Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts de setembro 2011

Uma leitura deliciosa (dica do dia)

30 de setembro de 2011 0

Reprodução

Já falei desse livro por aqui, quando do seu lançamento, mas então eu estava apenas no começo da leitura. Agora, depois de ter terminado de ler O Pão da Amizade (392 páginas, R$ 34,90), de Darien Gee, faço questão de voltar a ele de forma mais completa. Isso porque o livro é, decididamente, uma leitura deliciosa.

Julia Evads, a protagonista, é uma dona de casa que perdeu a alegria de viver quando o filho, de 11 anos, morreu inesperadamente. Nem mesmo o nascimento de Gracie, da qual já estava grávida por ocasião da tragédia, conseguiu mudar essa situação. Cinco anos depois, ao chegar em casa com a menina, ela encontra na varanda uma cesta com um pão, uma estranha massa fermentada, além de um bilhete anônimo: “Espero que você goste”.

A reação de Julia é jogar tudo fora, mas Gracie prova o pão, gosta e insiste para a mãe fazer mais. Mesmo contra a vontade, ela resolve fazer a vontade da filha e segue as instruções da receita: por 10 dias, deve sovar diariamente a massa cinzenta e fermentada, e, no final, dividi-la em várias partes, assar uma e guardar ou passar adiante as outras.

Sem saber o que fazer das massas restantes, Julia acaba dando-as para duas desconhecidas: Madeleine, uma viúva que acaba de abrir uma casa de chá na cidade, e Hanna, uma ex-violinista que se mudara recentemente na cidade. Um laço de amizade aos poucos se estabelece entre as três mulheres, que dividem seus problemas, seus traumas e suas angústias.

Enquanto isso, a massa do Pão da Amizade se multiplica na vizinhança. Uns a adoram, criam novas receitas, trocam dicas. Outros, no entanto, são contra a “epidemia”. No decorrer das quase 400 páginas, várias histórias vão se entrelaçando, inclusive a da irmã de Julia, com quem ela não fala desde a morte do filho, e a do marido da protagonista, que sofre com a reclusão da mulher enquanto é assediado por uma jovem colega de trabalho.

Não vou contar o final da história, é claro, mas posso dizer que a leitura, embora pareça singela, vale a pena. E, de bônus, o livro traz ainda a receita original do pão da amizade, com várias opções de variação… Ainda não me animei a experimentar, mas pretendo fazer isso logo, logo, para ver se é tão delicioso quanto o livro.



Uma dica por dia

30 de setembro de 2011 0

Para comemorar a 27ª Feira do Livro de Caxias do Sul, que já está com as bancas de livreiros e editoras abertas na Praça Dante Alighieri, o Palavra Escrita vai publicar uma dica de livro por dia.

A primeira será postada daqui a pouquinho, não perca!

***

Aliás: não perca também o blog especial que o pioneiro.com preparou para a Feira do Livro: http://wp.clicrbs.com.br/feiradolivrodecaxiasdosul/

Em duas horas, os livros estarão na praça

30 de setembro de 2011 0

Atenção, leitores: a partir do meio-dia de hoje, as bancas da 27ª Feira do Livro de Caxias do Sul, na Praça Dante Alighieri, estarão abertas.

Ou seja, embora a abertura oficial da programação ocorra somente às 18h30min, com show de Karine Cunha e presença do patrono, Marco de Menezes, e da homenageada, Maria Helena Lacava, durante a tarde você já poderá conferir as novidades literárias.

Durante todo o período da Feira, além do blog Palavra Escrita, você também poderá acompanhar as novidades sobre o que rola na Praça Dante Alighieri num novo blog, criado especialmente para a 27ª Feira do Livro. Clique aqui e confira!

Praça quase pronta para os livros

27 de setembro de 2011 3

Fotos Roni Rigon

A contagem regressiva para a 27º Feira do Livro de Caxias do Sul está na reta final: daqui a três dias, os livros tomarão a Praça Dante Alighieri, no Centro.


Enquanto a Feira não começa, estão sendo dados os últimos retoques no espaço. As bancas já estão todas montadas, e começaram hoje a receber os primeiros livros (foto acima).

O Leiturário, novidade desta edição, está com a estrutura de madeira montada sobre o chafariz (foto abaixo), faltando apenas a finalização.

A abertura será na sexta-feira, com a presença do patrono desta edição, o poeta Marco de Menezes, e da homenageada, a livreira Maria Helena Lacava.

Feliz, feliz, feliz

26 de setembro de 2011 0

Reprodução

Martha Medeiros tem muito a comemorar: segundo o site da editora L&PM, o mais recente livro da escritora gaúcha, Feliz por Nada (216 páginas, R$ 31), já atingiu a marca de 70 mil livros — e isso que foi lançado há menos de três meses.

Além disso, a obra está há 10 semanas entre os mais vendidos das revistas Veja e Época, do jornal O Globo e do site especializado Publishnews.

Muitos motivos para Martha estar ainda mais feliz, feliz, feliz…

***

Lembrando: a escritora é a madrinha da edição deste ano do Seja Jornalista por Um Dia, promovido pelo jornal Pioneiro.

Mistério para a gurizada

25 de setembro de 2011 1

Reprodução

“O buraco tinha o tamanho exato de um túmulo, pensou Rafael, com um arrepio.

