Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "harry potter"

Efeméride best-seller

31 de julho de 2013 0

Debra Hurford Brown, divulgação

Hoje é aniversário de uma da escritora britânica J.K. Rowling, autora da série Harry Potter, do romance Morte Súbita e do romance policial The Cuckoo’s Calling, lançado sob o pseudônimo de Robert Galbraith.


Nascida a 31 de julho de 1965 na cidade de Yatte, Joanne Rowling gostava de histórias desde criança, e sonhou por muitos anos em ser escritora. Passou por muitas dificuldades e recebeu várias recusas até seu primeiro livro, Harry Potter e a Pedra Filosofal — estrelado por um  menino-bruxo com o qual sonhara durante uma viagem de trem — ser finalmente publicado, em 30 de junho de 1997.

O sucesso, inesperado, foi imediato, com a história de Harry e seus amigos escalando os primeiros lugares das listas de mais vendidos. Com a boa aceitação do público no mundo todo, seguiram-se mais seis livros da saga, sendo o último publicado em 2007.

Em 2012, a escritora resolveu investir numa seara diferente, lançado Morte Súbita, romance adulto classificado como de “humor negro”. A história gira em torno das intrigas políticas em uma pequena cidade após a morte do principal conselheiro municipal.

Cerca de um mês atrás, surgiu uma notícia bombástica: o romance policial The Cuckoo’s Calling, do qual até então pouquíssima gente ouvira falar (apenas 1,5 mil exemplares haviam sido vendidos, apesar das críticas favoráveis), era na verdade de autoria de J.K. Rowling, que o lançara, em abril, sob o nome de Robert Galbraith. A repercussão levou ao aumento rápido das vendas, e a história já é cogitada para virar filme. A última notícia sobre o assunto, divulgada hoje, é que a escritora vai receber uma indenização do escritório de advocacia que deixou seu nome vazar (os valores, não informados, serão doados a uma instituição de caridade).

Efemérides potterianas

21 de julho de 2013 0

O ator Daniel Redcliffe interpreta Harry Potter no primeiro filme da série (reprodução)

O dia de hoje é para os fãs de Harry Potter lembrarem de dois momentos importantes na trajetória do bruxinho mais conhecido do planeta: o lançamento do primeiro e do último livros da saga.

Foi em 21 de julho de 1997, há 16 anos portanto, que chegou às livrarias Harry Potter e A Pedra Filosofal. Em pouco tempo, a história do menino que, aos 11 anos, descobre ser bruxo — escrita pela até então desconhecida J.K. Rowling — conquistou os leitores de todos os cantos do planeta, vendendo milhões de exemplares.

Dez anos depois, em 2007, também em um 21 de julho, era publicado Harry Potter e As Relíquias da Morte, última aventura e Harry e de seus amigos Ron e Hermione contra o bruxo das trevas Voldemort. A essa altura, o bruxinho já era sucesso garantido também no cinema (ao todo, foram oito filmes baseados nos livros), e a autora da série se transformara numa das mulheres mais conhecidas — e ricas — da Grã-Bretanha.

No ano passado, Rowling decidiu aventurar-se em outras searas, e lançou o romance Morte Súbita. Há poucos dias, descobriu-se que ela lançou também, meses atrás, uma trama policial, The Cuckoo’s Calling (ainda sem edição no Brasil), esta sob pseudônimo.

***

P.S.1: Ontem, foi aniversário de 116 anos da sessão inaugural da Academia Brasileira de Letras, ocorrida em 20 de julho de 1897.

P.S.2: O dia de hoje tem ainda outras efemérides, das quais falarei mais tarde por aqui…

Disparam as vendas do livro 'anônimo' de Rowling

18 de julho de 2013 0

 

reprodução

É como eu já disse por aqui: um nome de peso faz toda a diferença. A mais recente prova disso foi o imediato salto de vendas, esta semana, do livro The Cuckoo’s Calling (em português, poderia ser traduzido como O Chamado do Cuco). Lançado em abril, ele havia vendido apenas 1,5 mil exemplares na Inglaterra até o último final de semana, quando foi revelado que seu autor, o desconhecido Robert Galbraith, era na verdade a famosa J.K. Rowling, a conhecidíssima autora de Harry Potter. Resultado: o livro virou best-seller do dia para a noite.


