Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Posts de setembro 2015

Camisa do Avaí mais valorizada

30 de setembro de 2015 0

A diretoria atendeu ao pedido da massa para realizar promoção na compra de ingressos para a “decisão” contra o Vasco. Quem comprar seu bilhete vestindo a camisa do Avaí terá desconto de 50% no valor em vários setores do estádio.
E tem mais, adquirindo o novo manto, número 3 que estará à venda a partir de hoje e foi apresentado ontem (veja na página 9), leva de brinde entrada para o setor H. A jaula do Leão estará lotada e preparada para devorar o rival, pode apostar!

Cálculos finais

Faltando 10 rodadas para terminar o Brasileirão, as projeções deveriam ficar mais claras, mas o equilíbrio e a proximidade dos clubes na pontuação acabam deixando a coisa ainda muito indefinida.
Tenho a impressão que a equipe que alcançar de 41 a 43 pontos terá que torcer contra os rivais para permanecer, menos do que é isso terá como destino a Série B na próxima temporada. Com 44 pontos pode estourar a champanhe e projetar o 2016 na elite.

Palpiteiro

Acredito que o Leão vai terminará com 44 a 46 pontos. Quanto aos rebaixados, cravo o JEC, Vasco e o time do vizinho, ficando entre Chape e Coxa a última equipe a descer. O rápido ataque do Goiás é a aposta para tirar o esmeraldino dessa.
A diretoria do time do Estreito contratou o motorista do ônibus do Botafogo, que conhece o caminho da Série B.

A reta final da Série A e do Avaí

29 de setembro de 2015 0

Chegamos à parte final do Campeonato Brasileirão, e já estamos na contagem regressiva para o encerramento da competição, que tem mais 10 partidas para cada clube decidirem seu futuro. O Avaí está no meio desta quentíssima disputa para ficar na elite com mais seis concorrentes diretos e com boas chances de permanecer, se pelo menos fizer o dever de casa.

Tem que começar isso já contra o Vasco, em um clima de decisão que promete mexer com a Ressacada lotada pela massa azurra e os visitantes cruzmaltinos, na manhã de domingo. O Leão nem precisa repetir aquele histórico 5 a 0 de São Januário, qualquer 1 a 0 valerá como goleada.

Peneira furada

Um dos motivos que levam Avaí e Vasco a brigar contra o rebaixamento é o número de gols sofridos pela suas defesas, as mais vazadas da Série A. Ambas terão desfalques dos titulares Émerson e Luan, respectivamente. O duelo sugere gols e emoção não vai faltar, ainda mais se o Léo Gamalho voltar a acertar o pé
ou a cabeça.

Campanha antecipada

O time do vizinho incrementou as tradicionais campanhas contra o câncer, que ocorrem normalmente. Antes do Outubro Rosa e do Novembro Azul, lançou o Setembro Branco, já que não venceu nenhum jogo no mês e de bônus perdeu
o clássico. É mole?

Grêmio 3 x 1 Avaí: nada de pânico

27 de setembro de 2015 3

A derrota na Arena pode ser considerada normal. Lamento que o Avaí não tenha empolgado em nenhum momento do jogo. O Grêmio teve o controle da partida, abriu vantagem graças à habilidade de seus atletas e a problemas de cobertura e marcação na defesa azurra.
Éverton Silva incomodou na frente e Vágner fez ótimas defesas, mas peças como Claudinei o Renan Oliveira não supriram a falta dos titulares. No equilíbrio que sugere disputar a Série A, perder após três vitórias seguidas é administrável, desde que façamos o dever de casa contra o Vasco, um rival que precisa ser batido no próximo domingo, às 11h, no caldeirão que será a Ressacada.

Sem alteração

Começamos e terminamos a rodada em 15º. Enquanto JEC e o vizinho dão indícios que não tem força para sair da degola, o Vasco demonstra perigosa recuperação. Domingo teremos uma decisão.

Retornos

Adriano e M10 estão alinhavados para voltar. Camacho seria um ótima opção. Émerson é desfalque e Jubal ou Jéci disputam essa vaga na equipe, dependendo da parte física.

Dançando na chuva

O banho de bola do Timão foi muito maior do que a chuva que caiu em Floripa. O 3 a 1 ficou barato. Se perder em Goiânia, é adeus tia Chica!

