Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Outdoor em Blumenau destaca família formada por homem e mulher

28 de novembro de 2017 17
Foto: Pancho

Foto: Pancho

Chama a atenção nas ruas de Blumenau alguns outdoors com os dizeres “XX e XY -  uma questão de genética. Família projeto de Deus”. As peças são assinadas pela Ordem dos Ministros do Evangelho de Blumenau (Omeblu) e marcam o Dia Nacional da Família, comemorado em 8 de dezembro.

Siga Pancho no FacebookTwitter e Instagram

XX e XY são os cromossomos que determinam biologicamente o sexo de uma pessoa. XX para mulheres e XY para homens. O pastor Leonardo Aluisio, presidente da Omeblu, diz que o objetivo é reforçar o conceito bíblico e criacionista de família, tendo como base um homem e uma mulher.

— De outro jeito, não tem como — diz ele reforçando o entendimento defendido pela Omeblu.

Para o pastor Leonardo, a mobilização que existe pela questão da ideologia de gênero — que ele prefere chamar de “política de gênero” — não é humanitária:

— É uma postura pura e simplesmente política, para atingir objetivos eleitoreiros de frentes política que estão instaladas na nossa nação de uma forma geral.

Opinião

Na realidade, tanto favoráveis quanto contrários à discussão em torno da diversidade de gênero e da orientação sexual de cada indivíduo tentam se aproveitar politicamente (no sentido eleitoral da palavra) da situação. E nada mais natural. Afinal, todos buscamos representação. A questão é muito mais ampla e, certamente, não se restringe ao ambiente político.

Em relação ao conceito de família, é preferível que essa discussão seja madura e ocorra, principalmente, dentro de casa, entre pais e filhos. Independente da forma como a família é constituída, o importante é a confiança e o respeito.

Comente abaixo

comentários

Comentários (17)

  • Allan diz: 29 de novembro de 2017

    A mídia pode espernear à vontade, bem como os ideólogos de gênero. Ciência é ciência e dois mais dois, ainda, são quatro.

  • Isabel diz: 29 de novembro de 2017

    ¨XX e XY são os cromossomos que determinam biologicamente o sexo de uma pessoa. XX para mulheres e XY para homens. ¨
    Não precisa estudar nem orar ou rezar muito para saber que a natureza humana pode fazer alguém nascer com desequilíbrio nesses hormônios. Hoje em dia bem mais possibilidades devido à alimentação muito mais tóxica que no passado (¨fast-food¨, bebidas alcoólicas, refrigerantes, cigarro e todo tipo de drogas à disposição de jovens sonhando em ter filhos. Conheço pessoas que dizem não aceitar desvios sexuais de ninguém, mas entopem crianças e adolescentes de alimentos TRANSformados pela indústria. E ainda querem que os filhos nasçam e cresçam ¨certinhos¨!
    Cortella explica: https://www.youtube.com/watch?v=g1oxfPnxYCw

  • Wislaine diz: 29 de novembro de 2017

    E criou Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou.
    E Deus os abençoou, e Deus lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos
    Gênesis 1:27,28 Familia Projeto de Deus. Deus ama TODOS, Não a ideologia de Gênero. OPINIÃO não se discute se RESPEITA.

  • Thiago diz: 29 de novembro de 2017

    Legal que pra essa galera religiosa argumentos científicos só são válidos quando atendem o ponto de vista deles. Quando são contra “é uma questão de fé”.

  • AdasBerto diz: 29 de novembro de 2017

    E, Allan, de onde vem o seu direito em interferir na vida particular dos outros? Não se pode fazer mais as próprias escolhas?

  • Isabel diz: 29 de novembro de 2017

    Já é tempo de fazer faxina no coração e na mente. Jesus também condena a arrogância: “Pois é de dentro do coração dos homens que procedem os maus pensamentos, , as imoralidades sexuais, os furtos, os homicídios, os adultérios, as ambições desmedidas, as maldades, o engano, a devassidão, a inveja, a difamação, a arrogância e a insensatez.” Mc 7.21-22.
    Resumindo: pensar imoralidades, acessar sites pornográficos, olhar com pensamento libidinoso, cobiçar as coisas alheias = pecou.

    não foi Deus que se arrependeu, mas o autor que julga o dilúvio como um arrependimento de Deus. Não é Deus que pede a morte de certas pessoas, mas quem escreveu o relato pensa que aquela seja vontade de Deus

  • Gerson diz: 29 de novembro de 2017

    Homossexualismo é uma questão que vai além da genética. Esses pastores que cuidem das famílias deles e não das dos outros!

