Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Nosso esquema é covarde

30 de maio de 2016 5

Vinícius é um treinador covarde e tem uma parcela de culpa. Jogar com três volantes e deixar Marquinhos no banco é um erro. Apesar de não estar jogando, Carlos Alberto acertaria esse meio no lugar do Bady. Gatito me provou que não é mau jogador, mas é preciso aperfeiçoar saída de gol e cortar os cruzamentos, coisa para os dois treinadores da posição o ajudarem. Se bem que eu preferia a contratação de outro goleiro, já que dos cinco que temos nenhum é de Série A.

Acendeu a luz vermelha

Uma série de três empates e uma derrota para o lanterna é de preocupar. São Paulo, América-MG e Flamengo são os próximos adversários. Não quero chegar à semana do aniversário do clube estando na zona. Não foi isso que o presidente prometeu.

Hoje tem novidade

O atacante Lins será apresentado hoje, às 14h30min, no CFT. Werley, Marlon e Renato poderão ser opções para o jogo contra o São Paulo, quarta-feira. Os que não aproveitaram as oportunidades poderão dançar, assim como o treinador, na dança
das cadeiras.

Fogo de palha

Com uma simples vitória parece que foram promovidos. Venceram o Vovô e já estão pensando ser o Real Madrid. Nós estamos mal na tabela, mas vamos virar a página.

Na derrota de 2 X 1 para o Atletico-PR só Bruno Alves se salvou

29 de maio de 2016 7

Avaliação individual dos jogadores nesta partida

Gatito Fernandes fez algumas boas defesas, provou não saber sair do gol nos cruzamentos, não evitou a derrota nota 6

Ayrton já mostrou ser bom jogador, esta se adaptando ao grupo ainda falta entrosamento nota 6

Bruno Alves o melhor da defesa, sempre seguro e com muita vontade além do gol que fez nota 8

Jaime esforçado, somente esforçado. Cometeu o pênalti contra o Santos também não foi bem contra o Atlético nota 4

Marquinhos Pedroso facilmente envolvido, deixa um buraco nas costas e também não vem bem nota 5

Elicarlos nesse jogo cometeu uma serie de erros, não foi o mesmo de outras jornadas nota 5

Jocinei faz uma jogada espetacular e a seguir uma bisonha, somente regular nota 6

Michael Ortega entrou, mas precisa de jogo, não esta fazendo jus a fama que veio nota 5

Ferrugem: motivado pelo esquema empregado caiu assustadoramente de produção nota 6

Dudu deveria entrar jogando e formar um trio com Rafael e Ermel nota7

Bady outro que por força do sistema caiu de produção nota 5

Ermel com Rafael Moura tiveram oportunidades de fazer o gol, se esforçaram talvez os mais lúcidos da partida a nota para os dois 7

Treinador Vinicius: acho que esta com a corda no pescoço, mais um mal resultado e teremos novidades no Scarpelli nota 4

Entre o céu e o inferno

28 de maio de 2016 3

Até a quarta rodada só quatro clubes conseguiram duas vitórias, 11 ganharam uma e outros cinco ainda não venceram. Menos mal, ainda não perdemos, mas precisamos do resultado positivo, que deverá acontecer neste sábado contra o Atlético-PR,
na Arena da Baixada, em Curitiba.
A competição começou e não dá pra bobear, o Figueirense precisa pontuar, já que o furacão do Paraná está no Z-4 e quer transferir para o Furacão do Estreito a posição.

Escalação na boca do povo

Há quem diga que no Brasil tem milhões de técnicos e que cada torcedor tem seu time de preferência. Com os atletas selecionados para viagem, eu sairia com: Gatito; Ayrton, Marquinhos, Bruno Alves e Pedroso; Elicarlos, Jocinei, Bady e Ferrugem; Rafael Moura e Ermel ou Dudu. Na verdade, a previsão de retorno do Carlos Alberto seria para esse jogo, mas mais uma vez foi adiado. Como diria o manezinho: Sangrei contigo, ô!

O vizinho cheio de graça

Seca o Figueirense e esquece que seu time esteve na porta da zona no Estadual, foi rebaixado para a Segundona do Brasileirão e não tem cacife para formar um grupo, pois o jogador fica sabendo da situação financeira do clube se nega a vir para o sul da Ilha. Sendo assim, sua única satisfação e torcer pelos outros.

Em busca dos pontos perdidos

27 de maio de 2016 0

Quando Vinícius Eutrópio fala que nosso time esta em formação, é verdade. Ainda estamos contratando e espero que os que mostrem serviço e honrem a camisa do Figueira. Criticar é fácil, mas quem está no dia a dia com jogadores é ele e precisamos respeitar. Para o jogo do fim de semana, Eutrópio vai promover mudanças na escalação. Suas decisões, mesmo que eu não concorde, tenho que respeitá-las. Espero que suas opções sejam acertadas e a gente vença a primeira.

