Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Coplan aprova prédio de 33 andares

07 de dezembro de 2011 29

O Conselho Municipal de Planejamento (Coplan) aprovou nesta manhã o projeto de construção do Grand Trianon. O condomínio foi planejando pela Planolar Construtora e Incorporadora e deve ser erguido em terreno entre a margem esquerda do Rio Itajaí-Açu e a Avenida Brasil, no Bairro Ponta Aguda. Para obter o alvará de construção, falta a aprovação dos técnicos da Secretaria Municipald e Planejamento (Seplan).

Em geral, projetos aprovados pelo Coplan passam também pela Seplan. Pequenas alterações são comuns durante o trâmite na prefeitura, mas nada que mude radicalmente o projeto original.

O projeto do Grand Trianon prevê 33 andares mais dois no subsolo. Com cerca de 120 metros de altura, será o mais alto da cidade. Na imagem acima, a Biosphera, empresa responsável pelo Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), fez um projeção do prédio onde ele deve ser erguido.

O EIV foi avaliado pela comunidade no fim do mês passado, em audiência pública que contou com a participação de aproximadamente 50 pessoas, entre eles, moradores dos arredores preocupados com as consequências que a novidade poderá trazer para o bairro.

Comente abaixo

comentários

Comentários (29)

  • Danielli diz: 7 de dezembro de 2011

    Parabéns a Planolar pelo belo projeto. Com certeza será um marco para a cidade de Blumenau.
    Blumenau está carente de belos projetos, principalmente em edifícios residenciais.

  • Charles diz: 7 de dezembro de 2011

    Realmente a cidade mudou com o plano diretor de março de 2010 ! Esse será o primeiro de muitos acima de 30 andares.

  • Daniela diz: 7 de dezembro de 2011

    É realmente um marco…o marco de que não valorizamos, não compreendemos, não respeitamos a nossa cidade, o marco do gesto autoritário, do discurso falso da modernidade… uma vergonha esse plano diretor tratar uma área fragil como essa como e fosse qualquer lugar… pode até estar dentro do recuo permitido por lei, mas essa lei é generica e o plano diretor se fosse bom teria tratado essa área com mais cuidado! no futuro vamos ver onde o rio vai estar… e EIV pago pela cosntrutora num plano diretor que nao regulamenta as regras pra mim nao tem validade!

  • Fernando diz: 7 de dezembro de 2011

    É muito bom para a cidade ter novos empreendimentos, porém, agora cabe a prefeitura disponibilizar condições de locomoção para estes futuros novos moradores… Vamos pensar na mobilidade urbana com maior urgência.

  • J.A.A. diz: 8 de dezembro de 2011

    Blumenau é a cidade do contrassenso. Enquanto são construídas faixas exclusivas de ônibus,com estações(sic!),dando uma falsa imagem de avanço(maquiagem apenas do que está aí), saturamos a cidade com essas construções enormes onde já não logistíca de deslocamento de veículos com as atuais ruas. Se fizermos uma círculo imaginário partindo do centro e extendendo até os bairros veremos que nos últimos 30 anos pouco ou nada foi feito para o futuro. Vamos daqui a Gaspar pela mesma rua Itajaí; vamos para a Vila Itoupava pela mesma rua ou rodovia.Nessas duas situações com vias com mão dupla,em pista única!.Não se beneficia o pedestre,o ciclista e os veículos. Esse é o legado deixado pelos prefeitos pós Zadrosny, com exceção de Félix Theis. Pensaram e pensam como o atual no momento. Fazem faixas e prédios modernos e temos pinguelas e pontes de madeira em áreas centrais e bairros residenciais. Modernismo onde o ônibus quando sobe o morro da companhia Hering não pode cruzar com outro veículo, em curvas, pois não há espaço para essas manobras. Rídiculo o que fizeram e fazem em nossa cidade. Prefeitos péssimos, populistas, ou voltados para os interesses de empreiteiras ou grupos fechados. Nossa cidade em 10 anos no máximo ficará intransitável. Que dizer então, das enchentes e enxurradas? Nada de concreto é feito para amenizar. Mora-se no Japão com terremoto, correto? Mas atuações específicas do governo tentam, e conseguem, minimizar a situação. Aqui, um orgulho besta do tipo”ah, limpamos a cidade em 3 dias,após enchente e enxurradas”. Ora, desde 1984, última grande enchente nada de concreto para minimizar é feito. Onde estão os orgulhosos da cidade que moram, sociedades de amigos, sindicatos,conselhos profissionais e outros tantos grupos daqui para cobrarem do poder público soluções efetivas para minimizar essas enchentes? Me perdoem mas esse orgulho de cidade limpa pós enchente, me parece um estuprador(enchente) nos estuprando(população) Denunciamos a ação, nos limpamos(desculpe a exposição com exemplo pesado) e após algum tempo, não sabendo quando, lá vem ele novamente fazendo o crime e nós, passivamente voltamos a limpar e o ato se repete sem sabermos quando. Não se prioriza a população, senão como admitir um supermercado como o Giassi construído em plena área já saturada. Parece que o atual prefeito quis imitar o anterior que permitiu a construção do supermercado Big em local impróprio, fora que Décio Lima, fez dois terminais,Fortaleza e Proeb, em locais horrorosos.
    É triste escrever isso, mas esse é o legado deixado por esses pseudo administradores, pois se for aqui expor precisaria de mais 5000 linhas para expor as aberrações que fazem em nossa cidade sem qualquer visão de futuro, apenas maquiagem do que está pronto e nada de melhorias efetivas. Se acham que há exagero, conheçam nossa cidade indo pelos bairros periféricos e verão absurdos que se vê em cidades grandes não em cidades interioranas como a nossa. Triste.

