Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Depois de 14 edições, Blumenau fica sem Texfair

29 de outubro de 2013 19

W_TEXFAIR_P
No auge da feira, famosos como a atriz Paola Oliveira desfilavam na Vila Germânica
Jandyr Nascimento – 29/5/2007

Tudo indica que a Feira Internacional de Produtos Têxteis (Texfair) passou a fazer parte do passado na história econômica de Blumenau. Depois de muita conversa, análise e reflexão, o Sindicato das Indústrias Têxteis de Blumenau e Região (Sintex) _ criador e organizador da feira _ decidiu cancelar o evento do ano que vem, sem perspectivas imediatas de retomá-lo no futuro. A informação foi confirmada no final da tarde desta terça-feira pelo diretor executivo do Sintex, Renato Valim.

A feira estava agendada para o período de 25 a 28 de março no Parque Vila Germânica. Na semana passada, alguns hotéis de Blumenau registraram cancelamentos de reservas para o período e a desconfiança começou. A organização teve a preocupação de conversar com os expositores antes de oficializar a decisão.

Seria a 15ª edição da Texfair, que estreou em 2000, se consolidou como a maior feira do gênero no país quatro anos mais tarde, teve seu auge em 2006 e 2007, aproveitando a nova estrutura de eventos com a construção do Parque Vila Germânica no lugar da Proeb, e iniciou uma curva descendente nos anos seguintes.

A organização tentou dar sobrevida ao evento, separando em duas feiras os setores de vestuário (Texfair Fashion) e cama, mesa e banho (Texfair Home). A divisão só deu certo para a Home. A Fashion nunca saiu do papel. Reunir tudo no mesmo evento era a aposta para 2014, mas não deu resultado.

Novo evento surge

Segundo o diretor executivo do Sintex, Renato Valim, alguns aspectos foram decisivos para decretar o cancelamento da feira. O primeiro deles é a forte concorrência da Textil House Fair, feira do setor que ocorre duas vezes por ano em São Paulo e atrai cada vez mais expositores que davam preferência para a Texfair. A primeira edição de 2014 será em fevereiro, semanas antes da feira de Blumenau.

W_TEXFAIRA_P
Corredores do Parque Vila Germânica perdem movimentação da feira têxtil
Gilmar de Souza – 28/5/2008

Outro aspecto é o questionamento que as empresas expositoras fazem da eficiência do modelo adotado pelas feiras, com investimentos altos e retorno nem sempre proporcional.

Por isso, o Sintex está trabalhando em um novo formato de evento. Seria uma semana de negócios, quando os principais compradores dos clientes das indústrias têxteis da região viriam à cidade para visitar os fornecedores, conhecer as novas coleções e fechar negócios.

— É uma tendência nos Estados Unidos e pode dar certo aqui — diz Valim.

Se der certo, a cidade e o Parque Vila Germânica perdem toda a movimentação gerada pelas mais de 10 mil pessoas que passavam pela Texfair, mas hotéis e restaurantes, por exemplo, ainda podem ter algum movimento para compensar a lacuna a ser deixada pela feira.

Comentários (19)

  • valdeci diz: 30 de outubro de 2013

    á falta de, criatividades de promocional, novos modelos, preços compatível com os mercados internacionais e nacionais, falta da administração do mercado, informação e campanha publicitária, em televisão, radio internet, em fim nossa cidade esta cada vês perdendo espaço, nosso turista não vem a Blumenau, não é acolhimento públicos, eu já vi ônibus levando multa por estacionar em frente de hotel e outros. guardas xingando os turista penetras, ou seja falta de cultura popular, gira popular.

  • Cidadã Blumenauense diz: 30 de outubro de 2013

    Em Blumenau tudo se acaba! E incentivos fiscais para coisas boas NADA! Nem na esfera municipal, estadual, que dirá federal!

