Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O problema financeiro dos clubes ano após ano

28 de setembro de 2016 3

Se vê muito no futebol brasileiro, mais ainda no catarinense, ano após ano, nossos times sem dinheiro e vendendo patrimônio, como o fruto de más gestões que fazem excesso de contratações, salários fora da realidade (porque os salários no futebol já são fora da realidade), e com isso alterna um bom ano com vários na mesma briga pra sair da elite ou voltar para ela.

Um exemplo bem próximo é o JEC, que esse ano já teve cerca de 70 jogadores em campo e está prestes a cair pra C — fazendo direitinho a cartilha da queda. Mas aqui no Avaí e no rival o método de trabalho não é muito diferente, apenas os resultados diferem um pouco.

Gestão

Não deve ser lá muito difícil fazer uma previsão orçamentária de um clube de futebol. A gente deixa a famosa gordurinha e procura gastar menos do que tenha certeza que vai ganhar. Temos um caso de sucesso que me parece ser a Chapecoense. Sem dívidas trabalhistas e com sucesso dentro de campo, um time que há 10 anos disputava com o Brusque, hoje joga para avançar na Copa Sul-Americana, fazendo história mais uma vez.

Pois ano passado o dinheiro acabou cedo na Ressacada. O que houve? Não sabemos. Classificou-se como má gestão e pronto. Houve uma preocupação em não repetir em 2016? Houve. Fizeram um time muito mais barato.

Que não se cegue

Caso o Avaí consiga o acesso, ou até mesmo o rival consiga se manter na A, em ambos os clubes não se deve cegar por isso. É necessária uma mudança radical de postura. Há em ambos os elencos jogadores que nem foram utilizados. Isso é gestão? Mirem-se mais na Chapecoense e menos no Joinville de 2016.

Comentários (3)

  • Avaiano conciente. diz: 28 de setembro de 2016

    Não temos time para a reta final,sou Avaiano sim mas sou cociente das nossas limitações,se permanecermos na serie B ja está de bom tamanho.

  • Edinei José Sant Ana diz: 28 de setembro de 2016

    Faltam 11 jogos para o nosso #AvaiFC.

    Depois do jogo do Bahia e estavo fardado a disputar contra o Z-4.

    Mas o futebol é emociante por conta disto depois da humilhação contra o Bahia, o Avai deu uma arracanda…

    Claro que faltam 11 jogos… Tirando o Vasco que é o melhor time da serie B (invetsimento, plantel, patrocinio…..) e o Atletico Go, que tem 49 (mas ontem empatou em casa com o Joinville um candidoa série C)…. Acredito sim no Avai não temos o melhor elenco longe disto, mas uma coisa temos o time a diretoria o técnico e nós torcedores abraçamos o AvaiFC….

    Temos 11 jogos seis em casa.. Temos que ganhar os seis = 60, e bsucar uma vitoria e um empate = 64 grande possibilidade de chegar em 3 ou 4.

    Uma coisa eu peço a todos que forem a estes seis jogos eue starei em tdoos no nosso setor D… apoiar sempre…. vaiar nunca

    Um abraço.

    Fica uma dica vamos nos mobilizar na Face para cada bairro ssairem juntos em carreatas…. fica a diga

    Um forte abraço a todos

  • Sérgio Luiz Cardoso diz: 28 de setembro de 2016

    Lembro de um passado bem recente que a própria Chapecoense estava ameaçando abandonar o campeonato catarinense ,alegando falta de recursos. Então aconteceu um milagre? Só sei que no Brasil acontecem coisas que mesmo querendo entender,fica difícil. Acontece que do jeito que querem fazer futebol no Brasil,fica difícil. Dar importância ,primeiro pra TV,em detrimento das torcidas é o cals. Como pode,priorizar primeiro a grade da TV? Depois tem a lei Pelé,quE foi a maior cagada que fizeram com os clubes na era moderna. Também não se pode comercializar bebida alcoólica nos estádios,como se isto fosse somente a causa da violência nos estádios. E o pior,os dirigentes aceitam tudo como se estivesse as mil maravilhas. Já falei aqui que,a continuar assim,os clubes vão ter que fechar as portas,mais cedo ou mais tarde. Abraço

Envie seu Comentário