  • paulo diz: 8 de dezembro de 2011

    Parabens……
    mobilidade para novos moradores…..,said so 30 apartamentos, case a mobilidade para os predilection den 8 apart por andar?????,com somente 10 andares.

  • karl ostenvald grenadier diz: 8 de dezembro de 2011

    Pronto! …
    Sr. Prefeito, Sres Secretários do ATUAL Executivo Municipal que EXECUTAM , mais uma vez , a margem esquerda do rio que é de todos: depois não venham colocar as culpas em outras entidades pelas agressões á natureza, aos desastres , as inundações, a alteração das encostas, entornos, permeabilidade do solo…
    Depois não venham a exigir e nem permitam que venham a exigir o pagamento de vultosas quantias e a aplicação de enormes despesas PÚBLICAS com a recuperação de obras desnecesárias E DA INICIATIVA PRIVADA…
    Depois vão vir,nas proximas inundações, seguramente, outros iguais a voces, imprevidentes e vociferantes, exigindo sem razão medidas extremas, caras, em beneficio de poucos e agressivas ao meio ambiente…Até parecve que já dá para enxergar, no triste horizonte da cidade, um “bonde dos senhores” de pires na mão, pedinchando ervanário nipónico, alemão, sulafricano e comprando, junto a isso, planos faustosos, irreais, desnecesários e mesquinhos porque para poucos… Para poucos…

    Será que esses 50 que participaram dessa tal de audiencia pública sabem que representam uma cidade? será que eles são representantes de alguma coisa que não seja o poder economico-politico ???

  • Filipe Mixed diz: 8 de dezembro de 2011

    Espero que esse seja o primeiro de muitos… Para uma cidade crescer cada vez mais ela tem que demonstrar que está crescendo. E prédios com mais de 30 andares fazem isso muito bem!

  • Edu diz: 8 de dezembro de 2011

    Parabéns COPLAN!!

    vamos encher nossa cidade de prédios altos. Vai ficar linda! O verde nos morros ao fundo de nossos cartões postais são feios demais! Agora sim, agora as paisagens de nossa cidade ficarão bonitas!

  • Dário diz: 8 de dezembro de 2011

    Eu gostaria de saber quando é que nossas autoridades vão realmente investir em mobilidade urbana que desafogue o caótico trânsito blumenauense? É inadmissível e insustentável essa atual situação. Como pode uma cidade de porte mediano sofrer tanto com isso e não haver quem ao menos apresente soluções? Nossas ruas, creio, no passado eram passagens de carroça pois só dá pra um carro em cada pista. Porque motivos ainda não realizaram desapropriações para alargá-las? Nas entradas da cidade é aquela fila interminável que desafia a paciência de qualquer um. Também não se houve falar em ações que resolvam essa problemática. Eu espero que o povo vote em pessoas cujas promessas atentem para soluções aos casos ventilados, e se não cumprirem com o prometido que se parta para outro nome, até que alguém seja capaz e competente para por termo a esses problemas.

