Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Furacão Catarina

27 de julho de 2015 3

O Furacão Atlético-PR vem devastando os Catarinenses na série A, foram quatro jogos e quatro vitórias contra os clubes do estado. No sábado, escaparam da derrota em certos momentos e evitaram o empate do Avaí no último lance da partida. O Leão mostrou intensidade na etapa inicial com excelente atuação de Roberto formando forte corredor direito ao lado de Nino Paraíba.

 Vacilo

Bastou Pablo não acompanhar Marcos Guilherme para sairmos atrás no placar. Depois de bola na trave, pênalti não marcado e gols perdidos, Romulo empatou. Ainda houve tempo para nascer o segundo gol deles em bobeada da zaga e o pênalti defendido por Weverton, numa prova de incompetencia azurra na cobrança e na escolha do cobrador. Lá se vão pontos que não voltam mais.

Paciência no limite

Kleina inventou Tauã, peça nula na partida, e escolheu Pablo alegando características idênticas ao jovem Renan que não pode atuar. Chegou a pensou no terceiro zagueiro, tirando Roberto nossa melhor arma ofensiva, sem falar que optou por Juninho tendo Tinga e Everton Silva no banco. Sua visão do elenco me causa grande temor.

“Pratto” Cheio

Galo 1×0 tá bom demais. Resultado que me satisfez na medida certa.

Comentários (3)

  • julio cesar silveira diz: 27 de julho de 2015

    pra ti um e melhor do que quatro em casa kkkkkkkkkkkkkk continua secando e nao cuida do teu pra ti ver uma coisa mais tarde. Blogueiros que so tem piava na cabeça. Vamos analisar jogos elenco desempenho de seus times e nao perder tempo secando os outros como se seu time foce um barcelona , tenha santa paciencia.

  • MAQUINA DO ESTREITO diz: 27 de julho de 2015

    “PRATTO CHEIO” foi na ressacola, não concordas?
    Cair de 4 em casa, foi mais que um “PRATTO CHEIO”, foi BUFFET LIVRE!
    KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
    Perderam em casa, o salão de festas na série A…na proxima rodada passaremos o timinho do mangue!

  • Sempre Avai diz: 28 de julho de 2015

    O Kleina é um bom treinador, o problema é insistir em bobagem, como o Tauã e o Juninho por exemplo. Ele não tem que ficar inventando moda, coloca o time que vem dando certo e para de tentar o impossível, ou vai ser igual o Geninho com o Bruno Mendes????

Envie seu Comentário