Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Conselho aprova centro de convenções da Vila

26 de novembro de 2014 16

w_centro_p
Estrutura vai aproveitar fundos do Setor 3. Foto: Ark Arquitetura, divulgação

O Conselho Municipal de Turismo de Blumenau aprovou na tarde desta terça-feira o anteprojeto do Centro de Convenções do Parque Vila Germânica. Com o aval dos conselheiros, o presidente do parque, Ricardo Stodieck, vai liderar agora o trabalho para elaborar o edital de licitação do projeto executivo, a ser pago com parte do lucro da Oktoberfest deste ano.

Para a construção em si, Stodieck espera contar com a ajuda do governo estadual, que é parceiro em outras iniciativas do gênero em Florianópolis e Balneário Camboriú. Como a base já está erguida, o presidente do Parque Vila Germânica estima que a obra custe algo em torno de R$ 8 milhões.

Se tudo sair como previsto, a construção pode começar no início de 2016. A agenda de eventos do Setor 3 já está bloqueada para o período.

A estrutura

O estudo apresentado ontem aos conselheiros foi elaborado pela Ark Arquitetura e prevê o centro de convenções em dois pisos. No primeiro haverá um hall de entrada, depósitos, cozinha e um espaço de mil metros quadrados que pode ser usado para eventos diversos.

No segundo estará o centro propriamente dito, com quatro auditórios, sendo que três podem se transformar em um grande espaço com capacidade para 1050 pessoas sentadas. O anteprojeto também prevê salas de apoio, depósitos, áreas de circulação, banheiros e outros espaços.

Passarela

A estrutura forçaria a construção de uma segunda passarela sobre a Rua Humberto de Campos. Ela ligaria o centro de convenções ao passeio do outro lado da rua onde seria construído um espaço para embarque e desembarque de pessoas em automóveis e ônibus. A fachada frontal ficaria de frente para a Rua Humberto de Campos.
Stodieck deixa claro que a nova estrutura não mexeria nos espaços hoje existentes para feiras e eventos como s Oktoberfest.

— Devemos ganhar espaços para novos camarotes — comemora.

Uma vez encaminhada aquela que foi eleita a prioridade número 1 do turismo, que passem a trabalhar na número 2: o mercado público municipal. Só falta dinheiro para a obra.

Confira abaixo algumas imagens do anteprojeto do Centro de Convenções do Parque Vila Germânica. Clique na foto para ampliar.

Comente abaixo

comentários

Comentários (16)

  • Luiz Carlos diz: 26 de novembro de 2014

    Está na hora de Blumenau investir em centros de eventos adequados à promoção de congressos de expressão.
    Ainda que não seja o ideal, este é o primeiro passo. Parabéns!
    Luiz Carlos.

  • Charles diz: 26 de novembro de 2014

    O projeto ficou show. Nada comparado ao que era o Ciefe e sua grandeza, mas é o que temos por enquanto.

  • Ana Blanco diz: 26 de novembro de 2014

    Desejo que o sonho seja realizado.

  • Paulo Beltrão diz: 26 de novembro de 2014

    Muito bom. Essa região, se tudo correr bem, ficará ótima. A Vila será ampliada com esse Centro de Convenções e o novo Setor 4. O prolongamento da Humberto de Campos finalmente saiu do papel (e as mudanças paliativas realizadas no trânsito da região ajudaram muito. As perspectivas são boas…

    Fora o que ocorre em outros pontos da cidade, tão importantes quanto. Verba obtida para o Parque das Itoupavas. Cepread, finalmente, em funcionamento. Complexo do Badenfurt realizado.

    Estamos indo bem. Mas ainda falta muita coisa. Margem esquerda, por exemplo, está parada. Não sei quais os impedimentos legais/burocráticos que emperram essa obra, mas é necessário terminar.

  • Saul G. diz: 26 de novembro de 2014

    Boa ideia. Essa obra tem sair em do papel o quanto antes. Fico feliz em saber que a prefeitura sabe que falta atrativos para o turista ficar aqui. Uma coisa que poderia ser feita, e transformar nossos museus em algo mais interativo como o Museu da Língua Portuguesa em SP ou Museu de Minas e do Metal em BH ou mesmo o no Circuito Cultural da Praça da Liberdade. Museu não é depósito de coisa velha.