  • Leonardo Contesini diz: 8 de dezembro de 2011

    Mais um empreendimento para inflar o ego provinciano blumenauense. Blumenau é a única das cidades de mais de 100 mil habitantes que conheci que não faz túneis, passarelas ou viadutos.

    A engenharia é uma das mais fortes marcas da cultura alemã, que a cidade tanto valoriza e pensa que preserva. O que se vê por aí é uma série de projetos estúpidos, que transferem os problemas de um lado para outro, como um cobertor curto e furado em uma noite fria.

    É patético, pra dizer o mínimo. Típico desse povo que não consegue olhar além do quintal do vizinho.

    Me pergunto o que tanto fazem e fizeram as comitivas da prefeitura em suas históricas viagens à Alemanha…

  • Rosana diz: 8 de dezembro de 2011

    Carambaaaaaaaaaa, a margem esquerda caindooooooo, e vão construir um prédio de 33 andares!!!!!!!!!!!!!! Coragem desse pessoal e mais ainda da construtora. Tanto terreno para isso e tem q ser logo no centro??????

  • Rosana diz: 8 de dezembro de 2011

    Caramba……………….. Tanto lugar pra construir um espigão, tem q ser logo na margem esquerda q tá caindooooo???????? kkkkkkkkkk aja muro de contenção!!!

  • Cidadão diz: 8 de dezembro de 2011

    Quanto $$$ que cada um da Coplan e Seplan levaram nessa??? Sem falar o JPK que deve ter feito seu pé de meia.

  • david it central diz: 8 de dezembro de 2011

    A VERDADE É UMA SÓ: ANDEM EM QUALQUER VALE EUROPEU EM CIDADES DA ALEMANHA, FRAÇA DE GEOGRAFIA SIMILAR A DE BLUMENAU, E JAMAIS VERÃO UM ARRANHA-CÉU COMO ESSE NUM LOCAL COM GEOGRAFIA TÃO ACIDENTADA COMO A DA NOSSA CIDADE!! O RIO ITAJAÍ A CADA ENCHENTE MUDA SUA DINÂMICA CARREGANDO TUDO O QUE ESTÁ AO SEU REDOR. DIVERSOS RIOS E MORROS, NÃO SE CONSEGUE TER 2km QUADRADOS DE ÁREA PLANA AQUI, O PLANO DIRETOR DE BLUMENAU A QUEM TODOS SE REFEREM DE 2010 É COMPLETAMENTE FALHO, O VERDADEIRO PLANO DIRETOR, SE É QUE EXISTE TAL PLANO, É O QUE DR. BLUMENAU CRIOU A QUASE 150 ANOS ATRAS, E FOI DESFIGURADO POR ADMINISTRAÇÕES PUBLICAS IGNORANTES E GANANCIA DE POLITICOS E EMPRESÁRIOS!!
    A VERDADE É, O LOCAL ONDE VIVEMOS NÃO COMPORTA A CIDADE AQUI INSTALADA, A CIDADE PRECISA SER DESCENTRALIZADA URGENTE, HOJE PRA SE LOCOMOVER DE NORTE A SUL DA CIDADE VOCÊ É OBRIGADO A PASSAR PELO CENTRO DA CIDADE, ISSO É TOTALMENTE ERRADO!! E QUANTO A ESTA OBRA, PRIMEIRO DEVERIAM FAZER A CONTENÇÃO DA MARGEM ESQUERDA E DEPOIS PENSAR EM SE COLOCAR UM EMPREENDIMENTO DESTE PORTE NO LOCAL!!

  • Rui diz: 8 de dezembro de 2011

    Confundir prédio alto com desenvolvimento ou progresso é a versão arquitetônica do cara que coloca rodas de liga-leve, som digital e DVD no chevette. É usar gravata com camisa de manga curta. É sapato e calça social com meia branca. É achar que está transmitindo uma imagem positiva, mas na verdade estar passando uma baita vergonha.

