Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Um jogo diferente

26 de setembro de 2016 2

download (19)
Ayrtom e o gol relâmpago

Publico composto de senhoras senhores, senhoritas, jovens, adolescentes e crianças, um jogo da família num domingo de manha. Publico um pouco mais que sete mil espectadores viram o gol meteórico do Airton e dois belos gols do Lins. Ai foi só alegria, se via na saída do estádio o sorriso estampado nos felizes torcedores alvinegros.

Gol relâmpago
Foram necessários somente 28 segundos para o inicio da vitoria alvinegra o jogo foi fluindo normalmente, os gol de Lins aliviaram de vez o ansioso torcedor que apoiou dês da chegada dos atletas até o apito final. Já se viu algumas jogadas ensaiadas, algumas triangulações um time de cara novo e saída da zona.

Apito inimigo
Vencemos, portanto não é choro de perdedor, se o Branco veio para isso o arbitro e seus auxiliares continuam aprontando. Paulo Scheich deve ter alguma coisa contra o He Man que recebia faltas e não eram apontadas e em qualquer dividida sua ele dava infração contra nossa equipe.

A união faz a força
Incrível admiração e o respeito que até os adversários tem com Marcos Vinicius nosso treinador. Todos queriam abraçá-lo até Leo Moura com jogo em andamento fez questão de apertar sua mão. Outro detalhe é a união do grupo nos gols todos chegaram até a invadir o gramado para as comemorações.

Avaliação da nova postura do Figueirense em campo

25 de setembro de 2016 1

trevo de 4 folhas
Na vitória sobre o Santa Cruz o time começou a achar o rumo

Gatito Fernández: essa é a verdadeira história da transformação da água para o vinho. Muito criticado, trabalhou e está conquistando seu espaço. Não foi muito exigido, mas quando chamado se apresentou bem nota 7

Ayrton: além do gol relâmpago, esteve bem na partida. Muito bom no apoio ao ataque, algumas vezes na defesa deixa a desejar, mas nada que com um bom esquema de jogo não corrija, nesse jogo sua nota 7

Bruno Alves: preciso como sempre, muito bem no desarme nota 8

Werley vem se firmando substituindo bem o titular Marquinhos nota 7

Pará deve estar ganhando a posição, não comprometeu nota 7

Jefferson quando o resultado é a nosso favor os defeitos quase não aparecem. Esteve bem na partida e não comprometeu nota 6

Renato tinha que ter alguém ruim no time, um dia é Maurides e agora Renato, o único erro do treinador, Ferrugem deveria ser titular nota 4

Elvis não foi de todo ruim, eu esperava mais desse atleta nota 6

Everton Santos entrou no segundo tempo, teve alguns lampejos, pouco para o momento nota 5

Dodô se movimentando mais, aparecendo para o jogo, melhorou, só que pode render mais nota7

Ermel sem tempo para avaliação

Lins fez dois belos gols está voltando agora à equipe e vai render mais, nesse jogo foi o destaque nota 9

Ferrugem deveria ter entrado jogando, quando entrou não teve tempo para mostrar nada.

Rafael Moura muito esforçado, se doando totalmente ao time, não fez gol, mas contribuiu com a vitória nota 7

Técnico: Marcos Vinicius teve uma boa estreia, seu único erro foi na escolha do volante nota 8

Vamos lotar o Scarpelli contra o Santa Cruz

24 de setembro de 2016 2

O ano todo recebi reclamações sobre os preços dos ingressos, mas para o jogo contra Santa Cruz não tem desculpas: a pipoca e o refrigerante custam mais caro que o ingresso. Não vou pedir muito, acho que desta vez o público estará na casa dos 10 mil. Podemos não ter o time dos sonhos, mas temos a maior torcida, Vamos provar isso.

Pra frente!

Na entrevista de apresentação do novo treinador, o presidente Wilfredo e o Cleber Giglio estavam carrancudos, uma prova que a preocupação com a falta de bons resultados não atinge só os torcedores, a diretoria também teme os resultados. Sem olhar a dimensão do clube que iremos enfrentar, vamos partir para vitória sem medo de ser feliz.

Futuro

O caminho da permanência representa a continuação do projeto alvinegro. As tratativas para a arena vão sair da prancheta, o uniforme terá três listras, as cotas de TV e os patrocínios garantem a receita. Arrancando os três pontos representa um 2017 de realizações.

Profi pé frio

Acho que o Argel é pé frio. Todo time que ele dirige vai parar na zona ou perto dela. Foi assim com o Figueirense, Internacional e agora com o Vitória. Também pudera, ele que indicou Maurides e o Diego Torres: um é ruim o outro ainda não vi jogar.

Deus ajuda quem trabalha

23 de setembro de 2016 1

No Orlando Scarpelli e no CFT do Cambirela o que se vê é muito trabalho sob o comando do técnico Marcos Vinícius, com todos se esforçando para conseguir a confiança do profi. Trabalhos táticos, técnicos, preparação física e muita conversa para ajudar tudo. Todos estão se preparado para o jogo e conseguir um lugar ao sol. Nessa arrancada final estão todos estão querendo mostrar serviço e conseguir a titularidade. Mesmo antes da sua estreia, vendo jogo do seu ex-time contra o Internacional, vi o Fortaleza sem estrelas, mas esforçados e muito bem treinados. O time soube jogar bola.

