Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Prefeitura lança licitação para construção de nova ponte sobre o rio Itajaí-Açu em Blumenau

18 de agosto de 2017 27
Foto: reprodução Google Maps

Foto: reprodução Google Maps

Finalmente a prefeitura de Blumenau lança nesta sexta-feira o edital de licitação para escolher a empresa que vai construir a ponte Norte-Sul, entre as ruas Itajaí e Paraguay. As propostas deverão ser apresentadas em 30 dias.

Curta o Blog do Pancho no Facebook
Siga o Blog do Pancho no Twitter

A estrutura terá aproximadamente 200 metros de extensão e terá duas pistas. A do sentido Paraguay-Itajaí será exclusiva para ônibus. Um semáforo vai controlar o fluxo de veículos no entroncamento da ponte com a Rua Itajaí.

A obra será custeada pelo PAC Mobilidade. O custo estimado será conhecido no edital de licitação a ser divulgado nesta sexta-feira.

Polêmicas

A ponte Norte-Sul foi promessa de campanha na primeira eleição do prefeito Napoleão Bernardes. O projeto foi duramente criticado por parte da população e de especialistas, principalmente pelo fato de estar bem perto de uma das mais belas paisagens da cidade, a curva do rio Itajaí-Açu junto ao centro histórico, e por cara para os benefícios que ela trará.

Inicialmente ela faria parte do Programa de Mobilidade Sustentável de Blumenau, financiado pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), mas posteriormente foi retirada para ser incluída no PAC Mobilidade do governo federal.

Veja no vídeo abaixo como funcionará o trânsito na nova ponte.

Comente abaixo

comentários

Comentários (27)

  • Gerson diz: 18 de agosto de 2017

    Mas é pensar pequeno mesmo! Vão gastar dezenas de milhões para fazer uma ponte para ter apenas duas pistas, sendo uma exclusiva para ônibus? Coisa de amadores…

  • Diogo diz: 18 de agosto de 2017

    A ponte é necessária, porém deveriam pensar no futuro e fazer alças de acesso elevadas ao invés de utilizarem semáforos. Semáforos não traz mobilidade. O transito da região é um eterno anda e para e pelo visto vai continuar.

  • alexandre jumes diz: 18 de agosto de 2017

    Ta chegando as eleicoes.Acorda povo.

  • edu diz: 18 de agosto de 2017

    O acesso a esta ponte pela rua itajai é um remendo, só vai atrapalhar mais o transito

  • Alfredo Lindner jr. diz: 18 de agosto de 2017

    Pancho, a estupidez não tem limite! A teimosia deve ser a mãe da ignorância ou do interesse! Parabéns, Napoleão Bernardes, Dalirio Beber, Paulo Gouvea da Costa e Mario Hildebrandt, vocês ficarão conhecidos como partícipes (negativos) da moderna História de Blumenau!!! Daqui a 5 anos jamais serão esquecidos pelo tiro que estão dando no próprio pé. Se ao menos tivessem coragem de mostrar o projeto… O “povo” que hoje ainda apoia este absurdo, ficará pasmo quando os 8 monstruosos pilares aparecerem no meio da Prainha, lugar histórico. Depois da ponte pronta, ficarão acompanhando a fila de carros parados sobre a ponte (como na ponte dos Arcos) esperando a vez para atravessar a República Argentina. A piada é de muito mau gosto!!!

  • Fernanda diz: 18 de agosto de 2017

    Minha dúvida: e quem vem de Gaspar, pela rua Itajaí não pode acessar a nova ponte à direita? Vai ter que continuar dando a volta pelo centro, Beira Rio etc.???

  • José diz: 18 de agosto de 2017

    Uma ou duas passarelas na rua amazonas trariam mais benefícios para o trânsito da cidade do que essa ponte inútil.

  • Fernando diz: 18 de agosto de 2017

    Absurdo !! Vão destruir a beleza de Blumenau e ainda por cima causar mais estragos do que beneficios !! Ou existem grupos de interesse por tras desta ponte ??? Definitivamente a ponte deveria ser em outro local !!!

