Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Estado deve bancar manutenção do Ceops, diz deputado Gelson Merísio em Blumenau

08 de junho de 2017 0
Merísio (ao centro) veio a Blumenau com o presiente da Alesc, Silvio Drevek. Foto: Eraldo Schneider, divulgação

Merísio (ao centro) veio a Blumenau com o presiente da Alesc, Silvio Drevek. Foto: Eraldo Schneider, divulgação

Em visita à prefeitura de Blumenau na manhã desta quinta-feira, o deputado estadual Gelson Merísio (PSD) disse ao prefeito Napoleão Bernardes (PSDB) que a manutenção do Centro de Operação do Sistema de Alerta da Bacia do Itajaí (Ceops) deve ser bancada pelo governo do Estado.

Curta o Blog do Pancho no Facebook
Siga o Blog do Pancho no Twitter

Recordando o caso: as estações telemétricas que medem a quantidade de chuva em diferentes pontos da bacia do rio Itajaí-Açu bem como o sensor que faz a mediação oficial do nível do rio em Blumenau estão sem manutenção desde o início do ano. Os R$ 5 mil mensais necessários para manter os equipamentos funcionando eram bancados até dezembro pela Associação dos Municípios do Médio vale do Itajaí (Ammvi) e o convênio não foi renovado porque o governo acenou com a possibilidade de ajudar.

A resposta não veio tão rapidamente quanto se esperava e duas enchentes foram registradas nesse meio tempo. Sem manutenção, o sensor do nível do rio chegou a parar de transmitir os dados. Quatro estações também estavam inoperantes e as outras 13 enviavam dados que poderiam estar alterados pela falta de manutenção.

A informação de Merísio é alentadora, mas a resposta tem que chegar o quanto antes. Os reparos emergenciais foram bancados pela Universidade Regional de Blumenau (Furb), onde está instalado o Ceops, instituição que faz a previsão do nível do rio com os dados repassados pelos equipamentos.

Comente abaixo

comentários

Envie seu Comentário