  • Luis Guilherme diz: 8 de dezembro de 2011

    Uma cidade que se diz tão desenvolvida que mal tem saneamento básico, que não tem alternativas de mobilidade e que CONSTRÓI NA BEIRA DO RIO! ali não é lugar de arranha céu, é lugar de MATA CILIAR. As audiências públicas de faz de conta já são pratica comum nesse município de administração DÉSPOTA. Quando que vamos parar de viver no faz de conta e cair na realidade? Quando que as coisas nessa cidade vão ser decididas de forma democrática? Sempre é uma meia dúzia de empresários que decidem, e nosso governo, que pagamos caro para nos representar representa apenas essa meia dúzia de poderosos. Um dia a população vai acordar, e se for tarde demais a coisa vai ficar feia pro lado deles.

  • Gill diz: 8 de dezembro de 2011

    Dou os parabéns pelo grande projeto, mas seriam mais veiculos se deslocando em nosso transito cauótico pela região central da cidade e também decaracterizando a paisagem da cidade. Dai onte fica o projeto Blumenau 2050??

  • Celso diz: 8 de dezembro de 2011

    Foi a COPLAN que aprovou aquele viaduto na via expressa que vai ligar a BR 470. Eu confesso que não entendi aquilo lá, a Via Expressa é uma via com 2 pistas de cada lado e o viaduto vai fechar com pista simples. Sabe-se que tem um projeto de ampliar a via expressa até a Vila Itoupava e como vai ser quando for viabilizado. Vão demolir o viaduto?

  • david p/ rui diz: 8 de dezembro de 2011

    kkkkkkk… EXCELENTE COMENTÁRIO, ANALOGIA PERFEITA!!!!
    CONCORDO 100%!!!!

  • Gordo diz: 8 de dezembro de 2011

    Conhecedor do projeto deste edifício(Não tenho apto no local), mas já tiver oportunidade de conhecer, vejo quanta bobagem que os “leigos” emitem a opinião equivocada e errada. Cada cidadão tem liberdade para expressar sua opinião.
    Mesmo vindo de fora da cidade, mas a muitos anos por aqui, vejo que o povo blumenauense é o que mais reclama de tudo.
    Tudo nessa cidade é motivo de polêmica.
    A questão da mobilidade urbana é de responsabilidade dos órgãos públicos e não do empreendedor/construtor.
    Concordo com o comentario do LEONARDO, Blumenau é uma cidade com muitos poucos túneis, passarelas, viadutos, elevados. Mas isso é uma questão de representatividade política. Pois estou direto em Florianópolis e como lá construir um elevado em menos de 1 ano. E aqui em Blumenau qualquer obra pública de porte médio leva mais de 2 e as vezes chega a 4 anos?
    O Blumenauense deveria reclamar menos e agir mais, começando a votar em gente nova, me políticos novos com mentalidade nova, politico daqui da região.
    Voltando a questões de novos empreendimentos, a região da rua 7 de setembro perto do Posto da Royal até o antigo INSS vão sair novos empreendimentos de grande porte, como edifício de 35 andares residencial, 15 andares de comercial, faculdades, restaurantes. Acho positivo revitalizar aquele espaço tão abandonado da cidade. Mas tem que se pensar no trânsito, mas como ja disse, isso é uma questão dos órgãos públicos e não dos empreendedores.
    Como já disse aqui, Blumenau tem que ser mais receptiva com os empreendedores que querem empreender em Blumenau, pois tudo há muita dificuldade, tudo é demorado. Enquanto isso, as cidades vizinhas estão cada vez mais abocanhando os investimentos de empreendedores que desisitem da nossa cidade por tanta burocracia por parte dos órgãos públicos.

  • Vera Radtke diz: 8 de dezembro de 2011

    Com todo este histórico de deslizamentos da margem esquerda aprovam este projeto!!! A região do Vale não merece esta construção que só vai enfeiar nossa cidade. E onde fica a área que os japoneses da JICA para jardins e parques?

  • André diz: 8 de dezembro de 2011

    Isso rolou muitas $$$$$$$$$$ por fora!! Como em todas as atuais obras em nossa cidade. Parabéns Coplan e Seplan por fincar esse futuro espigão. Vai ficar uma maravilha!!!!!!!!!

    E os acessos??, a futura ponte ligando a ponta aguda??, isso ninguém meche ou fala.

