Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

'Luxúria' inaugura nova trilogia erótica

19 de setembro de 2012 0

Reprodução

“Ela não queria admitir para si mesma o quanto estava excitada. Sua natureza lutava contra a ideia. Era viciada demais em controle, algo que de fato podia assumir. Mas seu corpo sabia, ardia com a possibilidade. Especialmente de Alec estar no controle”.

(Luxúria)

 

Na onda do sucesso mundial de Cinquenta Tons de Cinza, a literatura erótica é o hit do momento, e não param de pipocar títulos na área. O mais novo deles é Luxúria (Lua de Papel, 256 páginas, R$ 29,90), da norte-americana Eve Berlin, que inaugura uma nova trilogia repleta de sexo, sado-masoquismo e volúpia.

Na trama, a protagonista Dylan Ivory é, ela também, uma escritora de livros eróticos, que está fazendo sua pesquisa para a nova obra, sobre o tema BDSM (bondage, disciplina, dominação, submissão, sadismo e masoquismo). Mas ao conhecer Alec Walker, um dominante declarado, experiente e irresistível, ela acaba vivenciando de verdade a prática BDSM.

E Dylan,que sempre se julgou independente — e dominante —, percebe que, na verdade, não sabia o que queria até Alec mostrar a ela. Fica totalmente dominada, como mostra o trecho que abre este post. E resistir a isso se torna um desafio tão difícil quanto definir o que é dor e o que é prazer enquanto Alec mantém suas mãos, chicotes de camurça, tiras de couro, correntes e qualquer outro acessório nela.

Se o sucesso de Luxúria será o mesmo da trilogia de E.L. James, não se sabe. Mas que explorar o tema sexo na literatura virou moda, isso virou.

***

Ah: ainda não há informações sobre os próximos livros da trilogia.



Envie seu Comentário