Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

É hora de time e torcida do Metropolitano fazerem as pazes

21 de agosto de 2014 5

Sabe quando você discute com alguém querido? Fica aquela mágoa, né? Mas com o passar do tempo, aquele sentimento ruim volta a dar lugar às risadas e brincadeiras. Os dois lados cedem, fazem as pazes e a vida segue.

O Metropolitano e a sua torcida vivem momento parecido. Os resultados ruins e as péssimas exibições da equipe abriram brecha para críticas, vaias e xingamentos. Time e torcedor deixaram o Sesi magoados, domingo passado.

Crédito: Gilmar de Souza/Agência RBS - 13/7/2014

Crédito: Gilmar de Souza/Agência RBS – 13/7/2014

É preciso refazer as pazes e para isso os dois lados precisam ceder. O clube fez sua parte. A direção verde mexeu no comando da equipe e baixou os preços dos ingressos. Sabe que com o apoio do torcedor, o time ganhará confiança para vencer o Penapolense (SP) e retomar o caminho rumo à próxima fase da Série D nacional.

Agora o torcedor tem que ceder e ir ao estádio mostrar que o relacionamento é forte. Os bilhetes a preços promocionais – R$ 5 a Geral e R$ 10 a Cadeira Lateral – começam a ser comercializados nesta quinta-feira na sede do clube e nos tradicionais pontos de venda.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (5)

  • Rafael diz: 21 de agosto de 2014

    Domingo é casa cheia, treinador novo, astral revigorado. Será o início da arrancada rumo ao acesso.

  • Mauri diz: 21 de agosto de 2014

    Vamos dar mais um voto de confiança, vamos lotar o SESI e fazer um verdadeiro caldeirão. Queremos, ver raça, profissionalismo e amor a cidade de Blumenau.

  • Larissa diz: 21 de agosto de 2014

    Parabéns pelo texto, Everton!
    Realmente o clube está dando todas as condições para a torcida se fazer presente e efetivamente apoiar o clube. Quem acompanha e torce pelo Metropolitano, sabe a importância desse jogo e do acesso à série C para a nossa cidade.
    #VamoVamoMetrô

  • PAULO diz: 21 de agosto de 2014

    NÃO, NA VERDADE NÃO DEVEMOS NOS PREOCUPAR COM VAIAS, O METRO NÃO É O CULPADO DE NADA, POR QUÊ? PELO SIMPLES FATO DE QUE O FUTEBOL BRASILEIRO ACABOU, NÃO EXISTE MAIS, FICA PARA OS BRASILEIROS E EM PARTICULAR PARA BLUMENAU, O EXEMPLO DOS ALEMÃES, ORGANIZAÇÃO, DISCIPLINA, INVESTIMENTO, EDUCAÇÃO, FUTEBOL VITORIOSO COMO SENDO O RESULTADO DE UM TRABALHO LEVADO A SÉRIO E COM RESPONSABILIDADE, QUE OS ALEMÃES BRASILEIROS DE BLUMENAU POSSAM APRENDER COM OS LEGÍTIMOS ALEMÃES DA ALEMANHA.

  • INGO KRAEMER diz: 22 de agosto de 2014

    No Metrô é a mesma coisa que no Flamengo. O cara joga pra caramba por ai. Chega no METRÔ ou no Flamengo, parece que esqueceram de como se joga. Vejam os Cabeças de bagre que saem do metrô, para jogar em Brusque, Ibirama, etc… Dão a vida pela camisa. Porque então em Blumenau NECA. É que aqui, mesmo sendo uma cidade com descendência alemã, a coisa não funciona. Os caras chegam em Blumenau, ganham hospedagem de PRIMEIRA, comida idem, belos locais para treinar, e NECA DE NADA. Falaram acima, que casa cheia. Hoje casa cheia no SESI, é algo em torno de 1800 a 2200 pessoas. É ridiculo. Casa cheia para mim, é como faz LAGES, CHAPECÓ, etc…

Envie seu Comentário