Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
clicRBS
Nova busca - outros

Pãozinho de Blumenau é regular, diz instituto

29 de julho de 2015 9

w_pao_p
Foto: Ronald Mendes, BD, 25/6/2015

Os pãezinhos vendidos em Blumenau são os melhores entre as 10 cidades brasileiras já avaliadas pelo Instituto Tecnológico ITPC, de Belo Horizonte (MG). Na média, as padarias de Blumenau atingiram 70 de 130 pontos possíveis (54%), o que dá a elas a classificação regular. A pesquisa foi feita em parceria com o Sebrae e o Sindicato das Indústrias de Panificação, Confeitaria e Produtos Alimentícios de Blumenau e Região (Sindipan).

Foram avaliados diversos itens, como crocância, aspecto, textura, sabor e aroma. Cinquenta padarias da cidade, escolhidas por sorteio, foram avaliadas. Os técnicos compravam em dois períodos do dia como se fossem clientes comuns. Os produtos foram avaliados em laboratório montado na sede do Sebrae.

O presidente do sindicato, Ivan Tonn, comemora o resultado em relação às demais cidades que tiveram as padarias avaliadas, mas sabe que os estabelecimentos daqui ainda podem evoluir bastante na qualidade do pãozinho.

O instituto não elaborou um ranking com as melhores e piores padarias da cidade. A única informação divulgada nesse sentido é que a pãozinho melhor avaliado foi o da Confeitaria Portugal, no bairro da Velha, único classificado como excelente. A maior parte foi classificado como bom e regular (veja abaixo).

Cada padaria recebeu um relatório com a avaliação do produto que ela vende. A ideia é fazer com que elas melhorem os aspectos em que a nota não foi muito boa e valorizem o que têm de melhor.

Resultados dos pãezinhos de 50 padarias de Blumenau

Excelente: 1 (2%)
Muito bom: —
Bom: 26 (52%)
Regular: 21 (42%)
Ruim? 2 (4%)

 

 

Comente abaixo

comentários

Supermercado Unidos compra Friosblu

29 de julho de 2015 8

w_friosblu_p
Uma das iguarias da Friosblu é o bolo de carne. Foto: Rafaela Martins

Vida longa à tradicional fabricante de frios e embutidos da Itoupava Central, em Blumenau. A empresa que teria as atividades encerradas no próximo fim de semana foi vendida para a família que controla o Supermercado Unidos, conhecido na cidade pelas carnes temperadas. O negócio foi oficializado ontem e a loja que fica junto à fabriqueta na região Norte continuará aberta ao público.

Segundo Roberto Deschamps, um dos sócios do Unidos, a ideia é unir no futuro a produção da Friosblu e das carnes temperadas do supermercado. Uma estrutura nova pode ser construída para isso, também na região Norte da cidade.

Deschamps garante que vai manter toda a linha de produtos, como o bolo de carne da foto, e não vai mexer nas receitas trazidas da Áustria pelos fundadores.

Comente abaixo

comentários

Furb vai terceirizar estacionamento de três campi

29 de julho de 2015 10

A Furb vai terceirizar o controle dos estacionamentos dos campi 1, 2 e 3. O edital para escolher a empresa que fará o serviço está sendo finalizando e deve ser lançado no próximo mês. A vencedora vai pagar um aluguel à universidade e poderá cobrar o estacionamento dos usuários.

O vice-reitor, Udo Schroeder, diz que há uma estimativa de que 20% das vagas são usadas por pessoas que não trabalham ou estudam na universidade. Outro dado é que 30% dos alunos usam o carro para ir a Furb.

Comente abaixo

comentários

Furb adota medidas para diminuir rombo no caixa

29 de julho de 2015 12

w_furb_p
Foto: Artur Moser, BD, 25/4/2014

O Conselho Universitário da Universidade Regional de Blumenau (Furb) aprovou um pacote de medidas administrativas para diminuir o rombo no caixa da instituição de ensino superior.

Segundo o vice-reitor, Udo Schroeder, as medidas para cortar despesas e aumentar receitas vão resultar numa economia de R$ 800 mil por mês, ou R$ 4,8 milhões no semestre. O valor não é suficiente para cobrir os R$ 13,2 milhões do Fies que o governo federal deixou de repassar no primeiro semestre à universidade, mas vai ajudar a controlar as finanças.

– Recentemente o governo nos pediu mais 60 dias para iniciar os repasses do Fies – diz o pró-reitor que já ouviu o pedido pela terceira vez desde abril.

Entre as medidas, algumas impactam diretamente nos professores e servidores da instituição, como a redução de 50% nos valores pagos a cargos comissionados, a redução de carga horária para diretor e vice-diretor de centro acadêmicos e o corte de horas para as chefias de departamentos.

Comente abaixo

comentários

Projeto de crematório para animais em Blumenau

28 de julho de 2015 3

Blumenau pode ter em breve um crematório para animais. A ideia é construir a estrutura na BR-470, bem perto do trevo da Fortaleza, para cremar carcaças de até 100 quilos.

Mesmo tendo menos de 130 metros quadrados de área construída, a legislação municipal exige do empreendedor a elaboração do Estudo de Impacto da Vizinhança (EIV). O estudo será analisado pela população em audiência pública dia 10 de agosto, às 19h, na Sociedade Recreativa Cultural Fortaleza.

Comente abaixo

comentários

Caminhadas de Blumenau reúnem centenas

28 de julho de 2015 0

w_caminha_p
Foto: Jadir de Amorim, arquivo pessoal

Cerca de 250 pessoas participaram no domingo da Caminhada da Nascentes. Percorreram cerca de 10 quilômetros entre a Estação de Tratamento de Água III e o Parque das Nascentes na belíssima região da Nova Rússia.