Ele e os outros garotos estavam parados junto à borda, olhando admirados para aquela escavação que aparecera literalmente da noite para o dia às margens do rio.

— Quando a gente foi esteve aqui ontem à tardinha, para nadar, isso não estava aí — declarou Saulo, como se os outros não soubessem disso.”

 

O trecho acima é o início do livro O Caso do Buraco (editora AGE, 84 págs., R$ 25), que estarei lançando no próximo sábado, dia 1º, às 19h, durante a 27ª Feira do Livro de Caxias do Sul.

A história, destinada ao público infanto-juvenil, é uma trama de mistério em que cinco garotos encontram um buraco misterioso surgido da noite para o dia no campo do avô de dois deles, durante um acampamento.

Seria mesmo um túmulo? Ou, talvez, uma armadilha feita por ladrões de gado? E o mais importante: se era obra de bandidos, eles ainda estariam por ali? Mesmo com medo, o grupinho decide permanecer no acampamento e tentar resolver o mistério.

Ficou curioso? Então, te espero no lançamento.

***

Lembrando: durante a Feira do Livro todas as obras são vendidas com desconto sobre o preço de capa.

Para o Dia das Crianças

22 de setembro de 2011 0

Reprodução

Eis aí a capa de Tchau, Chupeta, lançamento para o Dia das Crianças da editora LeYa Brasil.


O livro surgiu de uma parceria com o projeto Pequeno Cidadão, criado em 2009 por Arnaldo Antunes, Edgard Scandurra, Taciana Barros, Antonio Pinto e seus filhos. 

Inspirado na faixa de mesmo nome, o livro traz ilustrações de Cláudia Briza, que contam a história do protagonista da música. Com imagens bem coloridas, o livro procura mostrar que largar a chupeta pode ser mais divertido do que parece.

Além da história, a obra dá dicas para as crianças desenvolverem a consciência ecológica.

Os finalistas do Jabuti

22 de setembro de 2011 1

A Câmara Brasileira do Livro divulgou ontem os finalistas do Prêmio Jabuti 2011.

Entre os indicados na categoria Romance está José Castello, que visitará Caxias do Sul no próximo dia 9, para participar da 27ª Feira do Livro.

Confira todos os finalistas em Romance:

  1º  PAISAGEM COM DROMEDÁRIO (COMPANHIA DAS LETRAS, de CAROLA SAAVEDRA)



2º  RIBAMAR ( BERTRAND BRASIL, DE  JOSÉ CASTELLO)

 3º  O EVANGELHO DE BARRABÁS (EDITORA OBJETIVA, DE JOSÉ ROBERTO TORERO E MARCUS AURELIUS PIMENTA) 

   4º  PASSAGEIRO DO FIM DO DIA  (COMPANHIA DAS LETRAS, DE RUBENS FIGUEIREDO), e DON FRUTOS (EDIÇÕES ARDOTEMPO, DE ALDYR GARCIA SCHLEE) 

  5º  HOTEL BRASIL: O MISTÉRIO DAS CABEÇAS DEGOLADAS (ROCCO, DE FREI BETTO) 

  6º  MINHA MÃE SE MATOU SEM DIZER ADEUS (RECORD, DE EVANDRO AFFONSO FERREIRA)

 7º  CIDADE LIVRE (RECORD, DE  JOÃO ALMINO)

  8º  HOTÉIS À BEIRA DA NOITE (TESSITURA EDITORA, DE PER JOHNS)

  9º  SUPOSTA BIOGRAFIA DO POETA DA MORTE (EDITORA DA UCG, DE ELIAS ANTUNES)

  10º  OS MALAQUIAS (LÍNGUA GERAL, DE  ANDRÉA DEL FUEGO)

Allan Kardec em quadrinhos

21 de setembro de 2011 0

Acabam de chegar à editora LeYa / Barba Negra os originais do álbum Kardec, uma ficção histórica em quadrinhos sobre a origem do espiritismo.

O roteiro original é de Carlos Ferreira, os desenhos, de Rodrigo Rosa, e o prefácio, de Marcel Souto Maior, biógrafo de Chico Xavier, uma das figuras mais conhecidas no espiritismo no Brasil.

Segundo a editora, a obra chega às livrarias em outubro, com lançamento durante o Rio Comicon.

Uma leitura deliciosa

21 de setembro de 2011 1

Arquivo pessoal, divulgação

(por Rejane Romani Rech)

 

Luar em Odessa, de Janet Skeslien Charles (Editora Record – R$ 46,67), é desses livros que a gente lê com muito prazer.

Em primeiro lugar, porque a linguagem é simples, direta, mas com um enredo bem construído, que nos leva à Ucrânia, aos Estados Unidos, a uma história baseada na existência de agências especializadas em encontrar mulheres odessanas para americanos solitários.

Daria, a personagem principal, conduz a narrativa, e nos fala sobre a bela relação com sua avó, a simplicidade de suas vidas, o sonho de conhecer a América e uma vida melhor…

E ela acaba se envolvendo com um americano, via internet, e com ele conhece alguns descaminhos…

Em Odessa, ficou um mafioso lindo,  charmoso, que mexeu com seu coração…

Vale a pena ler esse livro, aprender mais sobre um mundo distante da nossa realidade, mas também  com pessoas iguazinhas a todo ser humano: gente que quer ser feliz, realizada, respeitada.

Um bom livro, e que se lê sem dificuldade alguma.