Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Posts com a tag "órbita literária"

Órbita Literária chega hoje à edição 100

04 de agosto de 2014 0
Arte de T. S. Marcon, divulgação

Arte de T. S. Marcon, divulgação

Não é para qualquer um: o bate-papo Órbita Literária chega hoje à centésima edição, mostrando que se consolidou como uma opção de debate cultural para as noites de segunda-feira.

Desde que surgiu, em março de 2012, os organizadores mudaram, mas o projeto segue firme e forte seu objetivo de proporcionar um espaço para falar de literatura. A cada segunda-feira, um ou mais convidados abordam um gênero, um livro ou um autor, com participação aberta e gratuita.

Na edição desta segunda, o formato será um pouco diferente. Em vez de simplesmente apresentar o tema, os convidados — membros da Academia Caxiense de Letras (ACL) — submeterão os participantes a um quiz literário, com perguntas sobre a literatura caxiense (e tem prêmios para os vencedores!). A partir daí, será conduzida a discussão da noite.

Para participar, basta comparecer na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), às 20h. A entrada é franca.

***

Vida longa ao Órbita, e que outras iniciativas do gênero se inspirem nele.

Órbita Literária debate Millôr

14 de julho de 2014 0
Reprodução

Reprodução

O jornalista, cartunista, escritor e dramaturgo Millôr Fernandes, conhecido pelo humor irônico que permeava seus textos e cartuns, será tema de debate de hoje no Órbita Literária, a partir das 20h, na Do Arco da Velha Livraria e Café ( Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias.

Com o tema Se Millôrar, estraga!, o painelista Tiago Sozo Marcon irá abordar vida e obra deste que foi um dos maiores intelectuais brasileiros, aplaudido por crítica e público.

A programação, como sempre, é aberta e com entrada franca. A organização é do Grupo Cultural Órbita Literária.

Dia de Órbita e de oficina literária

07 de julho de 2014 0

ReproduçãoSegunda-feira, todos já sabem, é dia de Órbita Literária, o bate-papo aberto e gratuito que ocorre semanalmente na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias do Sul, numa promoção do Grupo Cultural Órbita Literária.

Hoje, a partir das 20h, o tema em debate será Rei Arthur — Páginas de uma Lenda, com as discussões conduzidas pela painelista convidada Greice Martinelli. Ela vai propor uma viagem imaginária à antiga Britânia, terra de cavaleiros valorosos, inimigos poderosos, feitos mágicos e do lendário Rei Arthur.

E como é início de mês, também começa hoje uma nova oficina literária promovida pelo Órbita, também na Do Arco da Velha. Com o tema A Poesia de Afagar um Cão, ela será ministrada pelo escritor Marco de Menezes, e tem custo de R$ 15 por encontro (serão quatro encontros, hoje e nos dias 14, 21 e 28 de julho, sempre às 18h30min). O objetivo é analisar aspectos da vida e da obra de quatro autores contemporâneos, Wislawa Szymborska, Tomas Tranströmer, Sophia de Mello Breyner Andresen e Roberto Bolaño.

 

Agenda: hoje à noite tem Órbita Literária

30 de junho de 2014 0
Reprodução

Reprodução

Hoje é segunda-feira, portante, noite do bate-papo Órbita Literária, que chega a sua 95ª edição. O tema do encontro, aberto ao público e gratuito, é Amigos para Sempre — O Pulsar da Vida nos Personagens Literários.

A partir das 20h, na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570, Centro), em Caxias do Sul, tendo como convidados o escritor Marcos Fernando Kirst e o grupo que participou da oficina de personagens que ele ministrou durante o mês de junho.

Eles apresentam a produção da oficina, que visava analisar alguns dos personagens mais marcantes da literatura universal e investigar os motivos que os tornam eternos e tão reais para os leitores.

Vale lembrar que o Órbita ocorre toda segunda-feira, sempre com entrada franca.

Hoje é dia de jogo (e de Órbita)

23 de junho de 2014 0
Reprodução

Reprodução

Em dia de jogo do Brasil na Copa do Mundo, o tema do bate-papo Órbita Literária de hoje não poderia ser outro: Copa e literatura.

O encontro, que ocorre a partir das 20h na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias do Sul, tem entrada franca. O painelista convidado será o escritor Lúcio Humberto Saretta, autor de livros de crônicas que abordam principalmente o universo futebolístico.

Ele abordará histórias que interligam jogadores e personagens do universo desportivo ao literário. Aspectos culturais, sociais e políticos também serão abordados na conversa, que começa falando sobre a Copa de 1930 no Uruguai e se estende até os dias de hoje, com a realização da Copa no Brasil.

A torcida é que a ocasião sirva, também, para comemorar mais uma vitória do Brasil em campo!

A Rainha não está morta

09 de junho de 2014 0
Reprodução

Reprodução

Hoje é segunda-feira, portanto, noite de Órbita Literária. E para comandar o bate-papo, o convidado da vez é o jovem escritor Pedro Guerra, autor de dois romances policiais publicados nos últimos anos, entre eles A Rainha Está Morta, 4º obra mais vendida na última Feira do Livro de Caxias do Sul.

