Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de outubro 2011

Não agarramos

31 de outubro de 2011 9

A derrota era o mais provável entre os resultados no Pacaembu, porém a oportunidade apareceu tanto para vencer como, no mínimo, para pontuar. Novamente, deixamos escapar. O primeiro tempo beirou a perfeição, com o Avaí não aceitando a pressão do Corinthians, marcando em cima e longe de sua área, mas, além de sairmos na frente, poderíamos ter ampliado com William, de cabeça. Um pequeno sufoco, mais pelo embalo da torcida, no fim da etapa, não modificou o placar. Quando, no início da etapa final, Lincoln, que não reeditou suas melhores atuações, sofreu falta que culminou na expulsão do adversário, tudo parecia caminhar para o “crime”. Até surgir o grande vilão da temporada, a “virada”, e modificar o escore a favor dos paulistas, que ainda assim não sofreram o empate por falta de tranquilidade dos nossos atacantes na hora de concluir.

Diferentes visões

Só o Galo venceu e ainda estamos na luta. Em casa, não pode haver o mínimo deslize, ainda que, ao menos, uma vitória fora tenha que acontecer. Aí é que está o dilema: esse resultado já pintou na nossa mão e não concretizamos, mas estamos dando indícios que ele virá. Quero crer que a visão mais otimista esteja para ocorrer a qualquer momento.

Sobreviver

Ceará é jogo de seis pontos. Caldeirão precisa ferver para manter o sonho.

Golias

29 de outubro de 2011 14

Apesar do segundo lugar, o Corinthians é o maior favorito ao título nacional, graças ao seu elenco e aos jogos faltantes. Nada diferente do primeiro turno. Mesmo assim, eles sucumbiram na Ressacada. Vale lembrar que, na reta final, os times da parte de baixo costumam complicar e conquistar resultados pouco prováveis. Nessa expectativa, o Avaí vai ao Pacaembu para dar uma rasteira no Timão, que lá por suas bandas é visto como o Golias desse desafio. Cabe ao Leão reescrever a história!

Imagina se fosse forte

Ninguém esconde a má campanha do Leão, porém, o jornal paulista que definiu nossa equipe como “o fraco” deve ter levado em consideração apenas a tabela atual, já que a história dos confrontos entre o Avaí e Corinthians, ou até mesmo no único jogo entre ambos neste ano, deixaria muita gente em dúvida de quem realmente é o Timão!

Oficial

O vizinho precisa saber que a Copa Mercosul de 1995 não é reconhecida em nenhum lugar do planeta, e muito menos pela Conmebol. Quanto à Sul-Americana, admito que devam participar novamente, porém, ir além da fase nacional, ou seja, viajar pelo continente valendo três pontos ainda é um sonho distante do Alvinegro. Passaporte oficial e carimbado, entre catarinenses, apenas o Criciúma, de 92, e o Avaí, de 2009.

Alma e coração

28 de outubro de 2011 1

Emocionante a campanha publicitária veiculada pelo Avaí tendo como personagem principal o artilheiro William, com o objetivo de aglutinar forças para manter o time na Série A. Assim como mostram as imagens do vídeo, o coração do torcedor azurra vai pulsar firme e forte, lado a lado com o seu time em busca do objetivo de permanecer.

Vantagem

Nos confrontos pela Série A, o Avaí leva a melhor contra o Corinthians. São três vitórias, todas elas na Ressacada, com uma derrota e um empate em São Paulo. A igualdade foi em 2009, no Pacaembu, e a partida terminou 0 a 0. William, pelo Avaí, e Jorge Henrique, pelo Timão, devem ser os únicos a reeditar o confronto, já que Alessandro, suspenso, e Chicão, preterido por Tite, ainda permanecem nos seus clubes.

Este Leão não me engana

O São Paulo é exemplo de administração e organização. Neste ano, as coisas andam complicadas por lá, ainda que continue na briga pela Libertadores e pelo título. Mais surpreendente que outra troca de treinador foi a escolha por Émerson Leão que, cogitado para o Avaí quando da saída de Gallo, recebeu uma rejeição total. Sua estreia e eliminação na Sul-Americana mostram que a galera, por aqui, tinha razão. Dia 12 de novembro, em território paulista, teremos duelo de leões.

Os postulantes

27 de outubro de 2011 6

Depois da vitória contra o Botafogo, é normal que a equipe para o desafio contra o Corinthians não sofra alterações. Porém, Bruno, suspenso, abre uma vaga no time. As opções são: Diogo Orlando, substituto natural, ou até mesmo Cássio, um falso volante num esquema três zagueiros. Batista, Fabiano e Acleisson também estão à disposição e torço que, entre eles, não esteja o escolhido de Cecílio. É certo que a ausência do titular será sentida, mas o importante é que, aquele que entrar no time, tenha o mesmo empenho e determinação, numa partida em que a aplicação tática pode definir o resultado.

