Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Cadê esse povo?

25 de novembro de 2013 7

Os números da enquete publicada no site do Santa nesta segunda-feira perguntando para qual time da cidade o blumenauense torce trazem uma série de reflexões. Vale lembrar que, como não se trata de um estudo científico, não podemos levá-los tão a sério. Não sou um gênio da computação, mas sei que há uma série de formas de burlar tal pesquisa. E lógico, não será essa enquete que vai determinar o tamanho de cada torcida.

Crédito: Patrick Rodrigues

Crédito: Gilmar de Suza - 15/9/2013

O legal é ver a movimentação das duas torcidas e as flautas trocadas pelas redes sociais. Apesar de alguns mal-educados, é verdade. Futebol é isso. Só que, diante dos mais de 8,9 mil votos que a enquete registrou, faço uma pergunta: cadê esse povo?

Parece-me que temos uma das maiores, senão maior, torcida virtual do país. Afinal, as médias de público de Blumenau e Metropolitano no ano ficam bem aquém dos votos registrados na pesquisa. Reforçam inclusive a tese de que o torcedor blumenauense não gosta muito das arquibancadas.

Espero que a rivalidade entre os dois times, por mais que atuem em divisões distintas, ajude a mudar esse cenário. Uma cidade do tamanho de Blumenau, com mais de 300 mil habitantes, não pode se contentar com média de público de 1,5 mil torcedores. Sei que vitórias e títulos impulsionarão esses números. E torço muito por isso.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (7)

  • João Batista diz: 25 de novembro de 2013

    Interessante que o próprio pessoal do Santa sabe que dá para burlar as enquetes e não tomam nenhuma providencias. Se querem de uma vez acabar com esse antigo debate de que “Blumenauense não gosta de futebol” façam um amistoso, pode ser beneficente de final de ano, com metade da renda para qualquer instituição da cidade, APOSTO QUE DARÁ mais de SEIS mil pessoas, tá na hora da imprensa da cidade motivar as torcidas. A imprensa em Blumenau parece que é do contra. No mas, FORÇA ao futebol Blumenauense, e que essa rivalidade permaneça apenas nas redes sociais.

  • Luiz Claudio Pires diz: 26 de novembro de 2013

    Bela reflexao everton,

    Porém nao existem desculpas para essa “imensa” quantidade de torcedores nas arquibancadas, pois estamos com os dois clubes nas finas dos respectivos torneios catarinenses. Dentro de seus limites financeiros e tecnicos. Temos uma torcida de “pique-nique” que vai pra desestressar, que da 10 mim de jogo e nao faz gol, ja começa a xingar sem torcer realmente. A torcida tem que saber fazer sua parte; tao somente a ida ao estadio ajudar o clube torcendo e tendo paciencia.
    Pois Chapecó tem a metade da populaçao de Blumenau, e apos 7 anos de trabalho e paciencia, ai esta o resultado.

    Vamos Crescer nossa mentalidade como torcedor.

  • Rafael diz: 26 de novembro de 2013

    Me desculpe, Everton… A enquete pode ter registrado 8, 9 mil votos, mas se 10% disso foram votos de verdade, foi muito. Teve um monte de gente admitindo publicamente que votou mais de uma vez. As enquetes normais do Santa dão 100, 200 votos por dia. Aí de repente ia estourar 9.000?

  • Luiz carlos diz: 26 de novembro de 2013

    Vou dizer o motivo: estes mil e poucos torcedores fazem parte de um bando de imbecis que podem ser dar ao luxo de nao trabalhar numa quinta feira, pois na quarta vao ao estádio, bebem , brigam e faltam ao trabalhou no outro dia. O restante , trabalha , tem responsabilidade, nao pode ficar indo ver um bando de pernas de pau tentar jogar futebol.

  • Diego diz: 26 de novembro de 2013

    Esta na cara que a pesquisa foi burlada, seja pela equipe do jornal ou por outro meio.

    Se vermos outras enquetes os votos não chegam a mil e agora do nada se dão mais de 8 mil votos.

    Existem meios mais confiáveis e eficientes de se chamar o torcedor para o estadio do que comparar uma enquete desta natureza, com a quantidade de torcedores que comparecem no SESI.

  • Mario Vittoria Filho diz: 26 de novembro de 2013

    Olá.
    Eu me incluo no número de pessoas que votaram, mas que não comparecem ao estádio. No meu caso, até pouco atrás eu não tinha carro. Então, eu posso dizer que se deslocar até lá no SESI é um pouco complicado. Mas, agora que tenho carro novamente, estou estudando a possibilidade de frequentar o estádio de vez em quando. Me preocupo com a violência e com a roubalheira, tem também esse quesito. O estacionamento é seguro? O estádio em si é seguro? Pois vimos tantas brigas e problemas em estádios, que dá um certo medo. Talvez, falte mais campanhas e incentivo para o pessoal ir ao estádio. Mais apoio da mídia, quem sabe, ou até da Prefeitura, Secretária de Esportes de Blumenau, etc. Enfim, eu amo futebol, e torço para o BEC, e votei na enquete para o BEC, claro. Porém, eu tenho minhas preocupações em relação a ir ao estádio. Em breve, espero ir. Mas espero também não me arrepender, pois existem problemas sociais que deixam as pessoas preocupadas. É por isso que eu digo que, se tivesse mais informação e divulgação (Mídia + Clubes + Governo Municipal + Patrocinadores), quem sabe, teria mais gente nos estádios. Tem que incentivar as pessoas. Se for preciso, até posso ajudar, pois trabalho na área de Marketing. Talvez, o Marketing dos clubes esteja fraco, quem sabe. Vai saber!?

  • Adair diz: 27 de novembro de 2013

    Luis Carlos, imbecil é quem usa este espaço para ofender aqueles que verdadeiramente apoiam e torcem pelos times de futebol da nossa cidade. Sugiro ao senhor que vá embora dessa cidade e talvez do estado, porque gente assim só atrapalha a vida de quem só quer progredir, trabalhar e descontrair-se. Estive no Sesi para torcer pelo Blumenau porque é um time que representa a nossa cidade, assim como também torço para que o Metropolitano tenha sucesso. Ser tachado de imbecil e vagabundo por alguém que mostra ser um péssimo morador dessa cidade nos dá a convicção de que devemos ter esperança e perseverança em dias melhores tanto para o futebol como para muitas outras áreas do convívio social. Gente como o sr. Luis carlos não merecem viver em Blumenau e nem em Santa Catarina, aqui é terra de gente honesta, trabalhadora e dedicada.

Envie seu Comentário