Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Uniasselvi e Dudalina valorizadas após venda

29 de outubro de 2014 3

w_exame_gA Kroton, maior empresa de educação do mundo, começa a receber em novembro as propostas de interessados pela Uniasselvi, instituição comprada por ela em 2012. É o que diz a revista Exame desta semana. A publicação também fez o cálculo de quanto a Uniasselvi valeria hoje: R$ 1,5 bilhão, ou três vezes o que a Kroton pagou há dois anos e meio.

A venda da Uniasselvi é uma condição imposta pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) para aprovar a fusão da Kroton com a Anhanguera.

Duas vezes Dudalina

Outra informação que a revista Exame traz é a de que a Dudalina foi avaliada em R$ 1,7 bilhão para a fusão com a Restoque, anunciada no início do mês. Ou seja, mais que o dobro dos R$ 800 milhões que os fundos Advent e Warburg Pincus teriam pagado pela empresa em 2013.

Além da presidente da empresa, Sônia Hess de Souza, outros dois irmãos dela não venderam a participação aos fundos e saíram lucrando com a negociação.

Comente abaixo

comentários

Comentários (3)

  • Marcos diz: 29 de outubro de 2014

    Infelizmente preço não é sinônimo de qualidade,
    pois a uniasselvi após a venda se tornou uma péssima instituição de ensino.. “eskroton”

  • antonio diz: 30 de outubro de 2014

    A Uniasselvi perde alunos todos os dias…vai acabar fechando as portas assim, pois o ensino é de baixissima qualidade….

  • Bernardo diz: 30 de outubro de 2014

    Formado na FURB diz: A Uniasselvi é péssima.

Envie seu Comentário