Grêmio x Avaí: nem tão imortal assim

26 de setembro de 2015 1

O Grêmio faz ótimo Brasileirão e segue na Copa do Brasil, indicando que colocará em campo um mistão contra o Avaí, que acabou tendo problemas de última hora com o veto de Marquinhos e do volante Adriano. É muito complexo vencer o Tricolor dentro dos seus domínios, mas não há como negar que a junção dos desfalques, acoplado a boa fase do Leão, gera um sentimento de que vencer dentro da Arena é altamente possível.
É certo que avaianos estarão lá ao vivo pra ver!

Chance de reverter

A entrada de Claudinei na vaga de Adriano será a única mudança do Avaí em relação ao time do clássico no Scarpelli.
O volante vive uma história parecida com a do Leão no campeonato, que de desacreditado deu a volta por cima e vem em boa sequência de vitórias. O exemplo é claro, o jogador deve agarrar a chance e mostrar que pode jogar bem mais do que mostrou até agora. Vale confiarmos.

Quase lá

Num rápido bate-papo com o presidente, muito confiante na manutenção do Avaí, ele explicou sobre a confiança em Kleina e bateu o martelo sobre a Copa Sul-Minas-Rio, com o ranking a ser divulgado no fim do ano. Só uma zebra tira o Leão.

Fundo do poço

Oh, vida! Oh, azar! Que fase, hein, vizinho? Na degola e tendo que pegar o líder!
Aí fica fácil secar…

Momento pede repetir o time do clássico

25 de setembro de 2015 0

Não chega a ser “time que ganha não se mexe”, porque depois da vitória no Scarpelli o Avaí alterou a equipe no triunfo contra o Tricolor. Mas com o veto de M10 para atuar contra o Grêmio, Kleina encaminha o Leão com a mesma equipe do clássico.
Ele aposta num meio-campo de força, com Renan Oliveira fechando um lado do campo e Everton Silva pelo outro, tentando explorar a velocidade na dobra com Nino Paraíba, para que a bola chegue em Gamalho como definidor. Sem inventar, é a forma que está dando certo na tentativa de manter a fase e pontuar no Rio Grande do Sul.
Um biquinho na Arena seria a prova que esse Leão faz muita coisa!

Conta certeira

Além do Avaí, outros clubes da parte de baixo desembestaram a vencer, o que na teoria firma a casa de 44 pontos, aproximadamente, como cálculo para a manutenção. São quatro vitórias que faltam, a grosso modo. Com empenho e dedicação, é uma meta bem razoável para ser batida, na medida que temos pelo menos cinco jogos em casa.

Duro de assistir

Flu e Grêmio foi um 0 a 0 de dar dó. O time gaúcho foi um pouco melhor, mas não mostrou futebol para assustar. Acredito que Roger vai poupar atletas, já que esse resultado deixou a disputa muito em aberto.

Modo de jogar do Avaí

23 de setembro de 2015 1

Teremos boas opções para montar a equipe contra o Grêmio. Kleina, que reverteu os resultados entre erros e acertos na escalação, achou uma maneira de jogar. Repetir o primeiro tempo do clássico, e certos momentos do jogo contra o São Paulo, é a dica. É uma dor de cabeça agradável para escolher as peças, sem mudar a compactação de meio e dois atacantes, um de velocidade, é o caminho.

Internacional

A Chape estreia na fase internacional da Sul-Americana contra o Libertad, do Paraguai. O Verdão se junta ao Tigre e o Leão como únicos do Estado a pisar em solo estrangeiro. E no Estreito quem mordeu a isca não foi o Peixe, né?

Imagina o Avaí com o Marquinhos 100%

23 de setembro de 2015 5

Na TVCOM, a entrevista de Marquinhos foi esclarecedora. Ele faz a diferença não só porque joga muito, mas pelo que representa para o clube e a torcida. Com o craque em campo o desempenho azurra é completamente diferente, comprovado em números.
Ele disse que quer jogar até 2017, e não tenho dúvida de que terá sua renovação acertada em breve. O Galego sempre tem muito a colaborar. Se já é assim a meia boca clinicamente, imagina quando voltar a ficar zero bala de novo.

De orelha a orelha

Já estão na boca para ficar à disposição de Kleina: Eltinho, Jéci e Tauã. Além deles, o treinador terá grandes armas para usar no próximos duelos, com os retornos do titular Nino Paraíba, do bom de bola Camacho e até mesmo Renan, caso o efeito suspensivo do atleta seja efetivado. O sorriso voltou ao rosto do comandante azurra, e é não apenas pela manutenção dos bons resultados. O elenco ganha reforços consideráveis para as próximas batalhas. No sábado podemos testar a imortalidade do Grêmio lá na Arena. É uma boa!

