Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Quero-Quero está há 10 anos sem voos comerciais

22 de julho de 2012 20

Da porta do hangar que foi alugado para abrigar a sede administrativa do Aeroporto Regional de Blumenau – nome oficial do popular Aeroporto Quero-Quero –, o presidente do Seterb, Rudolf Clebsch, protege os ouvidos.

Quer evitar problemas que podem ser causados pelo barulho dos motores do jatinho Learjet 40, de um empresário blumenauense, que manobrava para decolar em direção a Canela, no Rio Grande do Sul.

– Esse mesmo empresário já fechou grandes negócios com clientes que só vieram a Blumenau graças ao aeroporto – diz Clebsch, na esperança de deixar clara a importância da estrutura para o desenvolvimento econômico da região.

O Learjet 40 foi um dos quatro aviões que vi usar a pista enquanto estive no local, por pouco mais de uma hora, na manhã de quinta-feira, na mesma semana em que, há 10 anos, a empresa Ocean Air desistia do voo diário que fazia entre Blumenau e São Paulo devido à baixa procura.

Os avanços

A crença de que o Quero-Quero é importante para o desenvolvimento da região é o que mantém o trabalho em andamento. Apesar do ritmo lento, algumas coisas mudaram. A vegetação ao redor da pista vem sendo roçada para evitar pássaros, em especial o Quero-Quero, que deu nome ao aeroporto.

Os donos de imóveis nos arredores sinalizaram as partes mais altas. Há pessoal capacitado para as operações do aeródromo.

– Se uma empresa quiser oferecer voos regulares, transformamos este hangar em terminal de passageiros em uma semana – explica o presidente do Seterb.

O desinteresse

Por que, então, as empresas aéreas não se instalam no Quero-Quero? São vários os fatores. Muitos dizem que o blumenauense tem medo de voar em aviões de pequeno porte. As empresas que manifestaram interesse pediram para que a prefeitura e as entidades empresariais garantissem a venda das passagens, o que não foi aceito.

Também não há vagas para novos voos no aeroporto de Congonhas, principal destino do blumenauense. Por fim, as passagens custariam mais, já que na maioria dos casos os clientes não poderiam aproveitar o atual programa de milhagens.

O interesse

Enquanto isso, o aeroporto tem sua utilidade. O Aeroclube de Blumenau, uma das mais respeitadas escolas de aviação do país, é quem mais usa a pista. Os voos de aviões particulares são constantes. Cinco aeronaves têm hangar no local e donos de outras já manifestaram interesse.

Aviões de transportes de valores pousam frequentemente, assim como UTIs aéreas usadas no transporte de pacientes e órgãos que serão transplantados. O foco é incentivar a aviação executiva, sem deixar de mirar na aviação comercial.

As pendências

Falta muito para o aeroporto chegar perto do desejado pelo Seterb. Para receber aviões maiores, eucaliptos e antenas de rádio precisam ser removidos. Imóveis deveriam ser desapropriados pela prefeitura. Não há iluminação para operações noturnas e uma pista auxiliar interditada só será liberada quando uma cerca de 700 metros de extensão for recuada. E nem para isso há dinheiro.

O mais desejado é a ampliação da pista, mas essa, se vier, só será possível depois da construção da nova rodovia estadual que vai tirar o tráfego pesado da Rua Pedro Zimmermann. Até lá, é esta a pista que temos.

Comente abaixo

comentários

Comentários (20)

  • junior diz: 22 de julho de 2012

    O que não quer dizer que esse empresario deixaria de fechar os negócios caso não houvesse o aeroporto, obviamente. Isso por si só, joga por terra toda a necessidade blá blá blá….

  • Adrian diz: 22 de julho de 2012

    Boa noite Pancho! Como vai?

    Eu utilizo o aeroporto de Navegantes, Joinville, Florianópolis e até mesmo Curitiba quase todas as semanas. É lamentável uma cidade do porte de Blumenau não ter um aeroporto!
    Por que não Azul e Trip operarem seus turbo-hélices (ATR 42/72) por aqui? Os aviões são super seguros e tem capacidade de até 70 passageiros. Eu sei das limitações do nosso aeroporto, mas por que o governo não se mexe? E se não for possível no local atual, não teríamos uma outra localidade para fazermos um novo aeroporto com maiores capacidades?
    Eu como Blumenauense fico um tanto como decepcionado em não ter voos comerciais aqui na cidade, por que perder no minimo todas as semanas 4 horas entre idas e vindas dos aeroportos, é muito ruim.