  • Diego diz: 30 de outubro de 2013

    Brincadeira heim, uma feira que dava certo ser cancelada

  • Iuri Kindler diz: 30 de outubro de 2013

    Abrir o site do jornal cedinho e ver mais um atestado de incompetência para Blumenau. Muito, muito triste ainda mais quando querem deixar a perda menos ruim dizendo que a nova semana de negócios é um modelo de sucesso nos Estados Unidos. Incoerência total pois são estes mesmos responsáveis pela Texfair que adoram preencher as primeiras vagas das comitivas formadas por aqui para visitar outras tantas feiras como a de Canton Fair na China!

  • Deco diz: 30 de outubro de 2013

    Cabe lembrar aqui que as empresas (expositores) já vinham a muito tempo reivindicando melhorias para essa Feira. Até mesmo o ar condicionado era regulado durante o evento. Sem contar a falta de estrutura nos hotéis, restaurantes e sem nenhuma opção noturna para atender os clientes e representantes. O que foi feito quanto a isso??? Nada!
    Parabéns a Têxtil House Fair, pois eles já vieram com essa proposta mesmo, a de fazer próximo a mesma data, como opção. Ano passado foi duas semanas depois, esse ano eles anteciparam a data.

  • Donnovan diz: 30 de outubro de 2013

    Não esquentem! A característica dessa administraçãozinha atual é sempre voltar atrás em suas desastrosas decisões. Assim o fez com o caso da bandeira superfaturada, assim o fez com a proibição do chope de vinho na oktoberfest, etc, etc. ADMINISTRAÇÃO NAPOLEÃO: VOLTANDO ATRÁS, EM TUDO QUE FAZ.

  • Vera Lucia Guatymozim diz: 30 de outubro de 2013

    Triste notícia mesmo.
    Concorrência com feira em Sampa ?
    Com a violência que anda por lá ?
    Ui..ui..ui…
    Éramos felizes e não sabíamos

  • Alexandre diz: 30 de outubro de 2013

    A falta de visão de nossos lideres (??) e de alguns setores que vivem às custas de investimentos exorbitantes, pagos por expositores, deixam nossa BLUMENAU cada vez mais longe da cidade próspera de outrora. Entram políticas e saem políticas, ficam tudo no mesmo.

  • Carlos Eduardo Spolaor diz: 30 de outubro de 2013

    Não acredito que as pessoas ainda colocam a culpa dos maus negócios em cima do governo, como se tudo dependesse deles! A interferência estatal não tem relação nenhuma com a relação de negócios, criatividade e oportunidade… eita povinho mal acostumado e mimado!

  • Henrique FM diz: 30 de outubro de 2013

    Falta empreendedores nesta cidades, como os fundadores das grandes empresas desta cidade. Eles lutaram com as mesmas dificuldades que hoje grande parte dos empresários reclamam. Falta de ajuda o governo, pouca infraestrutura…..

    Esse empreendedores do passado venceram, construíram uma grande cidade. Que muitos dos seus descendentes tendo a menosprezar. O que seria de São Paulo se seus empresários tivessem a mesma atitude?

    Blumenau precisa apoio dos blumenauenses. e não jogando contra.

  • IK diz: 30 de outubro de 2013

    Por isso que falo, que POVO que a maioria troca voto por uma porc… de BOLSA sei la o que. É nisso que dá, votaram no NAPOLEÃO, porque era bonitinho, era radialista, mas o grande mal dele, não ser ADMINISTRADOR. Ah esqueci, é Adv tb. Esse é o Brasil.
    Repito: Ministro da Educação é formado em Admin., Ministro da Saude é formado em Direito, Ministro dos Transportes é formado em Medicina, e assim vai. Certo está meu filho, que diz: Por isso não tenho a menor vontade de voltar a morar no Brasil. Detalhe: Ele mora e muito bem na Carolina do Norte nos EUA. Vergonha 1000 X Vergonha, essa nossa corja politica. Que acham ainda que tem o REI na p…. de barriga. Vão se catar, politicagem.