  • Bruno diz: 8 de dezembro de 2011

    O edifício será construído sobre uma área que já não tinha permeabilidade, ou seja, havia outra construção no local ocupando exatamente o mesmo perímetro.
    Rui, você está está correto no que diz respeito a elegância das cidades que tem o plano diretor é como Paris (criado por Napoleão e respeitado na sua essência). Infelizmente este não é o nosso caso. Agora edifícios altos são uma vergonha? Vejam como Balneário Camboriú está mal perante o mundo. Cidade que recebe investimentos na casas das centenas de milhões, onde não falta hotel nem restaurante, onde se tem o que fazer a qualquer hora do dia e da noite e a mobilidade está em constante evolução.
    Deixem de ser provincianos, em Blumenau tem muito cacique pra poucos índios, inclusive logo surge um movimento pra devolver as terras à eles, porquê seguindo a linha da maioria dos comentários logo nenhuma empresa investe aqui.

  • Simone da F Arantes diz: 8 de dezembro de 2011

    Belos e muito pertiente comentário J.A.A.

    A pergunta que não quer calar, no entanto, é:

    COMO VAMOS TRANSFORMAR BLUMENAU EM UMA CIDADE VERTICAL SE NOSSAS RUAS, JÁ HOJE, NÃO COMPORTAM TAL COISA?

  • Schmitt diz: 8 de dezembro de 2011

    o maior contrassenso é o que a atual administração da PMB cometeu com a aprovação desta ‘obra’:

    - se o plano diretor estimula a expansão das regiões norte e oeste
    - se a própria prefeitura prevê a relocação de sua estrutura física para a região do Aterro
    - se o terreno onde será construído o arranha-céu quase foi levado pela última enchente

    me parece que o discurso técnico da prefa virou demagogia quando interesses financeiros entraram em campo.

    daqui a pouco começo a acreditar que a nova ponte do Centro sirva somente para livrar os futuros moradores desta torre dos congestionamentos blumenauenses…

  • Ringo diz: 8 de dezembro de 2011

    1-O prédio vai sair de qualquer jeito.
    2-Existem questões objetivas com esse prédio, e outros problemas que são mais amplos.
    3-Eu acho que, em geral, a política de zoneamento e a especulação imobiliária de Blumenau sofrem de desvios em relação ao que seria melhor para a cidade a longo prazo. Em resumo, a expansão para o Norte não é adequada, e as Itoupavas estão virando favelões. Blumenau só existe do lado de cá da BR-470. É óbvio que o adensamento é inevitável em certo sentido, mas isso não pode ser aleatório. É gritante a diferença entre as regiões. Quantos supermercados grandes existem do lado de lá da BR? Quantas escolas particulares?
    4- Gaspar virou uma metrópole só por causa daqueles dois prédios no centro? Balneário faz uma linha de prédios, eu até acho bonito. Mas um prédio isolado é bonito? Freud explica? Eu não vejo condições para uma linha de prédios de 30,40 andares naquela região, e mesmo que um dia exista, ali não é o melhor lugar. E como vai ficar com as novas pontes? Os projetos combinam? Mas no fim considero que a estética é até uma questão menor nesse caso.
    5- Lógico, cada família ali vai ter mais de um carro. E empregados, prestadores etc Fora a obra em si. Será bom morar ali? É no centro e tal, o impacto é diminuído, pode ser, a vista vai ser fantástica. Se a cidade concede em dar esse privilégio, acho justo então que alguém desfrute dessa regalia.
    6- Realmente, o povo participa pouco também. Escrever aqui vale alguma coisa? Talvez. E ir nas reuniões? Talvez também, embora seja um pouco mais relevante. A verdade é que temos uma carência de líderes, e uma falta maior ainda de criatividade. E a lentidão do poder público contribui para uma certa apatia. Quantos anos para se fazer (de maneira errada) o viaduto da mafisa? E a beira-rio? Corredor de ônibus chega a ser ofensivo, quase sempre vazio (pouco ônibus, ou então um atrás do outro).
    7- Eu gosto de morar em Blumenau porque acho a região estratégica e cheia de oportunidades para negócios e trabalho (e claro, moro do lado de cá da BR).

