primeiro jogo no ano. É uma vergonha o que torcedor está passando com essa campanha pífia no Catarinense e essa eliminação precoce da Copa do Brasil. E o Marcos Vinícius?
Tchau e bênção!

Manchetes desagradáveis

Não está fácil para o torcedor do Figueirense. Além do futebol deficitário, agora estão aparecendo notícias de dívidas nos direitos de imagem. Para quem enchia o peito e dizia que não devia nada aos jogadores, fica a dúvida sobre a administração. Se não bastasse isso, João Paulo, que mal chegou, já se machucou.

11 contra 11

As derrotas para pequenos não são privilegio do Figueirense, os outros clubes também perdem. O Corinthians perdeu para o Santo André, Palmeiras para o Ituano, Internacional derrotado pelo o Novo Hamburgo, Vasco para o Volta Redonda, e assim se prova que no futebol ninguém é imbatível. Mas para o Rio Branco é demais pra nós!

Que fase!

Ninguém merece tanto sofrimento. Não ganhamos nada ano passado, ainda fomos rebaixados. A vitória sobre o Tigre foi um suspiro. Quero ver o que será contra a Chape.

Figueirense longe de casa, lá no Acre

15 de fevereiro de 2017 1

Sem a TV os olhos não vêem, mas o ouvido escuta. Essa será a sensação no transcorrer do nosso jogo contra o Rio Branco, no Acre. Talvez longe dos zóiudos possamos colher um bom resultado. Para aliviar o sofrimento, só o Figueirense voltando classificado e eles eliminados. O clássico da redenção vem por aí, te cuida, Leão!

Capricha, rapaziada!

O torcedor exigia a presença de Bruno Alves na equipe, ele até fez gol, só que tanto ele como Dirceu deixaram a desejar. Não se pode admitir num cruzamento a bola passar entre os dois e sofrerem gols de cabeça por aquele setor. Mesmo assim o zagueiro Bruno, Dudu e Helder tiveram seus nomes na seleção da rodada, já os times da Série A não tinha nenhum atleta relacionado, né?

Feliz de quem tem calendário

Reclamar que não tem tempo para treinar é papo furado, todos os clubes lutam por calendário e quando tem reclamam. É só montar um bom planejamento, porque essas competições sempre trazem dinheiro para o clube.

Para, né, ô?!

Nos supermercados atacadistas se encontra garrafas de 500ml de água mineral por R$ 0,67. No Scarpelli essas garrafas custam R$ 5, preço de balada. Cobrando esse valor ajuda ainda mais a afastar o torcedor.

Não vai mudar o treinador

14 de fevereiro de 2017 6

Para aqueles que tinham a esperança da dispensa do treinador, podem esquecer. Wilfredo não querer cometer erros trocando cinco vezes como fez em 2016, e diz acreditar no profi. Se o trabalho do treinador é bom, será que os jogadores contratados é que são ruins? Léo Franco diz que foi isso que deu para contratar com receita de R$ 600 mil mensais. Barroso e Brusque têm orçamento que variam de R$ 50/70 mil e não conseguimos vencê-los. Torço para dar certo.

Figueira x Rio Branco

Da rapaziada que enfrentou o Criciúma só Zé Love não faz parte da delegação que enfrenta o Rio Branco, do Acre. Uma vitória ou mesmo um empate credencia o Figueirense para a próxima fase da Copa do Brasil.

Segurança no clube

O Figueirense mudou a empresa que presta segurança ao clube. Os responsáveis por revistarem os torcedores são mais educados e atenciosos. É proibido entrar com guarda-chuvas com pontas, mas eles não retiraram, e orientaram os mais idosos. Notei também que, como nas grandes arenas, seguranças ficam virados de costas para o campo e de frente para os torcedores. Preocupados com possíveis manifestações, o Batalhão de Choque da PM se fez presente sem necessidade de intervir. A torcida organizada Gaviões fez seus protestos só com palavras e gestos.

Vencemos, não convencemos

13 de fevereiro de 2017 14

images (55)

Vencemos por 4 a 2 só que o torcedor ainda não tem motivos para festejar. Se nosso ataque não faz o zagueiro e os volantes fizeram. Nosso time é covarde nos escanteios e nas faltas pela intermediária nossa área era povoada por 19 atletas ficando só um zagueiro o goleiro deles atrás. Não podemos esquecer que aconteceram boas defesas do Tiago e gols anulados do adversário. Até concordam que os gols foram irregulares, mas precisamos tomar cuidado com as falhas da nossa zaga. Sem esquecer a “ajutora”. Essa vitoria acaba ajudando a vizinhança, então não gostei.

Festa das camisas
Muito bem sacada a ideia do marketing trazendo Edmundo de helicóptero vestido de piloto e com a nova camisa sendo apresentada. Com certeza deve ter ficado decepcionado com os poucos torcedores que compareceram em represaria aos maus resultados. A camisa é belíssima de muito bom gosto assim como os materiais de treino e passeio. Mudou o patrocinador o modelo da camisa esperou que mudassem também os resultados no campo de jogo.

Dudu a grata surpresa
Vi alguma evolução e alguns destaques, Tiago fez belas defesas, Dudu o melhor do jogo, Josa esteve bem, Bill esforçado segura bem a bola, mas ainda não fez seus gols. O time foi aplaudido na entrada em campo já seu treinador foi apupado na entrada e na saída de campo. Marcos Vinicius falou que a equipe ainda não se encontrou, e eu pergunto vai se encaixar quando?

Na noite chuvosa 4 a 2 para o Figueirea

12 de fevereiro de 2017 0

Acabamos de chegar do Scarpelli vimos um jogo de 6 gols. para felicidade da galera alvinegra finalmente a vitoria foi do time da capital dos catarinenses. Mesmo com a vitoria Marcos Vinícios continua no comando da equipe contrariando a maioria do torcedor alvinegro. O próximo compromisso e no meio da semana pela copa do Brasil, uma vitoria por qualquer numero de gols ou mesmo um empate passamos para outra fase da competição. Maiores detalhes na nossa coluna Paixão Alvinegra dessa segunda feira.

O sentimento da galera

11 de fevereiro de 2017 6

Cadê o nosso Figueira, Figueirão, Figueiraço? Por onde anda o Furacão? É uma vergonha, com esse time não vamos chegar a lugar nenhum. Mal começou a temporada e já está na hora da faxina. Ou tomem uma atitude ou a catástrofe poderá
ser pior. O torcedor alvinegro está se mostrando o mais racional possível, em qualquer outro estado o comportamento poderia ser diferente. A única represália está sendo a não ida ao estádio.

Atuações diferentes

Algum torcedor tem esperança de um bom resultado domingo? Claro que o torcedor quer a vitória e ela pode até acontecer, mas não mostraram nada para que isso aconteça, até porque esse turno já foi pro brejo. No lado de lá, a vizinhança está mais boba do que filho de curió e tem motivos para isso: estão vencendo e o maior rival está sendo o saco de pancadas da competição.

Pó para!

Quem é o responsável pelas indicações dos atletas contratados? Branco, Marcos Vinícius ou Léo Franco? Por tudo que eles têm mostrado, Dirceu, Leandro Almeida, Helder e Everton não nos dão o mínimo de esperança. Os zagueiros chegando atrasados e deixam claro que Bruno Alves e Marquinhos devem ser os titulares. Acontecendo a saída do treinador, vale repensar o nosso elenco.