  • Jupiter diz: 29 de novembro de 2017

    Antigamente era “não pode porque tá na Bíblia”, agora tão querendo usar ciência pra justificar preconceito? Um casal sem filhos, uma avó que cria o neto, um casal homoafetivo, nada disso é menos família do que essa representação!

  • Lucimara diz: 29 de novembro de 2017

    Do mesmo preconceito que ”o pastor pratica” vcs fazem o mesmo com a opinião dele e o que está escrito na bíblia.
    Independente do que os pastores fazem ou deixam de fazer não importa( isso é ele e DEUS pois um dia terá que prestar contas dos seus atos).
    Levítico 18:22 Não te deitarás com um homem como se deita com uma mulher. Isso é abominável!
    1 Coríntios 6:9
    Não sabeis que os injustos não herdarão o Reino de Deus? Não vos deixem enganar: nem imorais, nem idólatras, nem adúlteros, nem os que se entregam a práticas homossexuais de qualquer espécie.
    Em um mundo onde tudo é normal, tudo é valido, tudo é ciência… Pode não ser hoje, nem amanhã, nem ano que vem mas a certeza é que essa escolhas de agora, as consequências virão para nossos descendentes. Não sou contra, mas não concordo com certos atos. Opiniões exigem respeito

  • Jorge diz: 29 de novembro de 2017

    Infelizmente esses chamdos “crentes” estão longe do amor de Deus, que segundo a Bíblia ñ faz acepções de pessoas. Família é onde se encontra amor e proteção, pura e simplesmente. Quem somos nós para julgar? Quem é que verdadeiramente segue à risca à Bíblia? Bando de hipócritas!! Malditos! Para o fogo eterno, como já bem está escrito em Mateus.

  • Junior diz: 29 de novembro de 2017

    Estou cansado desses pastores hipocritas que só estão interessados no dinheiro dos fiéis. Acorda Brasil! Vá ver a desgraça que é a bancada Evangélica no congresso. Agora um bando de pastores-deputados (todos homens) querem proibir aborto em caso de estupro. E se fosse a filha deles? E se fosse a sua irmã/filha? Enquanto isso a roubalheira toma conta do país. Vão propor algo mais útil para a sociedade, bando de parasitas. Cansado dessa falácia de sempre.
    Cada um que cuide da sua família e do seu fiofó. Segue o baile!

  • robson diz: 30 de novembro de 2017

    bom dia!

    XX, XY…genética…interessante a igreja apelar para este expediente, já que refuta veementemente as teorias evolucionistas de Darwin, que justamente tratam das alterações genéticas que trouxeram e trazem ao mundo esta diversidade biológica que temos.

  • Luisa diz: 30 de novembro de 2017

    Pancho, acredito que seria mais acurado se você trocasse o termo “opção sexual” por “orientação sexual”. Parece algo pequeno, mas implica que as pessoas podem escolher porque quem se sentem atraídas. Não acho que muitas pessoas “escolheriam” ser homossexuais e ter que passar por tanto preconceito. O Brasil é o país que mais mata pessoas LGBT no mundo, quem escolheria esta vida?

  • Pessoa Comum diz: 30 de novembro de 2017

    E o que dizer da união no civil e religioso e depois da papelada assinada um ou os dois cônjuges acrescentam um ou uma amante (ou até mais) à união? Isso não é abominável aos olhos de Deus?
    - Casamento: união voluntária de um homem e uma mulher, nas condições sancionadas pelo direito, de modo que se estabeleça uma família legítima.
    - Família: grupo de pessoas vivendo sob o mesmo teto (o pai, a mãe e os filhos).

    Solução simples para ninguém mais ficar discutindo o que cada um faz com o próprio fiofó: chamar a união entre dois homens ou entre duas mulheres de outro nome que não seja o termo ¨casamento¨. Exemplo:
    CONJUGAMENTO: união entre dois homens ou entre duas mulheres.
    Pronto. Resolvido. Não precisa usar o termo casamento nestes casos que, no papel, é entre um homem e uma mulher somente. E os padres e pastores não precisam abençoar já que são contra e tudo é lícito mas nem tudo convém.

  • Pensador. diz: 1 de dezembro de 2017

    Isso é proibido agora?

    Voce homossexual só está vendo isso porque nasceu de um XX + XY

  • Felipe diz: 1 de dezembro de 2017

    Mas por que vcs ficam batendo na tecla da familia?
    Quem disse que homem que fica com homem ou mulher que fica com mulher querem reproduzir??? Eles querem apenas ser felizes.
    O que acontece no fina,l sao gays e lésbicas adotando crianças que o casal de XX e XY abandonaram! Ponto!

Envie seu Comentário