Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Slaviero assume Hotel Rex e programa reforma

10 de fevereiro de 2016 0

w_rexMais uma importante rede hoteleira se estabelece na cidade. Sem muito alarde, a Slaviero passou a administrar, no início do mês, o tradicional Hotel Rex, na Rua 7 de Setembro.

O empreendimento de 65 anos de história e 83 apartamentos deve passar por uma grande reforma a ser iniciada ainda em 2016. A ideia, segundo o gerente Danilo dos Santos Silva, é adaptá-lo aos padrões da rede e transformá-lo em mais um hotel da categoria Essential.

A paranaense Slaviero tem 35 anos de atuação e possui hoje 34 empreendimentos, sete deles em construção. Em Santa Catarina são sete hotéis, sendo dois em Balneário Camboriú, três em Florianópolis, um em Joinville e um em Palhoça. Também está prevista a inauguração de um novo empreendimento em Itapema no ano que vem.

Movimento positivo

Aos poucos vamos qualificando a rede hoteleira da cidade. Entre as mais recentes novidades está a nova unidade da rede Intercity, que será erguida na Via Expressa, a construção de um Ibis Budget na Rua Paulo Zimmermann, que está em andamento, e o Hotel 10, que inaugurou recentemente na BR-470.

Além dessas, temos o anúncio de um novo empreendimento no prédio do antigo Viena Park Hotel, na Rua Hermann Huscher. A vontade dos investidores é deixar tudo pronto para a Oktoberfest deste ano.

Foto: Francisco Fresard (Pancho)

 

Comente abaixo

comentários

Escuridão predomina no Mausoléu Dr. Blumenau

08 de fevereiro de 2016 0

w_mausoleu
Foto: Francisco Fresard

Testemunhei o bom movimento de turistas no Centro Histórico de Blumenau domingo pela manhã, mas um aspecto negativo chamou a atenção. É péssima a iluminação do Mausoléu Doutor Blumenau, ao lado do prédio da Fundação Cultural da cidade. O ambiente é escuro e tem um aspecto de abandono.

Quem se aproxima da entrada chega a pensar que não há nada dentro da edificação. E eles não estão muito errados. As atrações são escassas, apesar de curiosas. Tenho certeza que com boa vontade é possível enriquecer a história de nosso fundador.

Comente abaixo

comentários

Novas placas de sinalização turística viária começam a ser instaladas em Blumenau

08 de fevereiro de 2016 3

w_placa_p150428
Placa na Alameda Duque de Caxias (Rua das Palmeiras). Foto: Francisco Fresard

Blumenau terá 61 novas placas de sinalização turística viária. Elas já começaram a ser instaladas na região central e o serviço deve ser concluído até junho. A ideia é fazer com que os visitantes cheguem com mais facilidade às atrações da cidade, como o Parque Vila Germânica, os recantos naturais, o Centro Histórico e a Vila Itoupava. É um complemento às placas que já existem em Blumenau.

A sinalização custou R$ 335 mil, dos quais R$ 308 mil vieram do Ministério do Turismo.

Comente abaixo

comentários

Contenção de encostas em Blumenau recebe R$ 3 milhões, mas ainda faltam quase R$ 10 milhões

08 de fevereiro de 2016 1

A Secretaria Municipal de Obras de Blumenau recebeu na sexta-feira o comunicado da Caixa de que mais R$ 3 milhões foram liberados pelo governo federal para a execução de obras de contenção de encostas que deslizaram na tragédia 2008. Esse valor faz parte de um pacote de R$ 13,8 milhões, dos quais apenas R$ 1,2 milhão havia sido liberado.

Falta de dinheiro na União prejudica obras de contenção de encostas que deslizaram em 2008

Segundo o secretário municipal de Obras, Paulo França, com o valor recebido será possível pagar o que já foi executado, mas sobrará muito pouco para avançar nas 17 encostas contempladas no convênio com o Ministério das Cidades. Todas as obras foram contratadas, mas a maioria nem foi iniciada.