  • Amanda diz: 18 de agosto de 2017

    Gente..! Por causa da Ponte dos Arcos , o trânsito não flui!! E agora querem colocar outra…Coisa de quem não pensa, ou, não está muito engajado com a atual situação caótica do nosso trânsito. Vai piorar ainda mais, imagine nos horários de picos…

  • Jose Carlos diz: 18 de agosto de 2017

    Essa lenga lenga que vai “estragar” a visão do rio é do tempo da onça, nos anos 70 o prefeito na época Sr.Renato Vianna queria construir viadutos em Blumenau e os “inteligentes” na época indicaram que iria estragar a beleza da cidade e os turistas não voltariam mais.
    Os turistas atualmente despareceram e só aparecem na Oktober e o trânsito virou um inferno.
    Pegando emprestado a fase do filósofo Tiririca, na nossa opinião “Pior que tá não fica”.

  • Rafaela diz: 18 de agosto de 2017

    Ao invés de pensarem em ideias para embaçar mais ainda o trânsito, poderiam arrecadar verbas para chamar o pessoal que fez concurso em 2016 da Prefeitura, para os cargos que estão realmente precisando de efetivo ,principalmente na área da saúde, que está defasada de profissionais técnicos. Tal Concurso me soa, que foi feito apenas para arrecadar dinheiro, pois tem áreas de grande importância para o atendimento da população que estão desfalcadas na Prefeitura ou seja que precisam de profissionais lá na ponta para atendimento ao público. Um basta à cargos comissionados e vamos pensar em nossa população.

  • Silvério diz: 18 de agosto de 2017

    Quanto você lê sobre essa ponte, menos ela faz sentido…

  • Adriano Luis da Silva diz: 18 de agosto de 2017

    Eu fico me perguntando qual o ganho em mobilidade da pista Paraguay-Itajaí ser exclusiva para ônibus ?
    Retirar ônibus da Beira-Rio e 7 de setembro, onde circulam atualmente em corredores exclusivos ?

    As pessoas nesses ônibus com destino ao Centro terão de pegar outro ônibus no Terminal Fone e consequentemente mais ônibus terão de sair dali ?

    Como seá evitado o nó Avenida BrasilxRepública Argentina x ponte ?
    A Avenida Brasil terá sentido único no trecho Senac-rua República Argentina ?
    A rua Paraguay passará a ser a forma de acessar a Avenida Brasil sentido Fortaleza ?

  • Adriano Luis da Silva diz: 18 de agosto de 2017

    No meu entendimento leigo sem conhecimento de arquitetura nem engenharia de tráfego, uma ponte no início da Beira Rio (saída da Nereu Ramos) e outra no fim (abaixo da Ponte de Ferro e saindo no contorno da prefeitura, retiraria tráfego da Ponta Aguda, rua Uruguai e Beira-Rio.
    A ponte no meio da Beira-Rio perdeu o sentido, pois como não pode estacionar na Beira-Rio, todos tem de entrar na 15 ou fazer contorno da prefeitura.
    E pra quem vai para a Ponta Aguda tem de passar obrigatoriamente por metade de uma Beira-Rio congestionada.

  • rosilvo bastiani diz: 18 de agosto de 2017

    - Pancho , um projeto falho, como vão fazer uma ponte com duas pistas ,sendo uma exclusiva para onibus, não vai ajudar em nada a mobilidade….
    - Veremos a repetição, como foi feito no trevo da mafisa, não vai ajudar só atrabalhar…

  • Fábio Bonatti diz: 18 de agosto de 2017

    Acho que os caras não tem noção.. fica tudo parado na rua Paraguai as 17:15 hs todo dia, quem vem da Silmaq ta tudo parado, ai vão botar mais um monte de sinaleiras, mais transito da R. Itajaí .. Sinceramente? Acredito que não vai melhorar pra ninguém, quem vem do Garcia pro centro, vai ir pela beira rio que vai continuar parada também.. Por favor se alguém entende mesmo de transito, explique o que vai melhorar!!

    Dica: O transito fica parado desde a SILMAQ na Rep.Argentina e também da R. Itajaí ali das Casas da Água em diante, maioria querendo subir a ponte e assim juntando quem vem da rua Rep. Argentia X R. Itajaí, certo? Por que não fazer alguma obra que agilize este transito todo para chegar mais rapidamente na R. das Missões ? Por ex: Conseguir fazer um acesso da R. Rep Argentina até a rua BOLÍVIA seria uma boa opção para todo esse trânsito, QUEM quiser ir para 2 Set/Missões , passaria por algum desvio pela R. Bolívia.