Com a revelação, o livro — um romance policial estrelado pelo detetive particular Cormoran Strike, um veterano de guerra que é contratado para esclarecer a morte de uma modelo — saltou do 4.709º lugar para o primeiro no Amazon. No Brasil, já seria o sétimo mais vendido do Amazon.com.br. No Skoob, uma espécie de “rede social de leitores” brasileira, apenas 3 pessoas marcam o livro como “lido”, mas 20 disseram estar “lendo” e 411 o adicionaram como “vou ler”. Alguém aí quer apostar que esse último número era bem menor até o último final de semana?

Na trama, o detetive deve investigar o suposto suicídio da supermodelo Lula Landry, conhecida como Cuckoo por seus amigos — daí o título da obra. O caso chega em boa hora, uma vez que Strike, que perdeu uma perna na explosão de uma mina terrestre quando lutava no Afeganistão, tem poucos clientes e está quase falindo. Durante a investigação, ele transita por um mundo glamouroso, que até então desconhecia.

E para os fãs de J.K. Rowling que querem saber quando a versão em português chegará às livrarias, uma boa notícia é de que o livro já tem editora no Brasil. Segundo o blog A Biblioteca de Raquel, da colunista Raquel Cozer, ligada à Folha de São Paulo, a Rocco (que ano passado perdeu para a Nova Fronteira o leilão de outro livro da escritora britânica, Morte Súbita) já havia comprado os direitos da obra, antes de o nome da criadora de Harry Potter vir a público como a verdadeira autora.

A editora ainda não se pronunciou sobre a data de lançamento no Brasil.

Novo livro de J.K. Rowling nas livrarias

05 de dezembro de 2012 1

Reprodução

O momento tão esperado pelos fãs da escritora inglesa J.K. Rowling finalmente chegou: Morte Súbita (512 páginas, R$ 49,90), primeiro romance adulto da consagrada autora da saga Harry Potter, chega esta semana às livrarias brasileiras, pela editora Nova Fronteira. A tradução e edição são de Izabel Aleixo e Maria Helena Rouanet.

Em Morte Súbita, Rowling parte de um acontecimento corriqueiro — um derrame fatal que acomete um figurão em uma pequena cidade — para mostrar que a vida em sociedade não tem nada de banal. O livro, que saiu há alguns meses em inglês, é um dos lançamentos de maior sucesso do ano nos Estados Unidos e no Reino Unido.

Em um primeiro momento, o distrito de Pagford aparenta ser como qualquer outro, e o leitor reconhecerá ali sua cidade, bairro, condomínio. Mas, a partir da morte súbita de Barry Fairbrother, que repercute de diferentes formas na vida de cada habitante, J.K. Rowling revela que o dia a dia se equilibrava ali como peças de um dominó postas de pé a contragosto. Assim, a queda de Fairbrother é capaz de desestabilizar a todos, das maneiras mais surpreendentes, mostrando que ninguém é apenas o que aparenta ser.

O jornal inglês The Guardian publicou que a obra “insere o leitor em um universo ricamente povoado e minuciosamente imaginado”, classificando-a como “inteligente, detalhada e engraçada”, enquanto The Telegraph afirmou que “até Jane Austen admiraria a maneira pela qual a autora narra as notícias da morte de Barry se espalhando por Pagford como uma praga”.

'The Casual Vacancy' chega nesta quinta

26 de setembro de 2012 0

reprodução

Esta quinta-feira é o dia tão esperado pelos fãs da escritora britânica J.K. Rowling: o lançamento mundial de seu primeiro livro adulto, The Casual Vacancy (Little, Brown, 512 páginas, R$ 69,90). A obra, em inglês, já estava em pré-venda há vários meses, e as estimativas da editora dão conta que 1 milhão de exemplares foram vendidos antecipadamente.


Embora a data da edição em português, pela Nova Fronteira, ainda não tenha sido confirmada, quem lê em inglês já pode ir conferindo a partir de agora se o talento de Rowling para a escrita se estende também para o mundo da literatura adulta. Na trama de The Casual Vacancy, um vereador morre na aparentemente tranquila cidadezinha de Pagford, desencadeando uma guerra para preencher a vaga.

O livro abordaria também temas como drogas, sexo e prostituição, numa guinada radical em relação ao universo mágico da saga Harry Potter, que tornou a escritora famosa — e multimilionária (sua fortuna é estimada em mais de US$ 900 milhões).

Rowling, no entanto, não vai abandonar o público infantil, que fez com que vendesse 450 milhões de exemplares das sete aventuras de Harry Potter: ela já estaria trabalhando em novos livros para as crianças.

Eu & Harry Potter

15 de maio de 2012 0

Pottermore.com, reprodução

Olhem só o meu nome ali, juntinho ao de Harry Potter, Ron Weasley e Hermione Granger! Não, eu não virei personagem de J.K. Rowling, apenas entrei no Pottermore (

www.pottermore.com), que finalmente está aberto para todos.