MUDANÇA NO TIME

Além de um novo sistema tático, o volante Josa, alcunha de Joseilson Batista dos Santos, deverá fazer sua estreia como cabeça de área, com Pará na lateral no lugar do suspenso Pedroso. A grande surpresa poderá ser o retorno He-Man. O artilheiro poderá ficar no banco junto com Lins, já recuperado e à disposição.

SAINDO DA ZONA

Não tenho dúvidas de que o torcedor do Figueirense fará a festa no Scarpelli, com a alma lavada vendo o seu time finalmente vencer e saindo da zona do rebaixamento. Será o jogo da família, no horário diferenciado das 11h, com preços ao alcance de todos. Quem estiver com a camisa do clube paga R$ 20 e o sócio pode levar um convidado de graça. Vamos todos apoiar!

Eu não joguei a toalha, Figueirense!

22 de setembro de 2016 6

Vou comprar essa briga. Chegou a hora de dar trégua às criticas e botar fé num futuro melhor do nosso Figueirense. Começamos sem jogo no meio da semana, contribuindo com Marcos Vinicius e dando mais tempo para implantar sua filosofia de jogo.
Será a 27ª rodada e uma vitória dá ao torcedor um novo ânimo, e aos jogadores garante mais fôlego para alcançar os objetivos. Fazendo três pontos sairemos da zona, depois vai ser só manter a regularidade.

É agora ou nunca

Nas conquistas é comum os atletas acertarem premiações, os chamados bichos. Aí fica a pergunta: nas derrotas quem paga os prejuízos do clube? É fácil dizer “vamos levantar a cabeça”, “trabalhar mais”, “partir para outra” ou “põem na minha conta”. Perder uma, duas, três, tudo bem, mas já são 10 derrotas e 10 empates! Vamos virar essa página e buscar de novo os
bons resultados.

A união faz a força

Além de bom trabalho do novo treinador, o empenho dos jogadores e a participação do torcedor, precisamos também de um pouco de sorte. Que as arbitragens não cometam tantos erros. Não falei nada para não dizerem que é choro de perdedor, mas os dois pênaltis a favor do Mengo não aconteceram. O segundo foi centímetros fora da área e o primeiro só os torcedores deles que conseguiram ver.

Papo com o jovem treinador

21 de setembro de 2016 3

Estive na apresentação do treinador Marcos Vinicius (neste espaço não se escreve mais Marquinhos Santos). Ao efetuar a pergunta do que teria para dizer ao ansioso torcedor, foi rápido: “Os dias vão ser mais longos, as noites mais curtas e os trabalhos mais intensos”. Ele quer um time de raça, empenho, determinação e atacando sempre. Apesar de novo, disse já ter passado por duas situações piores e conseguiu êxito. Viu potencial na equipe e quer 110% de dedicação.

Preparativos para a recuperação

Depois da apresentação observei o belíssimo gramado e os atletas no aquecimento. Duas coisas me chamaram atenção: a ausência do Gatito, que soube que foi ao Paraguai resolver problemas particulares e retorna hoje, e He-Man, ao lado do fisioterapeuta Kimura, dando voltas no gramado surpreendendo com sua rápida recuperação. Aos poucos as coisas vão voltando ao seu lugar.

A luta continua

Nossos olhos já estão voltados para o Santa Cruz, adversário na próxima rodada. Eles enfrentam hoje o Independiente de Medellín, pela Sul-Americana. Apesar de estarem atrás do Figueira na tabela, possuem um bom toque de bola e bons jogadores como Keno, Grafite, Mazinho, o veterano Léo Moura e um bom goleiro. Esse jogo poderá ser o trampolim para tirarmos a inhaca.

Marquinhos Santos é o quinto técnico do ano no Figueirense

20 de setembro de 2016 5

Mais uma aposta, mas com uma probabilidade maior de acerto. Deixou o Fortaleza na reta final. Marquinhos Santos é um jovem de 37 anos com currículo da base do Atlético-PR, Coritiba e seleções brasileiras. Conseguindo a façanha da permanência com o Alvinegro, além de se consagrar, vai continuar com o projeto já para 2017. A diretoria se curvou na pedida salarial e concordou com a vinda de seu auxiliar. Resta saber se Coutinho e Tuca permanecerão.

Se não tem tu, vai tu mesmo

A apresentação do profissional é hoje à tarde, no Scarpelli, e logo em seguida começam os trabalhos do novo treinador. A esperança é de que os jogadores consigam assimilar o trabalho pra acabar com essa falta de bons resultados. Em uma pesquisa feita pelo GloboEsporte.com, 75,26% dos internautas afirmaram não gostar do nome escolhido. Acho que essa não é hora de remarmos contra. Eu preferiria o Muricy, só que a receita não permite tal despesa. Então vou torcer para que dê certo.

