Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de novembro 2009

Ainda faltam 186,7 mil livros

30 de novembro de 2009 0

Se você está curioso para ler o novo livro de Luis Fernando Verissimo, Os Espiões, o jeito é participar da campanha de doação de livros do Banco de Livros do Rio Grande do Sul.

Até a noite desta segunda-feira, o site www.livroinedito.com.br, que vai disponibilizar a íntegra da obra quando as doações atingirem 500 mil livros, contabilizava 313.277 doações. Ou seja, ainda faltam 186.723, “nem um exemplar a menos”, como diz no site.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

Garibaldi tem Feira do Livro a partir desta terça

30 de novembro de 2009 0

Para alegria dos leitores de Garibaldi, a cidade abre nesta terça-feira a sua Feira do Livro 2009.

A programação, que segue até o dia 9 de dezembro, inclui encontros com escritores, contação de histórias, memória oral, hora do conto, oficinas de animação, apresentações artísticas, exposição de histórias em quadrinhos e espaço alternativo.

E livros, claro, muitos livros.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

Os meninos de Hitler

30 de novembro de 2009 2

Reprodução

Deparei há alguns dias com o livro que ilustra este post, Os meninos do Brasil. Lembrei-me de quando li, alguns anos atrás, esse clássico de Ira Levin, o mesmo autor dos sucessos O bebê de Rosemary, O beijo da morte e Mulheres Perfeitas.

Como todos os seus outros livros, Os meninos do Brasil (a versão da capa ao lado é da editora Círculo do Livro) é uma trama envolvente e muito bem escrita, que deixa o leitor com um arrepio na espinha ao pensar como seria se tal história fosse real.

O escritor norte-americano, morto há dois anos, publicou esse livro em 1976. A trama conta a história de um caçador de nazistas que, a partir de um telefonema intrigante, começa a investigar sobre 94 homens ao redor do globo que seriam mortos por ex-nazistas.

É então que ele descobre um fato assustador: todos esses homens, que não se conhecem entre si, têm filhos de 13 anos que são cópias exatas de Adolf Hitler. Os clones teriam sido plantados pelo médico Joseph Mengele, famoso por suas experiências nos campos de concentração nazista e que supostamente teria se refugiado no Brasil – daí o título da obra.

Um thriller eletrizante, com muito suspense e pitadas de genética e história.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

`O iluminado` terá continuação

27 de novembro de 2009 0

Reprodução

Li agora há pouco, no blog do site O Livreiro, que o livro O Iluminado (capa ao lado), um clássico aterrorizante de Stephen King, vai ganhar continuação. A notícia, confirmada pelo site do jornal Folha de São Paulo, foi dada pelo próprio autor, numa entrevista coletiva que concedeu esta semana no Canadá.

A sequência, escrita 23 anos depois do livro original – cuja trama envolve o menino clarividente Danny Torrance e seu pai, um escritor que vai à loucura enquanto passa uma temporada com a família em um hotel deserto -, já teria até nome, Doctor Sleep.

O protanista seria o menino iluminado de outrora, Danny, que agora, aos 40 anos, ainda guarda as lembranças dos trágicos acontecimentos no Hotel Overlook e trabalha em um hospício. A clarividência, desta vez, seria usada para apostar em cavalos.

É esperar para ver se a continuação será tão aterrorizante quanto o livro original, que virou filme nas mãos de Stanley Kubrick.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

As boas do Livreiro

26 de novembro de 2009 1

O melhor do site são as comunidades/Reprodução

Num dos primeiros posts aqui do blog, ainda em agosto, indiquei o site O Livreiro, uma espécie de Orkut dos livros. De lá para cá, venho acompanhando o site e vejo que ele está cada vez mais mais atrativo.

Em primeiro lugar, ficou mais fácil acessá-lo (o endereço agora é www.olivreiro.com.br). Além disso, o site tem sempre matérias interessantes sobre escritores, livros e leitura.

Outro destaque são as comunidades, que não param de crescer – já são 482 – e estão bem animadas. Quer exemplos? Tem a comunidade E a pilha só aumenta, dedicada àqueles que não conseguem parar de ler e de acumular livros; a Me dê livros de presente, que dispensa explicações; a Ler Vicia; a Ler, pensar e questionar; a Livros de Fantasia; a Livrólatras anônimos; a Queria morar numa livraria, e muitas outras.

Há ainda várias comunidades dedicadas a escritores e a livros específicos, de Paulo Coelho a Stephen King e Franz Kafka, de Harry Potter e Crepúsculo a O Senhor dos Anéis.

Enfim, é um prato cheio para quem gosta de ler. Aconselho.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

Falando em balanços...

24 de novembro de 2009 0

Em posts anteriores, falei que o ano foi bom para os programas da Biblioteca Municipal, como o Livro Livre e os projetos de contação de histórias. Ele também foi bom para a Feira do Livro caxiense, que vendeu 70 mil livros.

E para você, como foram esses “primeiros 11 meses de 2009″, em termos de livros e leituras? O que você leu de bom? Que novos autores conheceu? De quais mais gostou? Qual considera ter sido o lançamento do ano? E o que ainda quer ler antes de o ano acabar?