Para se cadastrar, é preciso fornecer alguns dados, como data de nascimento, país de origem e e-mail. Uma vez cadastrados, nosso nome aparece encabeçando a lista de “pessoas mágicas” junto aos principais personagens da saga, e é possível “visitar” lugares como a Diagon Alley e as quatro casas de Hogwarts.

Melhor ainda: o site promete acesso exclusivo a novos textos de J.K. Rowling. Ainda estou aprendendo a “navegar” no site, mas achei bem interessante.

J.K. Rowling fala do novo livro

02 de maio de 2012 0

Joel Ryan, AP

A editora Nova Fronteira, que publicará no Brasil o primeiro romance adulto de J.K. Rowling, divulgou hoje declarações da escritora britânica sobre o novo livro:

— Escrever o romance me proporcionou o mesmo prazer de sempre, porém ele é muito diferente da série Harry Potter — disse a autora sobre The Casual Vacancy.

O romance será lançado no Reino Unido e nos Estados Unidos em 27 de setembro deste ano. A data da chegada da edição brasileira às livrarias será divulgada em breve, segundo a Nova Fronteira.

As negociações para a publicação no Brasil foram intermediadas pela agência literária The Blair Partnership.

'The Casual Vacancy' sai mesmo pela Nova Fronteira

24 de abril de 2012 1

No post anterior, contei que a Nova Fronteira e a Agir haviam tuitado que publicariam o novo livro de J.K.Rowling, seu primeiro romance adulto, The Casual Vacancy, e depois os tweets haviam sumido. Agora, entraram novos tweets da Nova Fronteira, repetindo a informação.

A Nova Fronteira também enviou um e-mail à imprensa confirmando o contrato com J.K. Rowling (os livros anteriores dela, da saga Harry Potter, haviam saído no Brasil pela Rocco). Ainda não foi divulgado o nome em português do romance, sobre uma cidadezinha em pé de guerra depois da morte de um vereador, que tem lançamento mundial em setembro.

Romance de J.K. Rowling no Brasil

24 de abril de 2012 0

Estou curiosa: há cerca de 10 minutos, entraram simultaneamente no Twitter mensagens da Nova Fronteira e da Agir dizendo “NOTÍCIA EXCLUSIVA!!! Publicaremos no Brasil o primeiro livro adulto de J. K. Rowling, “The Casual Vacancy”, romance político de humor negro.”

As duas editoras são do grupo Ediouro. Entrei no site da Nova Fronteira, e tinha lá, na coluninha dos posts no Facebook, a mesma informação. Mandei mensagem para as editoras, no Twitter mesmo, perguntando por qual delas, afinal, sairia o livro da conhecida autora de Harry Potter.

Eu estava fazendo um post aqui no blog sobre o assunto, quando, de repente, os tweets sumiram do meu Tweetdeck. Também não está mais a informação no site da Nova Fronteira.

Será que foi uma “barrigada”, como dizemos na linguagem jornalística para uma informação não confirmada?

Rowling para adultos sai em 27 de setembro

12 de abril de 2012 0

 

Joel Ryan, AP

Pagford parecia ser uma idílica cidadezinha inglesa, até o dia em que Barry Fairweather morre inesperadamente aos 40 e poucos anos. Assim começa o enredo de The Casual Vacancy, primeiro livro para adultos da britânica J.K. Rowling, a conhecida autora da série Harry Potter. O título da obra e a data do lançamento no Reino Unido e nos Estados Unidos — 27 de setembro — foram anunciados hoje pela editora Little, Brown.

 

Nas páginas do livro, segundo o site da escritora (www.jkrowling.com), os leitores vão aos poucos descobrir que, por trás da fachada tranquila de Pagford, esconde-se uma cidade em guerra. “Ricos em guerra com pobres, adolescentes em guerra com seus pais, esposas em guerra com seus maridos, professores em guerra com seus pupilos… Pagford não é o que aparenta”, revela a autora no site.

O lugar vago deixado por Barry no conselho da cidade (o equivalente à Câmara de Vereadores) torna-se o catalisador da maior dessas disputas, daí o título da obra.

The Casual Vacancy terá cerca de 480 páginas. Na Inglaterra, o preço será de 20 libras (cerca de R$ 60) na edição com capa dura, com e-book por 11,99 libras (cerca de R$ 36). Ainda não foi anunciado quando o livro chegará por aqui.