Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

A principal carta está fora do baralho nas eleições do Metropolitano

29 de abril de 2015 1

Desde que o atual presidente do Metropolitano, Marcelo Georg, afirmou que não concorreria à reeleição no próximo dia 7, o nome que tinha mais força para assumir o comando do clube é o do atual vice, Ivan Kuhnen (foto). As articulações que iniciaram há alguns meses levavam para esse caminho. Abnegado, Kuhnen nunca escondeu o desejo de presidir o Verdão. Estava decidido em concorrer. Nesta quarta-feira, porém, o cenário mudou.

Crédito: Patrick Rodrigues, BD, 21/5/2013

Crédito: Patrick Rodrigues, BD, 21/5/2013

Insatisfeito com as constantes negativas de novos investidores (leia-se patrocinadores) e desmotivado por críticas ácidas, Kuhnen cedeu à vontade da família e passou a ser carta fora do baralho.

– Estava decidido em assumir o clube, mas não vejo uma luz no fim do túnel, de patrocínios. Não estou preparado financeiramente para assumir um compromisso tão alto. Decidi não participar das eleições e abrir caminho para um novo nome – afirmou ao blog.

Comente e compartilhe

comentários

Comentários (1)

  • Raio X diz: 30 de abril de 2015

    Gato escaldado tem medo de agua fria. A fuga de investidores, seria reflexo de algumas atitudes utilizadas por outras diretorias vinculadas ao futebol profissional no passado?
    Por outro lado vale lembrar que a crise forte vem chegando , vale lembrar o conselho do velho ACM: Nosso melhor amigo eh aquele que faz as nossas coisas em segundo lugar, pois em primeiro faz as dele.

Envie seu Comentário