Compartilhe suas experiências com os outros leitores do blog. Pode ser comentando este post ou então me mandando um e-mail, no maristela.deves@pioneiro.com.

Fico no aguardo!

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

Um ano de muitas histórias

24 de novembro de 2009 0

LILIANE CURZEL, DIVULGAÇÃO

Com o ano se aproximando do fim, é época de fazer balanços. E um balanço muito positivo de 2009 é o das histórias contadas nos projetos ligados à Biblioteca Pública Municipal Dr. Demétrio Niederauer, de Caxias do Sul.
Embora a biblioteca ainda não disponha dos totais do ano, os números de março a setembro dos seus três projetos na área dão uma boa ideia de como o ano foi de muitas histórias. Vejamos:

* Estância da Leitura: participação de 16.770 pessoas
* Contapete: participação de 19.000 pessoas nas contações (crianças de escolinhas infantis, centros educativos da FAS, clubes de mães, centros Conviver, Feira do Livro, escolas particulares)
* Projeto Monteiro Lobato: participação de 5.200 crianças de seis escolas

Na segunda-feira, houve contação de histórias na escola Caminhos do Saber (foto), trabalhando o tema da consciência negra por meio de contos africanos.
Amanhã, quarta-feira, haverá contação de histórias no Restaurante Comunitário II, das 11h30min às 13h.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

1.230 trocas de abril a novembro

23 de novembro de 2009 0

De abril deste ano até hoje, foram feitas 1.230 trocas de livros no programa Livro Livre, da Biblioteca Pública Municipal Dr. Demétrio Niederauer, de Caxias do Sul. O melhor é que todas as trocas aconteceram gratuitamente, dando a possibilidade de diversificar as leituras sem gastar nada.

E para quem quer participar do Livro Livre, vale lembrar que a última edição fora da biblioteca para este ano está acontecendo no Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho, até quarta-feira. O horário para a troca é das 16h às 21h.

Quem quer trocar um livro já lido por outro também pode procurar diretamente a biblioteca, onde o programa não tira férias. Lá, é possível levar um livro e trocar por outro o ano inteiro. O horário da biblioteca é das 8h às 21h. Depois de 15 de dezembro, será das 8h às 18h.

Que tal aproveitar e trocar um livro, para ler nas férias?

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

Mistério no mundo dos contos de fadas

23 de novembro de 2009 0

Reprodução

“Era uma vez, há muitos, muitos anos atrás mais vinte e cinco anos…”

Assim começa o Capítulo Zero e Meio do livro O fantástico mistério de Feiurinha, obra do escritor Pedro Bandeira que está sendo transformada em filme da Xuxa. Foi depois que começaram a falar no filme, aliás, que resolvi ler a história.
Já conhecia o autor das leituras da minha adolescência, mas não esse seu livro infantil, publicado em 1986. Encontrei-o na biblioteca da UCS e sentei-me para ler um trechinho, para ver se valia a pena: só consegui parar cerca de uma hora depois, quando cheguei à última das 90 páginas do texto, que é muito, muito bem escrito, com um humor que cativa até mesmo o leitor adulto.

A história parte das reflexões do autor sobre o fato de todos os contos de fada começarem com “era uma vez, há muitos, muitos anos atrás” e terminarem com “e viveram felizes para sempre”. Se a frase inicial é a mesma, quer dizer que todas as histórias aconteceram ao mesmo tempo? E o que aconteceu depois do “viveram felizes para sempre”?

Para responder a essas perguntas, ele conta sobre quando teria encontrado as personagens dessas histórias, 25 anos depois do tempo das narrativas que conhecemos. A antiga Branca de Neve, por exemplo, agora é a senhora Branca Encantado – afinal, tem o sobrenome do marido, o Príncipe Encantado.

Grávida do seu sétimo filho, ela recebe as visitas da Senhorita Vermelho (sim, aquela que foi a Chapeuzinho Vermelho) e, depois, das outras princesas do mundo dos contos de fadas, todas, como ela, com o sobrenome Encantado, já que seus maridos também se chamam Príncipe Encantado.

As princesas-personagens estão aflitas, porque desapareceu uma delas: a Feiurinha. E elas pedem a ajuda do autor-personagem para desvendar esse mistério.

Enquanto ele tenta essa façanha, o leitor se diverte com as tiradas impagáveis das “princesas” e com as “coincidências” de suas vidas. Muito divertido, para todas as idades.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul

Um `happy hour` com poesia

20 de novembro de 2009 0

Para quem gosta de poesia, uma boa pedida é o lançamento, às 19h da próxima terça-feira, do livro Loucas Noites – Wild Nights, uma edição bilíngue com 48 poemas de Emily Dickinson traduzidos e comentados por Isa Mara Lando.

O lançamento, que será na Livraria do Arco da Velha, terá sessão de autógrafos e leitura poética do livro, além de um bate-papo com a tradutora sobre os detalhes do desafio da tradução poética.

A entrada é franca.

Postado por Maristela Scheuer Deves, Caxias do Sul