Temos que ficar de olho

O Campeonato Brasileiro da Série A é formado por times nivelados, e alguns vão surpreender. Até e a terceira rodada ninguém fez 100% de aproveitamento. Nossos clubes precisam ficar ligados, porque para certos árbitros as cores das camisas influenciam no seu trabalho. Não estou falando pelo Alvinegro, mas também pela Chapecoense. Em Florianópolis, o Santos precisou de dois pênaltis. Quando aconteceu um para nossa equipe o árbitro não deu. No Rio de Janeiro, no apagar das luzes, o juiz assinalou uma penalidade em favor do Flamengo contra a Chapecoense. Ao contrário ele não daria.

Ninguém é imbatível

Vamos esquecer as arbitragens e a dimensão dos adversários. Ninguém é mais homem que ninguém, é 11 contra 11. Tá na hora de jogarmos mais!

Fomos garfados outra vez

25 de maio de 2016 7

O todo poderoso Santos e o espalhafatoso treinador Dorival Júnior, que também quis bandeirar e apitar a partida, pra somar ponto teve que ter dois pênaltis a favor. Não vou discutir as penalidades dadas para eles, mas sim as faltas invertidas e o pênalti a nosso favor que não foi dado.

Vinícius esteve bem

Tirou Jocinei e colocou Ermel, Bady saiu deu o lugar para Ortega e Guilherme Queiroz saiu para Dudu. Não podemos negar, no cruzamento do Dudu é que saiu o gol de empate do pequeninho Ermel. Dudu também provocou expulsão do santista. Então não adianta fazerem campanha contra o Vinícius, ele mudou e deu certo.

Panorâmica do jogo

O Figueirense foi envolvido até quando o adversário fez o segundo gol, daí partimos pra cima e conseguimos o empate na raça. Gente, o Figueira está disputando a Série A, não estamos jogando contra CRB, Luverdense, Oeste, Tupi…

 Além das fronteiras

O engenheiro mecânico Fernando Luiz Vieira me abordou no Scarpelli, terça-feira, perguntando: “você é o Ivens?”. Com minha afirmação, falou que reside em Vitória (ES) e acompanha nossa coluna diariamente pela internet. Assim como ele, tem gente até na República Tcheca nos lendo, como o Wladimir.

Figueirense x Santos: a calma do mineirinho

25 de maio de 2016 0

Conversando rapidamente com o treinador Vinícius Eutrópio, ele me transmitiu seriedade, calma, determinação e conhecimento. Quando perguntado quando vai usar os novos contratos, acha que tudo tem seu tempo e o jogador tem que conquistar seu espaço. Independente do nome, não vai descer do avião e logo jogar.

Espiadinha

O treinamento para o jogo de hoje foi fechado, mas dei uma olhadinha. Pelo posicionamento dos atletas deu para notar Ayrton na lateral. Essa é a dúvida do treinador, sai com ele ou com improvisado Jefferson, que vem crescendo.

Empate da base

Na fria tarde de ontem o sub-20 do Figueirense empatou com o Botafogo em 0 a 0. O placar não diz o que foi o jogo. Temos um time bem treinado, que não dá chutões e sabe sair jogando. Criamos as oportunidades, mas não fizemos. Mesmo assim fomos superiores ao time da Estrela Solitária.

Lamentável

Os clubes precisam saber montar a equipe, ter bons jogadores e também um pouco de sorte. Ninguém quer, mas as contusões são inevitáveis. O Figueira tem vários atletas que só poderão voltar na próxima temporada. A vizinhança também perdeu Vinicius Pacheco, recém-contratado. Não desejamos isso pra nós e nem para os atletas dos clubes rivais. São todos seres humanos e profissionais.

Caprichar desde o começo

24 de maio de 2016 2

Não perdemos, não ganhamos, só empatamos. Uma derrota e uma vitória seria melhor que dois empates. Estamos com dois, mas poderia ser quatro pontos. Mesmo sem Lucas Lima, Ricardo Oliveira e Gabigol, o Santos não deixa de ser um grande desafio. Vencer o Peixe daria tranquilidade, porque daqui para frente é só briga de cachorro grande.

Queremos fazer bonito

Claro que prefiro elogiar, mas neste ano vou ser enérgico nas críticas, assim como sempre fui correto nos elogios. Se o presidente prometeu lutar na frente da tabela, vou cobrar insistentemente. Vamos nos promover de coadjuvantes para artistas principais.

Acordem!

Precisamos dar uma sacudida nos acomodados. Dodô, Carlos Alberto, Ortega, Everton Santos e os sem condição física. Será que no mercado não se encontra um jogador bem fisicamente e de boa qualidade técnica? Esses jogadores não podem dizer que vieram nos reforçar, pois até agora ninguém sabe, ninguém viu.

