Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

O Angeloni da Velha fica, sim, no Centro

24 de abril de 2014 7

Crise de identidade

Por falar em ponte do Centro, de acordo com o projeto apresentado pela prefeitura, a estrutura vai ligar os bairros Vorstadt e Ponta Aguda. De Centro, nada terá.

Segue a filosofia do Angeloni da Velha que, na verdade, está no Centro.

Teve gente questionando a afirmação que fiz na coluna desta quinta-feira, reproduzida acima, ao dizer que o Angeloni da Velha fica no Centro. Na imagem abaixo, retirada do mapa elaborado pela prefeitura, está a comprovação do que eu disse.

Em salmão claro, o Centro. Em salmão mais escuro, o bairro Velha. A linha preta é o limite do bairro Centro. Em vermelho, uma intervenção minha para marcar onde está o Angeloni.

Sketch24410457
Para visualizar o mapa completo, clique aqui.

Ponte do Centro

Aproveitando a oportunidade, sobre a mesma nota, o gerente de Jornalismo da Secretaria Municipal de Comunicação, Fabrício Wolff, faz uma observação. Segundo ele, a Ponte do Centro não é mais tratada dessa maneira na prefeitura.

Nas palavras dele, “Ela é chamada ponte ligação norte-sul, pelos óbvios reflexos positivos que trará à mobilidade urbana dessas duas regiões que, juntas, congregam mais de 150 mil habitantes”.

Obrigado, Fabrício. Algo me diz que para nós ela continuará sendo a Ponte do Centro. ;)

Comente abaixo

comentários

Comentários (7)

  • Charles diz: 24 de abril de 2014

    Bem observado. Poucos chegam a consultar o mapa atualizado no site da prefeitura. Acho até que o centro poderia ir até a rua Marechal Deodoro, tamanha a urbanização que terá nos próximos anos.

  • Adair diz: 24 de abril de 2014

    O centro da cidade deveria se estender até a Vila Germânica e o Parque Ramiro, pelo menos. Na rua São Paulo, o centro iria até a Furb. Pela Rua Itajaí, até o Hospital Santo Antônio. E um bom trecho do bairro Ponta Aguda também deveria ser considerado “centro”, tamanha é a urbanização e pela proximidade com o referido centro da cidade.

  • luiz diz: 24 de abril de 2014

    Qual a relevancia em ou Angeloni ser no Centrou ou na Velha, muda alguma coisa, acho que este espaço esta sem o que postar,, eta noticia sem nexo, também duvido que este meu post será publicado.

  • LUIZ ANTONIO SOUZA diz: 24 de abril de 2014

    Que gente chata. A notícia presta um esclarecimento sobre a localização do Angeloni, localização correta. Se é relevante ou não cada um decide e faz o que bem entender com a informação. Pancho, parabéns pela sua postura.

  • Alexandre Eggert diz: 25 de abril de 2014

    Nota pertinente e muito bem observada. Grande parte da população não sabe ainda das mudanças feitas pelo poder público há mais de 10 anos na criação de alguns bairros, extinção de outros, alteração de limites de muitos, etc.
    Vão alguns exemplos: a já citada nova demarcação do centro, a alteração do nome do bairro Asilo para Escola Agrícola, extinção do bairro Petrópolis, entre outros…
    Os correios esse ano iniciou a atualização dos CEPs desses endereços onde houve alteração. Minha casa, p.ex., que era Velha (juntamente com o Angeloni) deixou de ter a terminação 36 (da velha) e passa agora para a terminação 12 (centro) e outras mudanças virão.

  • Jorge diz: 26 de abril de 2014

    O Angeloni da Velha foi durante muitos anos na Velha, por isso leva esse nome até hoje. Pra quem não lembra, antigamente existia o trevo da velha (Atualmente Milium da rua 7), onde eram os limites do bairro da Velha, do centro e do extinto bairro Petrópolis.
    Eu moro no bairro Passo Manso, porém antes dessas mudanças, era bairro da Velha, que foi esmiuçado em Água Verde, Passo Manso, Velha Central, Velha Grande e perdendo parte para o Centro.
    Outra curiosidade é que o Terminal Garcia, não fica no bairro Garcia, e sim no Bairro da Glória.

Envie seu Comentário