Mas não, o bate-papo não vai desmentir a trama do livro — que gira em torno de um crime ocorrido numa escolha de soberanas da Festa da Uva —, e sim falar de uma outra rainha, Agatha Christie, que, apesar de morta há quase quatro décadas, segue mais viva do que nunca entre os amantes da literatura policial.

Com o tema A Indústria Agatha Christie, o encontro vai debater vida e obra da eterna Rainha do Crime, autora de mais de 80 livros e que, ainda hoje, segue como a campeã de vendas no mundo todo (sim, suas obras somam mais de 4 bilhões de exemplares vendidos, bem a frente de best-sellers da atualidade, como J.K. Rowling ou John Green).

O bate-papo, promovido pelo Grupo Cultural Órbita Literária, começa às 20h, na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), no centro de Caxias, e tem entrada franca.

***

Quem quiser ir lendo um pouco mais sobre as obras de Agatha Christie para se preparar para o encontro, fica aqui o link de uma série de resenhas publicadas aqui no blog, além de notícias relacionadas a obras da Rainha.

Hoje também tem Órbita Literária

05 de maio de 2014 0

Às 20h desta segunda-feira, o papo na edição da semana do Órbita Literária gira em torno do tema John Steinbeck vai ao Cinema, que será abordado pelo painelista Conrado Heoli, coordenador da Unidade de Cinema e Vídeo da Secretaria Municipal da Cultura de Caxias do Sul.

Autor de 27 consagradas obras literárias e ganhador do Nobel de literatura e do Prêmio Pulitzer, John Ernst Steinbeck é um dos maiores nomes da literatura norte-americana. Admirado por sua escrita que contrasta realidade e imaginação, suas narrativas apresentam personagens profundos e tridimensionais inseridos em discussões sociais relevantes que, em muitos aspectos, permanecem atuais.

Steinbeck teve sua obra recorrentemente levada às telas por grandes cineastas, entre eles Elia Kazan, John Ford e Alfred Hitchcock. A partir das três adaptações desses realizadores para A Leste do Éden, As Vinhas da Ira e Um Barco e Nove Destinos, esta edição do Órbita Literária pretende ler Steinbeck por meio da sétima arte e promover uma discussão à respeito de adaptações cinematográficas para grandes clássicos da literatura.

O bate-papo ocorre na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias do Sul, e tem entrada franca.

Oficina de rodas de leitura

05 de maio de 2014 0
Reprodução

Reprodução

Nesta segunda se inicia a nova oficina literária promovida pelo Grupo Órbita Literária: a oficina de rodas de leitura, que será ministrada pelo escritor Uili Bergamin, que há anos trabalha com rodas de leitura. 

Segundo Bergamin, a oficina é destinada principalmente a mediadores de leitura (professores), escritores e amantes dos livros e tem por objetivo prepará-los para desenvolver essa atividade em sala de aula, bibliotecas ou ambientes afins.

— Barata e eficiente, a Roda de Leitura é uma ferramenta capaz de melhorar a leitura dos participantes, despertar o senso crítico e promover um debate saudável sobre o tema abordado. O poder de argumentação, persuasão, análise e até mesmo a audição são focados na oficina — descreve.

A primeira parte da oficina é teórica, com a utilização de datashow; a segunda é prática, com leitura e debate de textos escolhidos.

A oficina ocorre nos dias 5, 12 e 19 de maio, às 18h30min, com duração de uma hora e meia cada encontro, na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias do Sul. O custo é de R$ 15 por encontro, e as inscrições podem ser feitas na hora.

 

Nesta segunda, tem Órbita Literária

28 de abril de 2014 0

Enquanto o Congresso discute a questão das polêmicas biografias não autorizadas, um outro tipo de biografia, aquela autorizada (e muitas vezes requisitada) pelo biografado, será o tema do debate desta segunda-feira no bate-papo Órbita Literária, que começa às 20h, na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias do Sul.

Durante o encontro, será exibida a produção da oficina Biografias Autorizadas — Projeto e Aplicação, que ocorreu durante este mês e teve por objetivo o ensino de técnicas de projeto, pesquisa e construção de narrativas biográficas. Participam os oficinandos e o jornalista e escritor Charles Tonet, que ministrou a oficina. A convidada especial da noite é Amélia Dolores Berti.

Ah: como sempre, o Órbita Literária tem entrada franca.

 

Hilda Hilst pauta o Órbita Literária de hoje

14 de abril de 2014 0
Reprodução

Reprodução

A  poeta, ficcionista, cronista, tradutora e dramaturga brasileira Hilda Hilst, considerada uma das maiores escritoras da língua portuguesa do Século 20, será o tema do bate-papo de hoje do Órbita Literária, que ocorre a partir das 20h na Do Arco da Velha Livraria e Café (Rua Dr. Montaury, 1.570), em Caxias do Sul.

Com o título Hilda Hilst: Aquarelas Literárias, o encontro terá como painelista a artista plástica — e leitora contumaz — Valéria Rheis. Ela abordará o trabalho de Hilda não apenas na literatura, mas também na pintura, fazendo uma ponte entre estética e literatura.

O Órbita Literária, projeto que ocorre toda segunda-feira, tem entrada franca.