Enquanto isso, cerca de 250 famílias aguardam uma solução para o problema há mais de sete anos. Cada vez mais o dinheiro chega lentamente ao seu destino. Efeitos da burocracia e da crise econômica.

Comente abaixo

comentários

Grupo do Facebook reúne impressões dos usuários do transporte público de Blumenau

04 de fevereiro de 2016 1

screenshot-www.facebook.com 2016-02-04 10-04-04

Incrível a iniciativa dos jornalistas Evandro de Assis, Edgar Gonçalves Junior e Clóvis Reis na esperança de ajudar a comunidade nessa fase de transição do transporte público da cidade. Eles criaram o grupo Coletivo Blumenau no Facebook para que os usuários do transporte publicassem fotos, vídeos e depoimentos sobre a experiência que eles tiveram com a retomada do serviço, que agora está na mão da Viação Piracicabana. Mais de 470 pessoas entraram no grupo e postaram mais de 200 fotos, além de vídeos e textos.

O resultado foi tão bom que a iniciativa deve ser repetida com outros temas. O trio também quer capacitar os participantes. Evandro e Edgar já foram editores-chefe do Santa e Clóvis é colunista do jornal.

Comente abaixo

comentários

Placas e documentos irregulares são flagrados nos ônibus da Viação Piracicabana

04 de fevereiro de 2016 2

w_bus_p
Placa cinza só pode ser usado por veículo particular. Foto: Pancho

É fácil perceber pelo menos duas irregularidades em ônibus usados pela Viação Piracicabana em Blumenau. Alguns têm registrado na documentação a cor verde. Bem sabemos que toda a frota que está na cidade é branca. Outros têm placas cinzas, mas essa cor só é permitida para veículos particulares. As placas de ônibus para transporte público devem ser vermelhas com letras brancas.

Segundo o presidente do Seterb, Carlos Lange, a autarquia não está fazendo vistas grossas para as irregularidades. Os problemas foram detectados nas vistorias mas a empresa já provou, segundo ele, que encaminhou as regularizações. Os novos documentos, segundo a Piracicabana, estão a caminho da cidade.

Já as placas cinzas, segundo a empresa, já foram regularizadas. O presidente do Seterb explica que esses veículos foram vendidos e seriam usados para transporte particular, mas o comprador desistiu da venda e devolveu com as placas cinzas.

Ferramenta cidadã

Leitores questionaram essas irregularidades, sinal de que a cidade está atenta ao problema. Aliás, quem quiser saber se um determinado veículo está em situação regular ou não pode baixar um aplicativo para celular chamado Sinesp Cidadão. É só digitar a placa.

Também é possível saber se uma determinada pessoa está desaparecida ou está sendo procurada pela polícia.

Comente abaixo

comentários

Veículos estacionam na ciclofaixa da Alameda

03 de fevereiro de 2016 5

w_ciclo_p
Sinalização foi instalada na tarde de quarta-feira. Fotos: Pancho

Contei 35 veículos estacionados sobre a ciclofaixa da Alameda Rio Branco na tarde desta quarta-feira. Pensei que havia alguma mudança, mas o secretário de Planejamento, Juliano Gonçalves, explicou que as placas de sinalização da faixa para bicicletas só foram instaladas hoje. Houve um atraso na entrega.

Gonçalves explica que os veículos que estacionaram até esta quarta não serão multados, já que não havia sinalização. A partir de amanhã, quem estacionar ou circular pela ciclofaixa vai ganhar multa.

Também flagrei muita gente circulando na ciclofaixa, como pode ser visto na foto abaixo. Pelo visto, terão que pintar de vermelho, como a de Balneário Camboriú, para dar mais visibilidade à faixa exclusiva para bicicletas.

w_ciclo2_p

Comente abaixo

comentários

Sobre o tempo perdido para a valorização do ônibus

03 de fevereiro de 2016 8

w_busao_p
Foto: Patrick Rodrigues

Tendo como base o fato de que o transporte coletivo é um dos fatores mais importantes para o desenvolvimento de uma cidade, lamento profundamente todo este episódio que protagonizamos.