O intruso

O Santos precisa provar seu favoritismo e fisgar essa vaga a partir do duelo no Scarpelli. Baseado no comentário de Argel após o jogo do Beira-Rio, fica claro que o Alvinegro está de penetra nesta fase da competição: “Pequeno”.Que declaração foi aquela, hein, vizinho?

Nunca duvide do Avaí

22 de setembro de 2015 0

Falar de Série A de fato, neste momento, só mesmo na coluna Paixão Azurra. Com todos os outros catarinenses
no Z-4, o Leão está salvando a pátria. O JEC parece estar entregando os pontos, o time do vizinho, com 65% de chances de cair, tem a pior tabela entre todos e a Chape pode cair em depressão, além de ter que dividir a atenção com a Sul-Americana numa hora delicada.

Basta o Avaí manter a fase e fazer o dever de casa para garantir o Estado na elite em 2016, ainda que acredite que vamos beliscar pontos fora. É uma reviravolta digna de quem faz coisa, não é mesmo?

 Biquinho programado

O Grêmio, próximo rival do Avaí, terá a Copa do Brasil no meio de semana. Acredito que um resultado que o deixe vivo na disputa para o jogo de volta possa fazer o time poupar atletas, além dos desfalques confirmados dos laterais e problemas no DM. Chance para o Leão, que começa a agregar a volta de peças importantes para pontuar na Arena. Kleina terá a semana para descansar
e aprimorar o elenco.

Estratégia cirúrgica

Vale reforçar o abraço de M10 ao Dr. Funchal após anotar mais um golaço de falta. Diria o ícone Miguel Livramento: “sinta-se abraçado, doutor, por toda nação azurra”. A gente agradece o privilégio de contar
com o mito nessa hora tão importante.

Avaí 2 x 1 São Paulo: a trinca perfeita

20 de setembro de 2015 2

A vitória contra o Goiás devolveu o Avaí para o campeonato. O triunfo no clássico nos tirou da confusão. E o 2 a 1 de ontem confirmou a arrancada para ficar na elite. O problema é que boa parte dos concorrentes também resolveram vencer, não permitindo um grande respiro na tabela – o que por sua vez aumentou a importância de ter derrotado o São Paulo.
Com a confiança no elenco restabelecida, não me surpreenderia uma invasão da torcida em Porto Alegre para encarar o Grêmio, sábado, às 21h. Afinal de contas, o Leão está faminto.

Redenção azurra

Para valorizar o resultado do clássico, Kleina bancou o time apenas com a volta do M10. Na suspensão de Nino Paraíba, ele promoveu o retorno de Everton a lateral. Leão começou bem, abriu o placar de falta com o mito, mas recuou demais e permitiu o empate do rival, que dominou o jogo. O esquema mostrava que faltava o atacante de velocidade para repetir a dose de quarta-feira. E o treinador enxergou. Colocou Anderson Lopes, que fez um partidaço, e acabou sendo premiado com o segundo gol. Para fechar a redenção, Romário foi o símbolo da raça, jogando muito!

Responsa dupla

Neste momento, o Avaí, que já dispõe da melhor colocação do estado na Série A (2009), também é o melhor catarinense na competição atual. E o único de SC fora do Z-4.

Avaí x São Paulo: o jogo da distância do Z-4

19 de setembro de 2015 1

Passamos pelo jogo da sobrevivência contra o Goiás e da ultrapassagem no clássico, onde deixamos o Z-4 trocando de lugar
com o rival. A meta desta vez é se afastar o máximo da zona da confusão, onde a briga está acirrada. O problema é o nível do adversário, que mesmo contestado está no G-4 – só para se ter uma ideia. O São Paulo não terá Luís Fabiano e Michel Bastos e ainda pode poupar atletas devido ao confronto com o Vasco na Copa do Brasil, quarta-feira. No Leão, Kleina poderá contar com o mito Marquinhos, embora a condição do campo possa até modificar os planos ao vivo.
Éverton Silva joga, na ala ou na frente. Temos que ter cuidados, sem abrir mão da ousadia e velocidade para vencer. Imperdível!

Leão confiante

O equilíbrio no campeonato é muito grande, assim como a diferença de objetivos de cada um. Na teoria, é uma rodada complicada para todos que estão lutando para ficar na Série A. Uma vitória neste domingo pode fazer toda diferença, além de manter o alto astral azurra. Temos que estar juntos do time nessa hora, partiu Ressacada!
Trégua de 24h

Por ter dirigido o time do vizinho, o polêmico Argel não dispõe da simpatia azurra. Proponho uma bandeira branca neste sábado para manter o Alvinegro na degola.