    #aeroportoblumenau JÁ!

    Abraços!!!

  • Valdemir Nicoletti diz: 22 de julho de 2012

    Vai que repente o seterb resolve instalar uma sinaleira na pista do aeroporto, assim como faz em nossas ruas complicando ainda mais o nosso transito, e então avião nenhum pousa mais ali, ficando assim o Sr. Rudolfo Clebsch sem a necessidade de proteger os ouvidos.

  • Adrian diz: 23 de julho de 2012

    Uma cidade como Blumenau necessita e merece um aeroporto descente, até para poder atrair novos investimentos e gerar novos negócios. O problema é que deixaram a cidade crescer às margens do mesmo, o que já o torna completamente inviável. É lamentável termos que nos descolar até o aeroporto de Navegantes, pela estrada da morte (vulgo BR470), enfrentarmos filas.
    Infelizmente, Blumenau não é e não foi uma cidade planejada. Nunca, NENHUM prefeito se preocupou com isto e tomou as ações necessárias. Portanto, quem semei vento, colhe tempestade.
    Se necessário for, o jeito é pegar a estrada da morte e se dirigir a Navegantes…
    Aeroporto Quero-quero voltar a funcionar? Utopia.

  • SIDO diz: 23 de julho de 2012

    Infelizmente falta vontade política de nossos governantes para dar ao aeroporto de Blumenau condições para que possa ser operado comercialmente. É muito bla bla bla e nada de concreto se resolve. Enquanto cidades menores como Joaçaba, Lages e Chapecó dão um banho em Blumenau, nós pobres pagadores de impostos temos que nos sujeitar a incompentecia de nossos administradores locais. A muito tempo as obras solicitadas nas cabeceiras sul e norte deveriam estar concluídas, assim como o balizamento noturno. Mas infelizmente o Blumenauense pensa pequeno e seus governantes não sabem agir de forma diferente. Realmente oferecer a companhias aéreas o aeroporto nas condições atuais é uma sacanagem, pois lá não existe nada além de um galpão/hangar alugado. Temos que adequar o aeroporto primeiramente e depois com certeza teremos empresas interessadas em operar aqui, do jeito que esta realmente não existem condições. O que me preocupa é que em Blumenau as coisas são muito complicadas e exisatem muitos interesses obcuros atrás de toda essa falta de interesse, com certeza para a Infraero de Navegantes não é nada interessante em perder boa arte de seus passageiros para BLumenau. Infelizmente nossos deputados federais e estaduais são figuras meramente decorativas pois não conseguem exercer nenhuma pressão sobre quem realmente poderia resolver alguma coisa com veras para essa finalidade. FIca minha indignação com mais este descaso entre muitos que temos aqui em nossa cidade.
    Enquanto isso num ano eleitoral querem que eu acredite que Blumenau é a melhor cidade em SC para se viver…………..tenham a santa paciencia ………..porque pesquisa encomendada com esse tipo de mentira não cola mais.

  • André Silva diz: 23 de julho de 2012

    SP, 25 milhões de habitantes, atendidos por 3 aeroportos (Congonhas, Guarulhos e Campinas). Qual o problema de ir até Navegantes, ou Joinville ? Eu mesmo, vire e mexe, vou até a longinquá Florianópolis (2 hs, tempo de Guarulhos até Congonhas), para aproveitar as ofertas de passagem. Qual o problema? É a mesma mania que o blumenauense tem, em querer sempre parar na porta da loja, e por isso fica dando umas 4 ou 5 voltas na Rua XV. Mania de tudo no portão.
    Por mim, fechava o Quero-Quero para aviões e o transformava numa pista de arrancada.