Doce e amargo

A colocação do Leão em 2009 e a chance de disputar jogos internacionais oficiais continuam deslumbrando o sonho do vizinho. Do outro lado, não queremos repetir o desastre do Alvinegro de 2008.
Mesmo em situações opostas e com o do lado acreditando ser mais fácil conseguir seus objetivos, reitero a opinião de que, de novo, eles não conseguirão. Mais: a nossa luta será decidida na última rodada, com final feliz, espero.

Sem moleza

Leandro Pedro Vuaden, o gaúcho que só marca falta (quando é muita falta!), será o árbitro no Pacaembu. Uma boa opção para um jogo que promete ser muito disputado.

Reciprocidade

26 de outubro de 2011 8

Lincoln definiu nossa torcida como “muito apaixonada”. O sentimento de amor que une a nação azurra ao Avaí realmente é diferente. Agora, posso adiantar ao craque azurra que a recíproca é verdadeira, já que o jogador caiu nas graças da galera. Não apenas pela sua grande qualidade técnica, mas também pela sua doação e garra dentro de campo. Sem dúvida, nossas esperanças de permanecer na Série A passam, e muito, pelos pés dele.

Discursos distintos

Para os analistas e a torcida do Corinthians, o caminho do Timão para colocar a faixa é mais ameno do que o dos seus rivais, o que é realmente verdadeiro. Mas Tite está comedido e, mesmo admitindo o favoritismo, lembrou que o Avaí já venceu vários concorrentes ao título, demonstrando sua preocupação com o jogo de domingo. Um Leão bem armado e com a mesma raça da última partida pode deixar de lado a posição na tabela e surpreender mais um candidato à conquista.

Empatados

Em desfalques, Avaí e Corinthians estarão em igualdade. O Leão não terá Bruno, suspenso, enquanto Alessandro, expulso contra o Inter, é a ausência no Timão.

Véspera

Com Cruzeiro, Atlético-PR e Ceará em campo, sábado, é hora de preparar a pipoca e muita pimenta para secar os adversários. Para nós, a rodada já começa na véspera.

Contra o relógio

25 de outubro de 2011 4

Faltando sete partidas para o fim do ano, o Leão começa a esboçar uma equipe. Felipe, que recuperou a confiança do torcedor depois de atuação memorável, Caçapa, Urso, Bruno, Lincoln, Cleverson e William são titulares de, praticamente, toda a torcida. Daniel, Arlan, Fernandinho, Pedro Ken, Robinho, Cássio, Gian e Robert são os postulantes às outras quatro vagas, reduzindo bastante aquele rodízio maluco de quase 30 a 40 jogadores utilizados. É claro que deveríamos ter acrescentado dois ou três jogadores de qualidade para fechar essas lacunas disponíveis, mas, considerando a tormenta que foi o futebol azurra neste ano, vivemos nosso melhor momento de resultados e atuações desde as vitórias seguidas contra o time vizinho e o Flamengo. Agora, o que nos resta saber é se ainda há tempo para salvar a temporada. Eu nunca duvido do que o Avaí pode fazer!


Para ficar de olho

O Cruzeiro venceu, mas não convenceu, num jogo que esteve à mercê do Dragão. Com uma sequência difícil e o confronto na Ressacada, a Raposa merece uma secada especial.

Garantido

Saiu o grupo do Avaí na Copa São Paulo de Futebol Júnior. Teremos pela frente Pão de Açúcar-SP, América-MG e 7 de Setembro-MS. Chance da garotada, que ficou devendo no Estadual, recuperar o prestígio.

Nossa estrela brilhou

24 de outubro de 2011 7

Se o favoritismo era da estrela solitária, a torcida azurra e o nosso time conseguiram provar o contrário. Foi a estrela da nossa camisa que brilhou com uma virada a favor. O início do jogo foi coisa de louco, e Abreu abriu a contagem. O Leão não se intimidou e Robinho, em um tiro certeiro, empatou. A virada veio numa bike espetacular de Cleverson, consolidando a boa fase que vive o jogador. Depois de fazer o placar, o panorama mudou com o Botafogo tomando a posse de bola e partindo para o ataque. Nem mesmo a grande atuação de Caçapa e do goleiro Felipe, que voltou a fechar o gol, evitaram que Renato deixasse tudo igual. No final, a busca pelo gol da vitória era intensa dos dois lados e, aproveitando o rebote após chute de Lincoln, Robert mostrou oportunismo para garantir que vamos brigar até o final, com a esperança renovada.

