Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Basquete de Blumenau perdeu... para o placar do Galegão

22 de agosto de 2014 2

Jogadores, dirigentes e amantes do basquete viveram uma noite atípica no ginásio Galegão quinta-feira. A equipe masculina adulta de basquete de Blumenau (Apab/Metropolitano/BB Team/FMD) perdeu para Florianópolis por WO porque o placar deu problema. Mais um capítulo para a turbulenta história do Galegão, que recentemente teve problemas seguidos com o piso da quadra.

O equipamento foi comprado em abril de 2008, durante a reforma do ginásio por R$ 35 mil. De lá para cá, tornou-se obsoleto e começou a apresentar defeitos. Ano passado, durante os Jogos Abertos de Santa Catarina (Jasc) já havia falhado. Por isso, a Fundação Municipal de Desportos (FMD) encomendou um orçamento para o conserto, estimado em R$ 6 mil. Assustado com o valor, o presidente da fundação, Sérgio Galdino, abriu processo licitatório para a compra de um novo placar, menor e mais leve, por R$ 7,8 mil.

Conforme Galdino, a documentação da empresa vencedora apresentou problemas, por isso o processo está travada há 20 dias. A expectativa do dirigente da FMD é que a compra seja concluída em breve. Enquanto isso, negocia o empréstimo de um equipamento de outra cidade.

Sérgio Carneiro, o Serjão, presidente da Associação de Pais e Amigos do Basquete (Apab) de Blumenau, assume a responsabilidade pelo ocorrido. Cita que o placar funcionou com o supervisão de um técnico durante a tarde toda e também na partida preliminar, entre as equipes Sub-17 de Blumenau e Florianópolis. O equipamento travou com 30 segundos da partida principal da noite.

– Quem correu o risco de jogar no Galegão, fomos nós. Deveríamos ter um placar sobressalente e estamos correndo atrás disso – disse Serjão.

É uma pena, mas às vezes há males que vêm para o bem. Espero que esse seja o último episódio do gênero envolvendo o Galegão.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (2)

  • Luciano Carlos diz: 22 de agosto de 2014

    Esse Placar Eletrônico do GALEGÃO demostra o quanto o Esporte Amador é tratado em Blumenau. Uma várzea. A FMD que pare de dar desculpas e resolva esse obsoleto Galegão de uma vez por todas. Ou dõe para alguma Igreja realizar seus cultos….Casamento Coletivo….Saque do FGTS. O Esporte em Blumenau está largado pela incompetência de seus “Gestores”.

  • Silvério diz: 22 de agosto de 2014

    A verdade é que o Galegão só parece servir pra fazer casamento coletivo mesmo, Futsal e Vôlei não atende, Basquete acaba sendo prejudicado, assim é triste…

Envie seu Comentário