  • Fabio Andre Nass diz: 26 de novembro de 2014

    Ótima iniciativa, porém se é para fazer porque já não pensar grande, 1050 pessoas é menor que o auditório da uniasselvi onde cabem 1200, vamos pensar em algo de 5, 10 mil pessoas, já que é pra fazer que faça bem feito e 1x só.

  • José Galvão diz: 26 de novembro de 2014

    E o estacionamento ?

    Falta o estacionamento, vão acabar com o último terreno que era de estacionamento.

    O Andar térreo pega enchente porque não faz estacionamento ?

    Vai complicar mais ainda o transito.

    Viva o centro eventos de balneário camboriu 1058 vagas de estacionamento.

  • Charles diz: 26 de novembro de 2014

    José Galvão, o centro de convenções não será no local do atual estacionamento ao lado do galegão. Será atrás do setor 3 (Use a torre da caixa da agua como referencia).
    Para aquele terreno esta previsto um hotel (tomara que consigam convencer alguém a construi-lo).

  • Ivan diz: 26 de novembro de 2014

    Poderíamos ter um centro de eventos como joinville, o Cau Hansen.

  • Alvaro diz: 26 de novembro de 2014

    Bom questionamento José! Desejava construir um comércio e me exigiram várias vagas de estacionamento. Vão construir esse Centro de Eventos e mais o Setor 4. Essas construções e o resto do Parque não precisam dispor vagas de estacionamento. Todo mundo que se vire em encontrar vagas no entorno e ser explorado! E eu desisto de construir pois exigem vagas para minha obra.

  • Sol diz: 27 de novembro de 2014

    Parabéns, será um grande investimento para a cidade, mas será que não está na hora da Prefeitura pensar em investir um pouco no Centro Histórico visto que o prédio que será destinado ao arquivo histórico que guarda a história da cidade e dos que a construiram, ainda está aguardando verbas para iniciar. Que o prédio sede da Fundação Cultural de Blumenau está precisando de uma reforma, pois no “auditório” chove em todos os cantos, e que inclusive as estantes da biblioteca pública vivem com plásticos espalhados por cima para não danificar o acervo.
    Vamos distribuir olhares para outros pontos tão importantes quanto o turismo. Porque não investir num grande auditório na Fundação Cultural? Que fique a dica

  • André L diz: 27 de novembro de 2014

    Acho o local inadequado, sem espaço.
    Pra quem conhece, por exemplo, o centro de convenções de Fortaleza, esta proposta é ridídula.

  • Rodrigo diz: 27 de novembro de 2014

    Creio que vai ficar muito bom, porém seria bom termos um centro de convenções as margens da BR 470 – pelo espaço e para facilitar o acesso a quem vem de fora…..Só acho…….Aquele de Balneário não seria um concorrente ?

  • Saul G. diz: 27 de novembro de 2014

    No Centrosul de Floripa, a plenária (a união das principais salas) tem uma capacidade para 2.600 pessoas. informações que estão no site da empresa. então o centro de convenções da vila germânica não está tão fora.

    Lembro que alguns há anos o Cine Bush era usado para este tipo evento (fui em dois, um promovido pela Bunge/Ceval e outro pelo Energia). O cine Bush também está no rolo do Grande Hotel?

  • José Reinaldo Cury figueiredo diz: 28 de novembro de 2014

    A iniciativa é boa, porém ineficaz, é preciso antes de mais nada, efetuar um projeto moderno prevendo não o hj e sim o futuro, é inevitável que o mesmo contemple + vagas de estacionamento, como também este modelo de obra com dinheiro público está ultrapassado, não compete ao governo cuidar disto é sim para a iniciativa privada, portanto sugiro uma PPP desde já, entrega para um empreendedora que ele saberá conduzir o processo, com eficácia, rapidez e sem ônus para o erário.

Envie seu Comentário