  • Paulo Bento diz: 23 de julho de 2012

    Como centro da Região Metropolitana do Vale do Itajaí, pressupõe-se que Blumenau também atue em conjunto com o interesse de todos. Comporta um Aeroporto para uma cidade de 350.000 habitantes? É para atender cidades do interior dos Estados do Sul ou focar exclusivamente na linha BNU SP? O negócio com ela já é duvidoso e sem ela como fica? O interesse aqui não é só SP? Navegantes SP têm mais de 15 opções diárias para SP e outras para diversos locais cujo acesso terrestre fica a 50 km de BNU. Aliás, distancia pequena de qualquer aeroporto do mundo, que o digam os usuários habituais. Aviões maiores, mais seguros, confortáveis, rápidos e acima de tudo para diversos aeroportos paulistas. Por que não juntar mais ainda esforços da comunidade, Acib, Prefeituras de Cidades vizinhas e etc, para duplicar a 470 e ter acesso amplo e rápido a Navegantes e dotar o Aeroporto com melhores condições e acrescentar mais voos, atendendo e viabilizando economicamente toda a região que tem mais de 1.2 milhões de pessoas. Com uma boa BR 470 todos os segmentos econômicos serão beneficiados: acesso a portos, cargas, turismos rodoviários, comercio, universidades e etc. O Quero Quero está liberado para pousos comerciais particulares e que assim continue para particulares. As condições meteorológicas de Blumenau são mais severas que Navegantes, restringindo voos. O tempo de deslocamento de casa ao Quer Quero dependendo de onde mora o usuário não é o mesmo que Navegantes? Dois Empresários de visão criaram uma empresa para operar com helicópteros na Região, com foco entre BNU e Navegantes. Analise do negocio passou pela inviabilidade de implantar um aeroporto tão perto de outro na Região. Na hipótese de implantar quantos voos diários teríamos? É possível expandir o local? Será que devemos criar outra inviabilidade comercial de dois aeroportos próximos como Navegantes e Joinville onde um inviabiliza os investimentos macros do outro. Não é a toa que o aeroporto de Araguari já esta se tornando realidade. Sempre reside em Blumenau e falo de conhecimento próprio, fui usuário semanal durante mais de 25 anos, alternando aeroportos de Joinville, Curitiba, Florianópolis e Blumenau. E perdi muitos voos pelo clima de Blumenau, ouvi muitas manifestações técnicas inclusive de pilotos de que a segurança efetiva de voos é caríssima com mais de 15 pontos de aproximação e que não temos condições de ampliar pistas e aviões de capacidade limitada. O debate de assuntos comunitários devem contemplar interesses coletivos e não individuais. Sim a BR 470 e não ao Quero Quero meia boca, porque é inviável sua emancipação.

  • LUIS EDUARDO diz: 23 de julho de 2012

    Sr. André Silva, com toda franqueza o seu comentário é ridículo e desprovido de senso de lógico. Melhor ficar quieto do que escrever besteiras.

  • waldir diz: 23 de julho de 2012

    PARA QUE AEROPORTO EM BLUMENAU? TEMOS EM JOINVILE NAVEGANTES FLORIANOPOLIS E POR AI A FORA SO PARA UNS QUE QUEREM MANTER A POSE? PENSEM EM OUTRA COISA A RODOVIARIA ESTA LA CAINDO AOS PEDACOS E PREFEITURA VAI ENTREGAR LOGO LOGO PARA UM GRUPO DE LIGEIRO QUE TEM TRANSITO DENTRO DO SETERB VC AINDA DUVIDAM? GUARULHOS TEM O T RIPLO DE DISTANCIA DE SÃO PAULO EM RELACÃO A BLUMENAU E NAVEGANTES COMO E FACIL GASTAR A GRANA DOS OUTROS.

  • Adrian diz: 23 de julho de 2012

    Pessoal, boa tarde!

    Numa boa? Pensem no futuro, e não no presente! Como vai ser daqui a 30 anos com Blumenau com mais de 500.000 habitantes?
    Pensem nisso!

    #Aeroportoblumenau já!

  • LUIS EDUARDO diz: 23 de julho de 2012

    Percebo que em Blumenau o pessoal pensa realmente pequeno.
    Com certeza esses pequeninos nunca sairam dos arredores da cidade e não conhecem o mundo. Muitos devem ter complexo da propria inferioridade …… coitadinhos.
    Realmente para quem não utiliza um aeroporto fica facil meter o pau ……… é so precisar viajar toda semana que vão mudar de idéia já já.

