Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A casa é nossa

20 de agosto de 2014 2

O primeiro tempo teve uma leve superioridade azurra refletida em três boas chances, com Willen, Pablo e Anderson Lopes, que se diferenciava pelas suas arrancadas. Na etapa final, a coisa não mudou. Porém, o Avaí tem uma arma poderosa nessa série B- Diego Felipe, que além de muito regular é o “cabecinha” de ouro.

Nem sentimos o golpe

Quando a vitória parecia certa, tomamos o empate, mas nem sentimos o golpe, pois, Revson e Roberto sacramentaram a vitória, mantendo o time no G-4, em terceiro, próximo dos líderes e cada vez mais o melhor visitante do campeonato. Fora de casa quem manda é o Leão.

G-4 consolidado

Não fizemos uma grande atuação, mas o final foi eletrizante. Diego Felipe é uma espécie de novo “Jardel” (que marcou época pelo Grêmio devido as suas cabeçadas mortais) e Roberto entrou bem, mostrando que é o titular. Fico pensando cá com os meus botões, se aos trancos e barrancos estamos a um ponto do líder, imagina quando a coisa embalar!

Gostinho especial

Marcos Assunção que foi ídolo do vizinho há bem pouco tempo, carimbou a caderneta de freguês. Perdeu o clássico no estadual e levou outra biabada pela Lusa…

Comentários (2)

  • Nacor de Oliveira Serapiao Filho diz: 20 de agosto de 2014

    Fabio Machado ser um Avaiano e acordar cedinho e ver a bandeira do time do Avai brilhando entre todas as demais, ninha veias correm o sanque azul,quando minha filha nasceu , primeiro choro foi assim avaiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiii este e o meu time,minha segunda pele, Avai meu amor minha tesao.

  • Gustavo diz: 20 de agosto de 2014

    Eu sei que o “se” não joga, mas aquela derrota em casa contra a Luverdense nos tirou a liderança!

Envie seu Comentário