    Também vejo como melhor opção já que insistem em PONTE, fazer uma no meio da R. 2 Setembro, próximo à rua da Coca, pegando a Fortaleza com quem vem também da R. Itajaí / Missões e Rep. Argentina..

    Enfim , querer fazer PONTE pra ganhar VOTO não da certo se a ponte não ajudar viu..

  • Jose Carlos diz: 18 de agosto de 2017

    Com tanta reclamação, a solução , vamos implodir as tres pontes do centro aí o pessoal da Ponta Aguda não vai ser incomodado pelo trânsito e para ir ao Centro é só ir até no Sesi e voltar.
    Aí sobrará dinheiro para chamar os que passaram no concurso para usufruir das mamatas do funcionalismo público (salvo raras exceções).

  • Andre diz: 18 de agosto de 2017

    O cara que projetou esse fluxo de veículos e ônibus nessa ponte é um verdadeiro ASNO!!!!

  • Franco diz: 18 de agosto de 2017

    É visível que essa ponte não vai resolver muita coisa, ou seja, muito gasto para quase nada. Então, porque motivos não gastam um pouco mais para fazer a ponte ligando à uma avenida Beira Rio na outra margem? Isso mesmo, porque não construir uma outra beira rio? Iria desafogar bastante o trânsito no centro, que está caótico. E nada de ligação velha x garcia, rua itajaí x garcia…

  • Adriano diz: 18 de agosto de 2017

    Realmente é inacreditável!.. Uma ponte “nova” com espírito de “velha”..
    Vamos encher esse centro de ponte inútil. Como foram deixar isso acontecer? Ponte nova sem alças de acesso adequado, apenas duas pistas, no meio de um local histórico da cidade, sem nenhum sentido e a poucos metros de outra ponte que trará reflexo dos mesmos problemas para a nova!! Parabéns a velha política..

  • Ermenegildo diz: 19 de agosto de 2017

    Sobre essa famigerada ponte, ano que vem tem reeleição certo…precisa de dinheiro para a campanha, continuar abrigando os lambe-saco, perpetuar na administração etc. A ponte em si só vai prejudicar ainda mais o caótico transito de Blumenau. Isso já foi discutido demais por técnicos. Quanto ao concurso de 2016, mais gente ainda na Prefeitura ??? E os quase 400 comissionados ??? Haaa….eles tem que participar da campanha ano que vem certo….tá explicado…Ainda sobre a ponte, o Ministério público tem que ficar de olho…

  • Amarildo diz: 19 de agosto de 2017

    Só pode ser brincadeira, nenhum cidadão sério pode concordar com tamanha aberração!

  • Ottmar diz: 20 de agosto de 2017

    E a manutenção das pontes já existentes, a quantas anda?

  • Rodrigo diz: 20 de agosto de 2017

    Já conhecem a nova TECPIX ?

  • Bruna diz: 21 de agosto de 2017

    Basta ser um mero “usuário” da cidade pra concluir que essa nova ponte…

    1. Será localizada em um péssimo local:
    - Estraga a paisagem da Prainha que infelizmente já está novamente esquecida e mal-cuidada;
    - O fluxo se dará entre início do Centro Histórico e uma vizinhança, que, além de má ideia irá definitivamente atrapalhar o pouco comércio e turismo ali existentes (restaurantes e feira)!

    2. Não resolve problemas, cria outros:
    - O trânsito continuará ocorrendo na Rod. Jorge Lacerda e Rep. Argentina justamente pelo fluxo ida-vinda na Ponte dos Arcos;
    - Aumenta ainda mais o trânsito na Ponta Aguda em horários de pico (no cruzamento da R. Paraguai);

    3. Não faz sentido:
    - Não se adequa à arquitetura/paisagem da cidade;
    - Desperdício de dinheiro público;

  • Adianr P. dos Santos diz: 21 de agosto de 2017

    Bom dia!

    Ao invés de se gastar uma fortuna para construir uma nova ponte, que tal primeiro investir num asfalto novo em nossa cidade que está caótico, vamos combinar!!

Envie seu Comentário