    Agora a maior piada li no final de semana em tua coluna Pancho; e essa pérola veio de um canditado a prefeito de Blumenau >> Querer transformar o aeroporto de Blumenau num aeroporto de cargas ….. literalmente viajou na maionese e não sabe o que esta falando, não entende absolutamente nada do assunto e falou abobrinha. Bem se um canditado falou essa besteira e os outros 3 como de costume somente enrolaram e não falaram coisa com coisa ….. pobres dos blumenauenses.

  • Paulo Bento diz: 23 de julho de 2012

    Luiz Eduardo, a educação manda e o debate foi assim proposto de maneira honrada e honesta pelo Pancho de que o leitor se manifeste a sua opinião e não criticar os outros Você está se omitindo em dar a sua e além de tudo escondendo-se atrás de críticas de caráter pessoal com expressões tipo pequeno e etc. Nunca vi isto. Nada acrescentasse ao debate a não ser ocupar espaço de forma autoritária e desagradável. Não te vejo como pessoa que habitualmente chamamos de educada. Talvez por que estas acostumadas a tratar teus subordinados desta maneira, na bordoada. Pelo relato a tua enorme experiência como usuário de voos deve ser a única e inatingível pelos demais e livre de contestações. Só a tua avaliação é valida e correta. Os outros são como dizes, “pequenos” para avaliar. Repito, afinal qual é a tua opinião? Em nenhum momento você a transmitiu só criticou outros. É muito feio e sem personalidade assim proceder. Vai com calma. Acho que deverias responder e se desculpar pela grosseira das tuas respostas, principalmente ao Andre Silva além de todos nós os demais, que nos rotulasse de “pequenos” e desassociados de capacidade de darmos a nossa opinião. Sinceramente você não soma numa pesquisa de opinião. Com todo o respeito é claro.

  • Paulo Melim diz: 24 de julho de 2012

    INFESLIMENTE EM BLUMENAU AINDA PERSISTE UMA MENTALIDADE PROVINCIANA E ARCAICA, É NECESSÁRIO MANTER A TRADIÇÃO, MAS NÃO SE PODE ESTACIONAR NO TEMPO ALGUMA QUESTÕES SÃO SÉRIAS, UM AEROPORTO PELO MENOS DO TIPO MÉDIO OU REGIONAL COMO QUEIRAM JÁ DEVERIA EXISTIR EM BLUMENAU HÁ MUITO TEMPO,ONDE OS EMPRESÁRIOS E O GOVERNO DE BLUMENAU PÕEM O DINHEIRO DE IMPOSTOS TÃO CAROS EXISTENTES EM BLUMENAU, BLUMENAU É UMA DAS CIDADES MAIS CARAS DO PAÍS, CADÉ O DINHEIRO, É O MESMO NO FUTEBOL HÁ MUTO ERA PRÁ BLUMENAU POSSUIR UM ESTÁDIO MUNICIPAL, GINÁSIO DE ESPORTE MUNICIPAL, CADÉ O DINHEIRO, CADÉ O DINHEIRO…………..

  • david BNU rage against the system diz: 24 de julho de 2012

    “Se uma empresa quiser oferecer voos regulares, transformamos este hangar em terminal de passageiros em uma semana – explica o presidente do Seterb.”
    ALGUÉM ACREDITA QUE ISSO PODE ACONTECER MESMO?? A MAIS DE 20 ANOS NÃO MELHORARAM A INFRA-ESTRUTURA DO BAIRRO IT. CENTRAL E ACHAM QUE EM UMA SEMANA CONSTROEM UM TERMINAL??KKKK

  • Jefferson Formento diz: 24 de julho de 2012

    Pancho, como um leitor mencionou acima, parece que Blumenau vive um complexo de inferioridade. As pessoas daqui pensam pequeno, dizem que “temos” um aeroporto logo ali do lado, em Navegantes, mas ter que andar pela rodovia da morte toda a vez que se viaja, é realmente inaceitável. Como bem disse o Felix Theiss no Santa de hoje, que se descolou até Florianópolis para um voo de 1 hora de duração, mas que levou cerca de 4 horas para chegar ao Aeroporto, não podemos aceitar situações como essas e nos contentar com o aeroporto de Navegantes. Devemos pensar grande, e só seremos grandes se tivermos um Aeroporto decente.