Exagerou

Para o jogador Tatá, do lado de lá, o torcedor deve só aplaudir e não apupar. Depois de ter feito o gol da vizinhança, foi em direção a torcida, deu uns bicos no alambrado, que poderia ter quebrado, cobrando incentivo da galera.
Tatá, vai ti catá!

Caras novas no Scarpelli

23 de maio de 2016 1

Lins, Marlon, Renato Augusto, Airton, são os nomes das futuras peças a disposição do Vinicius. Espero que venham para jogar e não para frequentar departamento medico como muitos vieram e não jogaram.

Gostei do que vi
No jogo contra o Cruzeiro no primeiro tempo alvinegro se postou recuado parecia ter medo do adversário. No segundo mais bem postado em campo em nove minutos quatro escanteios e o segundo gol do He Man. Infelizmente depois de uma desatenção total tomamos um gol e sedemos empate.
O placar poderia ser maias dilatados, as duas equipes tiveram inúmeras chances de ampliar o placar. Um resultado que poderia ser melhor, mas aceitável pelo desempenho e a evolução da equipe.

Gatito quase perfeito
Pra mim aconteceram dois lances duvidosos alguns árbitros assinariam pênalti a nosso favor, só tenho a lamentar que Gatito que fez belíssimas defesas só que no segundo gol olhou, no mínimo deveria esboçar uma defesa e a bola morreu lentamente no fundo da rede.

Vizinho desapontado
Vinícius acertou nas mudanças efetuadas, toda vez que tira u volante coloca um atacante a equipe sobe de produção. No Mineirão depois das mudanças quase Rafael Moura fez o terceiro que para o desespero do vizinho poderia musica no Fantástico no lugar do Willian como ele tanto queria.

Veja a seguir avaliação individual dos atletas no jogo do Mineirão

Analise individual dos atletas Figueirense 2 X 2 Cruzeiro

22 de maio de 2016 1

Gatito poderia ser o jogo da afirmação e da confiança. Fez belas defesas tomou um gol Mandrake nota 7

Jefferson fez belos cruzamentos um inclusive resultou em gol, mas esta sendo sacrificado não é lateral, não esta bem na posição nota 6

Bruno Alves esse é a grande revelação do Figueirense, um dos melhores em campo, sempre muito regular nota 8

Jaime esta me surpreendendo pela vontade, não seria ele meu titular, se saiu bem nota 7

Marcos Pedroso melhor no apoio que na defesa, nesse jogo se saiu bem nos dois quesitos nota 7

Elicarlos Ferrugem algumas contratações são criticadas, mas esses dois são excelentes volantes e formam uma dupla muito boa aos dois, nota 8

Dudu como sempre entrou aprontou uma correria, com pouco tempo merece nota 7

Jocinei chuta forte, bom jogador, certo momento displicente deixando o time em maus lençóis nota 6

Bady jogando na posição de origem cumpriu bem seu papel nota 7

Ortega não teve muitas oportunidades e ainda não mostrou que deve ser titular nota 6

Guilherme Queiroz enquanto teve fôlego foi ótimo nota 6

Ermel no pouco tempo que teve infernizou a defesa estrelada que só pararam o jogador na porrada nota 8.

R. Moura fez o que dele se espera gols, muito bom na cabeça por pouco não fez o terceiro nota 10.

Cruzeiro x Figueirense: hora de mostrar serviço ao vivo

21 de maio de 2016 3

Uma vitória alvinegra no belíssimo Mineirão vai dar a Vinícius Eutrópio crédito aos muitos que ainda não acreditam no seu trabalho. A competição mal começou, empatamos a primeira e o treinador ainda não teve todo o time à sua disposição, mesmo assim conselheiros, torcedores até alguns diretores ainda não botam fé no professor.
Lembro que quando Jorginho trabalhou por aqui foi muito criticado e depois teve o trabalho reconhecido, indo muito bem, por sinal.

Fotos históricas

Alguns dos atletas que passaram pelo Figueirense foram fotografados para ficarem na história alvinegra: Hamilton, Carlos Alberto, Trilha, Balduíno, Sérgio Lopes, Genilson, Djalma, Almir, Peçanha, Sandro Ventura, Marcos Cavalo, Eutrópio (como ex atleta) e tantos outros que fizeram a alegria do torcedor.

Outra modalidade

Como no futebol o time do vizinho está meio barro, meio tijolo, quem sabe mudam de modalidade esportiva. Com seu bairro alagado, talvez se formarem um time de pólo aquático o Leão se daria melhor do que no futebol.

A base fazendo bonito

Pelo Campeonato Brasileiro Sub-20, o Figueirense empatou com o Corinthians no meio de semana, fora de casa. Na próxima terça, à tarde, a rapaziada enfrenta o Botafogo no Scarpelli. Vamos todos prestigiar a nossa base.