Não estou aqui questionando a decisão do prefeito nem mesmo a eficiência da empresa contratada emergencialmente para prestar o serviço. Ao que tudo indica, foram medidas necessárias para estancar os problemas que não paravam de crescer. Questiono o futuro de nosso transporte e, por consequência, do desenvolvimento da nossa cidade.

Num cenário ideal teríamos um sistema confortável, pontual, confiável e com preço justo. O número de usuários cresceria a cada ano, já que seria fácil comprovar que o carro poderia, sem prejuízos aos nossos afazeres, permanecer por mais tempo na garagem. E sem tantos carros nas ruas, pedestres, ciclistas e a cidade como organismo lucrariam infinitamente.

O que vemos é justamente o contrário. Se os ônibus eram “meia-boca” antes, agora são piores. E por mais que seja compreensível, já que se trata de uma emergência, a impressão que fica ao usuário é péssima. Dessa maneira, a migração passa a ocorrer no sentido contrário, do ônibus para o carro ou moto.

Além de um sistema perfeito, a próxima concessão precisa incluir um trabalho de conscientização eficiente. Não será suficiente colocar ônibus nas ruas. Precisamos convencer a todos que o ônibus tem (assim esperamos) a melhor relação custo/benefício.

Comente abaixo

comentários

Rodovel "agradece" prefeito em protesto móvel

02 de fevereiro de 2016 8

w_rodovel_p
Foto: Douglas Henrique, arquivo pessoal

A Viação Rodovel, uma das empresas que fazem parte do Consórcio Siga, encontrou uma maneira diferente de protestar contra o rompimento do contrato de concessão do transporte público pela prefeitura.

Um ônibus com a mensagem “Obrigado Napoleão!!” percorreu as principais ruas do Centro da cidade na tarde desta terça-feira. Saiu da garagem, no bairro Velha, e seguiu até o terminal Garcia de onde tomaria o rumo de volta para a garagem.

Segundo o filho do dono da Rodovel, Victor Rosa, a iniciativa partiu da administração da empresa. Foi a forma da organização com mais de 40 anos de atuação protestar contra o que ocorreu.

Rosa diz que a empresa analisa alternativas para o futuro. Pode recorrer da decisão na Justiça, mas ao mesmo tempo avalia possibilidades de atuar em outras cidades. A empresa tem 62 ônibus e todos os funcionários já foram desligados.

Comente abaixo

comentários

Empresários estão preocupados com a futura concessão do transporte público de Blumenau

02 de fevereiro de 2016 9

DSC_8239a
Diretores e conselheiros da Acib ouviram as explicações do prefeito. Fotos: Pancho

O prefeito Napoleão Bernardes convocou quatro secretários para acompanhá-lo na reunião conjunta de conselho e diretoria da Associação Empresarial de Blumenau (Acib) ontem à tarde. Dois representantes da Viação Piracicabana também participaram. O prefeito explicou todos os processos em andamento para garantir que o serviço de transporte coletivo volte ao normal o mais rapidamente possível.

Não restou dúvidas sobre o que foi dito. Aparentemente, tudo flui como deveria, a não ser pela demora em contratar funcionários, o que estaria sendo provocado pela lentidão do processo de rescisão de contratos na Empresa Nossa Senhora da Glória.

DSC_8267a
Faltou espaço na sala de reuniões da Associação Empresarial de Blumenau

As dúvidas, na maior parte, estão na futura concessão do serviço público. Os empresários se mostraram preocupados não só com o processo como um todo, que inclui a elaboração do edital e o lançamento da licitação, mas principalmente com a eficiência do modelo a ser proposto.

Foi sugerida, por exemplo, a criação de um grande fórum com representantes da sociedade para que acompanhe e faça sugestões em prol da sustentabilidade do futuro contrato e da mobilidade das pessoas.

Pelo exemplo que tivemos, independentemente da parcela de culpa que cada parte teve, peço que ouçam os interessados. Merecemos algo renovador e estimulante para tornar Blumenau uma cidade modelo e inovadora em transporte, como já fomos um dia.

Comente abaixo

comentários