Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Metropolitano perde para o Londrina pela falta de cabeça em momentos decisivos da partida

27 de julho de 2014 0

Experiente, com cinco participações na Série D do Brasileiro, o Metropolitano pisou no gramado do Estádio do Café neste domingo com uma proposta clara: segurar o Londrina (PR) e tentar surpreender nas rápidas descidas ao ataque. A primeira parte do plano deu certo até os 15 minutos do segundo tempo. Em um jogo duro, o Verdão se defendia bem e suportava a esperada pressão imposta pelos donos da casa.

Após a expulsão do lateral Juninho, tudo mudou. Bastaram quatro minutos para o time paranaense se aproveitar da superioridade numérica e construir a vitória por 1 a 0, na cobrança de um pênalti. A partir daí foi um Deus nos acuda para o time blumenauense, que se segurou como pôde e pouco criou. A vantagem paranaense só não foi maior porque o goleiro Dida operou alguns milagres.

A arbitragem não foi das melhores, mas discordo do técnico Abel Ribeiro, que colocou a derrota do time verde na conta da arbitragem. O Metrô perdeu pela falta de cabeça em momentos decisivos da partida.

O enredo do jogo deste domingo é muito parecido com o duelo entre os dois times no ano passado, quando o Verdão também perdeu por 1 a 0. No dia 7 de julho de 2013, o gol do Londrina saiu após uma falha do sistema defensivo, a partir da cobrança de um lateral.

Em uma competição dura como a quarta divisão nacional, assim como pôr a bola no chão é preciso controlar os nervos, jogar com atenção e minimizar os erros. Ainda mais quem conhece tão bem a competição como o Metrô. O grupo terá duas semanas para trabalhar até o próximo compromisso, dia 9 de agosto contra o Penapolense (SP), fora de casa, e buscar a reabilitação.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário