Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

470 milhões de livros vendidos em 2011

11 de julho de 2012 0

Emerson Souza, banco de dados

O brasileiro ainda consome pouco livro, mas, aos poucos, esse cenário começa a mudar. É o que apontam os dados da pesquisa Produção e Vendas do Setor Editorial Brasileiro, divulgados hoje pela Câmara Brasileira do Livro (CBL).


O estudo, realizado anualmente pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe/USP) sob encomenda do Sindicato Nacional dos Editores de Livros (Snel) e da CBL, mostra que as editoras brasileiras comercializaram 469,5 milhões de livros em 2011. É um recorde, representando 7,2% de crescimento em relação a 2010 — ou, em números absolutos, 31,5 milhões a mais de livros vendidos que no ano anterior.

No ano passado, foram publicados 58.192 títulos, que representaram um aumento de 6,28% em relação a 2010. Do total de títulos editados em 2011, 20.405 foram de lançamentos, um crescimento de 9% em relação ao ano anterior. Já o número de exemplares produzidos teve um desempenho mais cauteloso em 2011, indo de 492.579.094 em 2010, para 499.796.286 em 2011, uma variação de 1,47%.

Outro dado interessante da pesquisa é a retomada no crescimento das vendas às livrarias, que vinham perdendo espaço nos últimos anos. De responsáveis por 40,51% das vendas ao mercado, elas saltaram para 44,9%. Já as vendas porta a porta recuaram dos 21,66% de participação em 2010 para 9,07% em 2011. As vendas das editoras para igrejas e templos (de 1,26% para 4,03%), supermercados (de 1,47%, para 2,4%) e bancas de jornal (de 0,36%, para 2,21%) também ganharam espaço no período analisado.

Envie seu Comentário