Para quem gosta da atividade, já estão abertas as inscrições para a 6ª Caminhada Ecológica Cultural da Vila Itoupava. Será dia 30 de agosto a partir das 8h e tem os mesmos 10 quilômetros. Ciclistas poderão optar por percurso de 30 quilômetros.

Haverá café da manhã a R$ 15 e almoço a R$ 35. No ano passado a caminhada reuniu mais de mil pessoas na região mais alemã da cidade. A inscrição é gratuita e deve ser feita em caminhadadavila.tur.br.

Comente abaixo

comentários

Os motivos da demora nas obras da Nereu Ramos

28 de julho de 2015 5

w_nereu_p
Foto: Rafaela Martins

Quem teve a sensação de que as obras de implantação da rede de esgoto demoraram um bocado na Rua Nereu Ramos, bairro Jardim Blumenau, tem razão. Segundo o diretor operacional da Odebrecht Ambiental, Cleber da Silva, dois fatores contribuíram para a demora: o excesso de chuva e as dificuldades técnicas.

– No trecho entre as ruas Luiz de Freitas Melro e a Pandiá Calógeras a tubulação passa a uma profundidade de sete metros. É mais perigoso e mais demorado.

Outro fator que faz com que a obra demore um pouco mais na região é a integração com os trabalhos da Secretaria de Serviços Urbanos (Sesur) e com o Samae. A primeira aproveita para fazer melhorias na drenagem das águas da chuva e a segunda faz a revitalização da rede de abastecimento de água tratada.

– Nunca tivemos tanta integração como nesse trecho. Demora para não precisar abrir a rua novamente – explica Silva.

Asfalto

O presidente do Samae, Valdair Mathias, diz que a autarquia, a secretaria e a empresa firmaram parceria para asfaltar a via tão logo as obras sejam concluídas. O asfalto será colocado no trecho entre as ruas Pastor Stutzer e XV de Novembro. A previsão de entrega da Nereu Ramos completamente recuperada é setembro.

Samae, Sesur e Odebrecht Ambiental também conversam com Sindilojas, Sinduscon e Secovi para avaliar a possibilidade de contemplar algo do projeto Centro Vivo nesse processo. A ideia é deixar a Rua Nereu Ramos mais humana.

Comente abaixo

comentários

Morro Azul, em Timbó, ganha luneta

24 de julho de 2015 2

w_luneta_pA paisagem vista a partir do Morro Azul, em Timbó, ficou ainda mais atraente. Nesta semana foi instalado no topo, bem perto da rampa de saltos, uma luneta para observação terrestre.

É igual às que existem no mirante de Itapema ou no topo do Morro da Lagoa, em Florianópolis.

O investimento da Divisão de Turismo da Secretaria Municipal de Desenvolvimento foi de R$ 4,2 mil e os visitantes não precisarão desembolsar nada para usar o equipamento.

Foto: divulgação, prefeitura de Timbó

Comente abaixo

comentários

Estado cogita Polícia Montada em Blumenau

24 de julho de 2015 2

O presidente da Acib, Carlos Tavares D’Amaral, saiu confiante da reunião que teve ontem com o secretário de Estado da Segurança Pública, César Grubba, em Florianópolis. Diz ele que sentiu sinceridade na revelada vontade do governo estadual de melhorar o combate à crescente violência na cidade.

Em outubro mais 750 homens iniciam treinamento para as polícias Militar e Civil e Grubba disse que vai olhar com carinho para Blumenau na hora de definir o destino deles. Também cogitou a instalação de um batalhão da Polícia Militar Montada.

Grupo menor

Na reunião, Amaral teve a companhia do vice-presidente da Acib, Avelino Lombardi, e do presidente do Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), Nelson Schaefer Martins.

Contava com a presença do prefeito Napoleão Bernardes e dos deputados estaduais da cidade. Todos acompanharam o ministro Kassab na prefeitura pela manhã e o tempo ruim não permitiu voos de helicóptero.

Comente abaixo

comentários

Oba, oba exagerado na passagem de Kassab

24 de julho de 2015 13

w_kassab_p
Foto: Francisco Fresard

Não há muito a comemorar depois da passagem do ministro das Cidades, Gilberto Kassab, por Blumenau. Liberou um empréstimo (sim, teremos que devolver com juros e correção) de míseros (na escala do que é público) R$ 10 milhões para asfaltar e providenciar calçadas em 6,6 quilômetros de ruas de Blumenau.

Oito das cerca de 4 mil vias da cidade serão contempladas. A burocracia é grande e se o prefeito diz que o serviço pode começar no início de 2016, consideremos “início” como o primeiro semestre.

Balneário de Blumenau

A visita do ministro Kassab serviu, sim, para tirar dele o compromisso verbal de dar atenção aos projetos da nova ponte do Centro e da urbanização da margem esquerda do Itajaí-Açu, passo seguinte ao enrocamento que leva uma eternidade para ser concluído.

Divertido foi ouvir o ministro, em entrevista coletiva, dizer que vai avaliar o projeto de “balneário” da cidade, fazendo referência à urbanização da margem esquerda. Balneário quer dizer “próprio para banho”. Acho que se esqueceram de apresentar o rio ao ministro.

Menos, muito menos

w_dilma_p
Foto: Rafaela Martins

Exagerada a manifestação dos simpatizantes da presidente Dilma na recepção ao ministro Kassab. Pedimos R$ 216 milhões e recebemos nem 5% na forma de empréstimo, que teremos de devolver. A boa educação exige o obrigado, mas esse poderia ser ao pé do ouvido.

Comente abaixo

comentários