Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts do dia 27 fevereiro 2011

Uma perda inestimável

27 de fevereiro de 2011 0

Adriana Franciosi, banco de dados

Quando cheguei ao jornal, no início da tarde deste domingo, uma colega me deu uma triste notícia: o escritor Moacyr Scliar, que estava hospitalizado desde janeiro, havia morrido. Nas horas seguintes, em sites, agências de notícias, e-mails, Twitter, conversas, a referência ao imortal da Academia Brasileira de Letras foi quase obrigatória, e as manifestações de pesar multiplicaram-se, vindas de todas as instâncias, desde leitores até a presidente Dilma Roussef.

Não é para menos. Scliar, que faria 74 anos em março, deixa uma vasta obra com mais de 70 títulos — ou um por ano de vida. Também atuou em todos os campos, do conto ao romance, do infantil ao adulto, mostrando uma dedicação à palavra escrita que o levou a ser lido e admirado em todo o Brasil (e até mesmo fora dele). Era também um grande incentivador de novos talentos.

Uma perda e tanto para a literatura gaúcha e brasileira.