  • Hakim diz: 30 de outubro de 2013

    Eu não entendi por qual motivo alguns dos comentários culpam a administração do município pelo cancelamento. Era o município que o organizava? Não era uma entidade privada?

  • Ximitão diz: 30 de outubro de 2013

    Isso, acabaram com a Oktoberfest, agora com a Texfair…

    Vamos correr antes que levem tambem o Stamtisch, o Metro, e outras coisas que sobraram da nossa Blumenau

  • Patricia diz: 30 de outubro de 2013

    Aff, nada a ver com administração municipal. Faltam atrativos! Temos dependência de aeroporto de Navegantes com pouquíssimos vôos disponíveis, não tem absolutamente nada pra fazer, nem mesmo pra gente daqui. Ir pra Floripa e praias está cada vez mais tumultuado por causa de obras, congestionamentos e infra-estrutura e acabamos desviando o dinheiro do turismo para as cidades vizinhas; até o zoo de Pomerode é mais atraente do que ficar aqui em Blumenau.
    Querem mais feiras? Que comecem do zero, pela feirinha lá da ruas das palmeiras; já é um começo para acostumar esse povo a ter atrativos e daí quem sabe reaprendem a curtir e valorizar a própria cidade e construir ou reconstruir uma cidade para turistas. Porque ainda tem muita gente aqui, que odeia quando tem pessoas de fora na cidade. Absurdo de provincianos.

  • Valdemir Nicoletti diz: 30 de outubro de 2013

    Tem gente que de nada entende, de nada sabe e vem escrever bobagens, distorcendo totalmente a informação que o próprio post tráz.
    A feira nunca dependeu da administração municipal, nem da anterior e nem da atual.
    Quem decidiu não mais fazer a feira, foi o próprio sindicato da industria, e o motivo é a concorrencia com outra feira nos mesmos moldes.
    Portanto nada tem haver com prefeitura, prefeito, vereadores e políticos em geral. Interpretem direito a informação antes de escrever bobagens.
    Queriam oque?
    Queriam que a prefeitura pagasse para a feira acontecer? Não sabem nem como as coisas funcionam e vem meter a colher distorcendo fatos.
    Cada comentário sem noção, de gente sem um pingo de noção doque fala!

  • Freddy diz: 31 de outubro de 2013

    Não sou especialista no assunto, mas me parece óbvio (até a matéria comenta) que o retorno estava deixando a desejar se levar em conta o investimento. Não sei o que esse povo burro tanto reclama do prefeito, visto que NÃO é ele que organiza e NÃO é ele que compra os produtos ofertados. Restaurante, aeroporto em navegantes bla bla bla… isso tudo é SECUNDÁRIO. Se o retorno fosse bom, a feira se manteria.

  • JJ diz: 31 de outubro de 2013

    Os bocas alugadas do Napo tem razão “gente que de nada entende, de nada sabe” que elegeu a atual l administração do município, eles não tem o direito de reclamar “meter a colher” vão ter que ficar calados e esperar mais 3 anos e 2 meses.

  • CARLOS ALBERTO diz: 31 de outubro de 2013

    A FEIRA ACABOU QUANDO FOI DIVIDIDA, NENHUM COMERCIANTE/COMPRADOR DO RAMO TEXTIL; VAI EM DUAS FEIRAS POR ANO PARA BLUMENAU, CUSTOS; OS HOTEIS, TAXI, RESTAURANTES, EM EPOCA DE FEIRA É SIMPLESMENTE UM ASSALTO. NAO SE VAI 2 VEZES AO ANO PARA SER ASSALTADO. FORA A TOTAL FALTA DE ESTRUTUA.

  • Denise diz: 26 de janeiro de 2014

    Boa tarde!!! É realmente uma pena uma feira deste porte acabar…Espero que retomem, ainda mais agora que estava querendo entrar no ramo de vestuário infantil.
    Por acaso você poderia me passar o nome e endereço dos expositores da feira de 2013? Pois eu poderia procurá-los para futuros negócios.
    Grata.

Envie seu Comentário