    Os que criticam o local onde está situado o Quero-quero atualmente, dizendo que a cidade está crescendo para aquela região, que há prédios, montanhas por perto, certamente nunca viram o Aeroporto de Congonhas, que fica literalmente no meio de milhares de arranha céus. Devemos pensar grande, mas fica difícil, quando os próprios candidatos à prefeitura, pensam pequeno, e nos presenteiam com seus discursos politicamente corretos.

  • Sandro diz: 24 de julho de 2012

    Blumenau comporta sim um Aeroporto em condições de operar comercialmente. Talvez num momento inicial seja complicado operar com aviões de grande porte, mas aviões com capacidade de 50 ou 70 passageiros com certeza… pequenos detalhes precisam ser acertados para isso acontecer… Realmente acho que falta vontade politica e também devem existir pressões por quem mais utiliza o Aeroporto (aviões particulares que o utilizam como hobbie).
    A região de Blumenau, tem hoje quase 700.000 habitantes (considerando todas as cidades do entorno – Indaial, Timbó, Pomerode, Gaspar, Rio dos Cedros, Benedito Novo, Ascurra, Apiuna, Dr. Pedrinho e outros e por acho que por isso temos que entender o Aeroporto como sendo da Região… Politicamente nem cabe dizer que este ou aquele partido foram os responsáveis em desativar comercialmente o aeroporto, pois a TAM se retirou em 1997 e de lá para cá, tivemos diferentes forças politicas comandando a cidade. Sem mágoas pessoais, volto a afirmar que o Aeroporto é viável sim, mas que depende de pequenos investimentos que podem ser captados para voltar a operar de forma continua e financeiramente viável.
    Se pensarmos ainda em projetos conjuntos de turismo para a região, onde temos atrativos o ano todo, vide as belezas das cidades da região, as cervejas produzidas artesanalmente, a arquitetura magnifica e a modernidade misturada a tudo isso, está pronto a receita para termos mais e mais turistas o ano inteiro… que tal então recebermos estes turistas pelo Aeroporto Regional de Blumenau?

  • Hans diz: 24 de julho de 2012

    Ao amigo não compare o quero quero com congonhas por favor. Mesmo em torno do congonhas não têm morros tão por perto e o próprio aeroporto fica em um terreno bastante alto, seu defeito é não ter área de escape após a pista. E depois lá é São Paulo a demanda por vôos domésticos não se compara, é muito mais muito mais movimentado que o de Navegantes por exemplo. É o mesmo que comparar um elefante com uma formiga.

  • Adrian diz: 24 de julho de 2012

    Lendo todos os comentários, eu gostaria apenas de dizer uma coisa:

    Opine aqui quem realmente utiliza aeroporto toda semana e precisa se locomover de avião para trabalhar.
    Não adianta querer opinar quem simplesmente acha legal ou não ter aeroporto na cidade.
    Estamos falando de uma real necessidade de nossa região.

    Abraços,

    Adrian

  • Pedro Alcantara diz: 24 de julho de 2012

    Blumenau não tem local hoje e nem amanhã para disponibilizar a um Aeroporto que esta sendo defendido. Um aeroporto requer topografia e construções muito baixas para aproximação segura. Sua utilização inibirá áreas enormes de utilização pela comunidade pessoal e empresarial. O Quero Quero é atingido por enchentes (sabiam?), terreno com acentuada depressão, morros e construções próximas, densidade demográfica visinha em franca expansão, imóveis caros, praticamente impossível ampliar sua pista, clima normalmente não propício à navegação. Só a linha BNU SP é viável as demais, nem demanda têm. Dinheiro grande que a cidade não tem capacidade de gerar para este fim específico, vai sacrificar outras áreas. É mais um item de passar o chapéu em Brasília por verbas em detrimento de outras prioridades. Se for para pequenas aeronaves de até 20 lugares, está pronto. Vejo que a defesa até agora é só para usuário blumenauense. Será a opinião de visitantes, turistas e etc?

  • Pobre diz: 25 de julho de 2012

    Adrian

    Sai pra lá Sr. utilizador de avião toda semana.

Envie seu Comentário