Descontentamento

O Figueira precisa urgentemente mudar esse panorama, estou cansado de emitir críticas. O primeiro passo foi dado mudando o treinador, mas agora é a vez dos jogadores mostrarem atitude e virarem essa página. O descontentamento é geral.

Marquinhos Santos é o novo técnico do Figueirense

19 de setembro de 2016 13

O presidente anuncia hoje o nome do novo treinador, que já está acertado e é o Marquinhos Santos, do Fortaleza, como eu suspeitava e que foi confirmado pelo amigo Roberto Alves. Conversei com um influente diretor que não me disse o nome para não passar por cima do presidente.

tuca, vai te catar!

Com o time que ele colocou em campo não é nem para voltar a ser auxiliar. De onde ele desencantou o Marlon, inventou Werley de volante, deixar Ferrugem no banco e, o pior, colocar Maurides? Com todo o respeito, ele está brincando com a paciência do torcedor. Vendo a relação dos que viajaram para jogar no meio tinha Dodô e Elvis, mas os titulares foram Bady e Yago.

Para o ataque levou Maurides, Índo, Ermel e Rafael Silva, estes dois últimos para serem titulares. Mas ele foi de Maurides. Sacanagem. O cara chutou uma bola que foi parar na bandeirinha de escanteio, e só.

O pulso ainda pulsa

Por incrível que pareça, mesmo com a derrota contra o Flamengo, uma vitória sobre o Santa Cruz, domingo, ainda pode fazer o Alvinegro respirar. Depois dessa derrota esperamos que sejam tomadas providências pra arrumar esse time que esta a Deus dará. O presidente prometeu que iríamos formar o melhor time dos últimos anos, mas estamos com um time perdedor, disputando
para não cair.

Nota 10 só para o torcedor alvinegro que se fez presente no Pacaembu

18 de setembro de 2016 2
Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Foto: Gilvan de Souza/Flamengo

Uma avaliação dos atletas no jogo Flamengo 2 X 0 Figueirense

Gatito antes tão criticado, inclusive por mim, nos últimos jogos é o atleta que se destaca pegando inclusive penalidades máximas. Nesse jogo sem dúvidas foi o melhor nora 9.

Ayrton não deixa de ser um bom jogador, defensivamente é um desastre, na armação e no ataque razoável nota 5

Nirley não comprometeu e também não se destacou, apenas razoável nota 5

Bruno Alves zagueiro que vinha sendo o destaque, mas foi entre ele e o Pedroso que saiu o primeiro gol nota 6

Pedroso há tempo que o torcedor tem pedido sua saída, apesar de não ser um destaque não tem nada melhor para substituí-lo. Tem levado bolas nas costas é facilmente envolvido nota 4

Werley é um jogador que tem seu valor, só que esta se achando o rei da cocada. Entrou na equipe por pressão, esteve perdido na frente da zaga nota 4.

Jefferson esforçado, apenas esforçado, é difícil vê-lo com a camisa do Figueirense, o pior que é sempre prestigiado nota 4

Yago foi uma das muitas escolhas erradas do treinador, não fez absolutamente nada nota 3

Ferrugem foi uma boa contratação, jogador de muita vontade e comprometimento, só não sabe dosar as energias querendo resolver sozinho acaba prejudicando a equipe nota 6

Bady esse menino tem vontade. Assim como muitos do plantel é jogador para segunda divisão nota 4

Elvis entrou tarde demais, quando o jogo já estava decidido e não deu mais tempo pra reação nota 4

Marlon, muito prazer…. eu nem conhecia esse jogador que o treinador desencantou. Não mostrou qualidades para entrar jogando nota 3

Rafael Silva deveria ter entrado jogando, entrou no final sem mais nada a fazer nota 3

Maurides não querendo ser maldoso, não tem cacoete de jogador de futebol. 90 minutos e um chute ridículo nota 2

Flamengo x Figueirense: sonhar com o milagre no Pacaembu

17 de setembro de 2016 6

Num horário que muitos atletas não gostam vamos enfrentar o Flamengo, no Pacaembu. Será que poderemos sonhar com um milagre? Sim, só um milagre poderá alavancar esse time que até o momento não tem nos dado muitas esperanças.

Cálculos

Se existem 39 pontos para disputar, somando aos 28 que temos, se buscarmos cinco vitórias e três empates, num total de 18, será suficiente para evitar a queda. Então vamos acreditar até o fim. A permanência na elite dá ao clube e a possibilidade de alguns patrocínios já encaminhados.

Só nos resta torcer

O simpático e acolhedor Pacaembu será o palco do espetáculo deste domingo. O jogo vai ter casa cheia, todos os ingressos vendidos. A arbitragem será de Luís Flávio de Oliveira (FIFA), um dos melhores do quadro da CBF. Vamos torcer para que o Figueirense faça uma boa atuação e que aconteça a surpresa de vencer o vice-líder. Até segunda-feira, amigos: com boas ou más notícias.

Chegando em cima da hora

No último dia de contratações, sexta-feira, o Figueirense anunciou a contratação do volante Josa (que não se lê “jóça”, por favor). Ele começou em Portugal, tem 31 anos, e neste ano defendeu o Mogi Mirim e estava no Água Santa, de São Paulo. Que seja craque!