Faltou a outra parte

Fizemos nossa missão nessa rodada, mas não tivemos a mesma sorte ao secar os rivais. De toda forma, a diferença para sair do Z-4 caiu um ponto, sempre lembrando que temos dois confrontos diretos na Ressacada que poderão ajudar muito para escapar.

Dois gumes

Não podemos negar a dificuldade que nos espera no próximo jogo. Por outro lado, vencer o Corinthians pode ser um marco de quem quer ficar na Série A.

Coração

22 de outubro de 2011 9

O time que vai a campo, na teoria, mostra uma tendência ofensiva com Lincoln, Robinho, Cleverson e William. O Leão terá pela frente um adversário focado na vitória, deixando o confronto com cara de decisão. Nessa altura do campeonato, os times conhecem bem seus trunfos e defeitos, e sabem das suas necessidades, portanto, o que pode fazer a diferença é o coração, que deve estar na ponta da chuteira. Nossos atletas podem ter a certeza de que, demonstrando comprometimento e amor à camisa, terão ao seu lado uma parceira, a torcida, que pode levar o Leão à vitória.

Soberba

Caio Junior é um técnico da nova geração, inclusive já foi um dos sonhos de consumo do nosso presidente. Mas, em suas entrevistas, deixou no ar uma sensação que vencerá o jogo, sem mencionar o equilíbrio que norteia o Brasileirão. Que seja mais um ingrediente para o Leão.

Renovado

A WOA renovou seu contrato de patrocínio com o Leão. Aqui vão os meus cumprimentos a quem acredita no Avaí, mesmo na fase difícil. Gente nossa é outra coisa!


Para não perder o costume

Radinho no ouvido, sem Kleber e Assunção, vamos lá, Felipão!

Montando as peças

21 de outubro de 2011 14

Toninho Cecílio começou a esboçar o time que vai a campo no sábado. Caçapa é a novidade na zaga, e a preferência por Gian ao seu lado é explicada pela força aérea do rival, que tem Loco Abreu e os zagueiros Antônio Carlos e Fábio Ferreira como bons cabeceadores. É preciso matar as jogadas onde elas nascem. Então, a atenção nas alas estará a cargo de Daniel e Fernandinho, com a proteção de Bruno e Urso, que terão de vigiar o imprevisível Maicosuel.
Porém, é preciso vencer e Lincoln terá ao seu lado Robinho, o que pode fazer o craque da 99 ter de jogar por dois, enquanto Cleverson, em bom momento, será o companheiro de William. Com posse de bola, a massa azurra espera um Leão ousado, já que a vitória é única receita para manter a esperança.

Extremamente fácil

Barbada. Além do baixo preço dos ingressos para o jogo contra o Fogão, o sócio em dia com sua mensalidade poderá levar um acompanhante sem necessidade de se cadastrar antecipadamente. Expectativa de grande público para mais uma decisão.

Pressão

Além da derrota na Vila, o Botafogo perdeu Alessandro, suspenso. Lucas, que era do time vizinho, será seu substituto e terá no seu calcanhar a torcida azurra que, naturalmente, deve vaiar e muito o atleta.

Permanecer será como um título

20 de outubro de 2011 2

Dos oitos jogos restantes para o fim da competição, ainda teremos quatro partidas contra aspirantes ao título do Brasileiro. Agora, na sequência, Botafogo e Corinthians e, mais tarde, São Paulo e Vasco. Mesmo com intuitos diferentes, esses jogos terão clima de decisão, já que, a essa altura do campeonato, permanecer na Série A será como a conquista de um título para o Avaí que, mesmo passando por um sufoco parecido ano passado, não aprendeu a lição e deixou tudo para cima da hora. É torcer muito para escapar e não repetir mais os mesmos erros para a próxima temporada.

Relembrando
O duelo entre Leão e Fogão na Ressacada, no Brasileirão passado, também tinha um panorama parecido, com o Avaí querendo ficar na Série A e o time da estrela solitária ainda galgando o título. O placar em branco se deu graças a uma defesa incrível de Jefferson em chute de Davi, no fim do jogo, num dia de muito calor e estádio lotado. Do atual elenco, apenas Bruno e Diogo Orlando atuaram naquela partida.

Cada vez mais perto
Rumores dizem que o Brasil jogará a primeira fase da Copa do Mundo em São Paulo, Brasília e Fortaleza. O anúncio oficial das cidades que receberão esses jogos, bem como os da Copa das Confederações, deverá ocorrer ainda hoje. Eventos imperdíveis.