  • Blumenau2051 diz: 12 de dezembro de 2011

    Sr. Schmitt.

    Você acredita nesta bobagem de crescimento “apenas” da região NORTE, ou agora como dizem também OESTE?
    Daqui a pouco já vão dizer que o crescimento será para as regiões NORTE, OESTE e LESTE e mais um tempo adiante vão incluir o SUL também.

    Uma cidade é porque tem todas as regiões, ao redor, e mais um centro.

    Se vão estimular para apenas uma direção no meu ver, é o mesmo que fazer uma nova cidade e qual a vantagem disto?

    No norte podem fazer qualquer coisa, até mesmo um prédio de 50 andares e no CENTRO não pode ter um de 33 andares ?, por que?
    Porque um prefeito falou que tem que ser na região norte? por que?
    Porque lá não pega enchente – MENTIRA, lá pega sim e o NORTE é a primeira região de Blumenau a pegar enchente.
    Para você ter uma idéia a região NORTE é atingida por enchente muito antes da VELHA e do GARCIA, se dúvida verifique as quotas de cheias no site da defesa civil.

    E os morros, a região sul é cheia de morros como a velha também. Concordo, porém na região NORTE também tem morros, (Fidélis, Tatutiba, Serra da Vila Itoupava …) e os morros foram problemas para a Suíça? para Italia, Serra do Rio do Rastro? o problema é o mau uso dos morros quer um exemplo no NORTE. Vá na margem esquerda próximo ao CAIC,lá tem um morro aonde mais ou menos umas 10 casas tiveram que ser abandonadas, pois estavam caindo, repito, na região NORTE.
    assim vc pode andar por toda a Rua Amazonas, e ver que não tem nenhum morro na rua Amazonas, é plana, e boa parte desta via nem pega enchente.
    Veja o bairro Progresso, foi instalado o maior condomínio destes da minha casa minha vida, como poderia ser lá?, se é no extremo SUL? e o crescimento deveria ser para o NORTE. Então este que foi o maior condomínio da CEF, deveria ser construído no terreno atraz do terminal aterro, você não concorda?, pois o prefeito quer o crescimento para o NORTE, então como pode mandar tantas pessoas morarem em área de risco.
    Basta vc ir até este condomínio e verá que além de não pegar enchente, também não tem morro algum, e é no EXTREMO SUL.
    Então poderia ficar escrevendo muito aqui, muitos erros deste tal crescimento da região NORTE, porém finalizo.
    Isto está enganando as pessoas, que estão comprando imóveis super-valorizados na região norte, com a expectativa de que lá será construído a nova Blumenau, e por traz de tudo isso estão pessoas se aproveitando da situação e ganhando dinheiro.
    Coitado dos que acreditam e estão pagando os imóveis com ágio, (jogando dinheiro fora).
    No futuro quando blumenau tiver uma nova enchente na proporção dos 15 metros como em 1983 e 1984 aí verão o que estou falando de enchente, na margem esquerda (I. Central), vai pegar até em imóveis de dois pisos, pode escrever.

    SLOGAN PARA O PRÓXIMO PREFEITO.

    Blumenau 2051 DESENVOLVIMENTO SUSTENTÁVEL em todas os lados da cidade, chega de crescimento desordenado apenas da região Norte.
    não acredita: veja só: por lá passa a BR, como poderá passar pelo centro da cidade?
    por lá teríamos dois campos da UNIASSELVI dentro, eu disse DENTRO do novo centro de Blumenau, como pode, se no atual não é no centro e já provoca problemas, e o distrito industrial onde será, também no centro, passando os caminhões das indústrias indo em direção as rodovias.

    ACORDE BLUMENAU.

    Agora pense um pouco na região da VELHA, onde pega enchente?, onde cai barreiras, quando espaço há naquele bairro para crescer também !!!.

  • Schmitt diz: 13 de dezembro de 2011

    Blumenau2051

    eu apenas repeti a opinião dos técnicos, e da qual compartilho. porém você disserta como se soubesse das coisas, e entre arquitetos, urbanistas e engenheiros e sua opinião, prefiro ficar com a dos primeiros. se você se dignasse a buscar informações credíveis sobre o que vai falar/escrever, não desperdiçaria parágrafos neste blog.

Envie seu Comentário