Pular a barra do clicRBS e ir direto para o cabeçalho.
 

Sob pressão, Seleção Brasileira volta pra casa nesta terça-feira. Como o time de Dunga vai reagir?

13 de outubro de 2015 0

É só a segunda rodada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, mas o duelo entre Brasil e Venezuela nesta terça-feira, às 22h, em Fortaleza (CE), tem ares de drama. Não bastasse a derrota na estreia, fora de casa, a Seleção volta a jogar no Brasil pela primeira vez em um compromisso valendo três pontos após os traumáticos 10 a 1 (os sete da Alemanha mais três da Holanda) do Mundial de 2014.

Mais do que para os jogadores, a partida contra os venezuelanos servirá de teste para a torcida. Como vão reagir os mais de 40 mil torcedores que já compraram ingressos e estarão no Castelão, caso o time de Dunga (foto) volte a ter problemas em articular o jogo no campo ofensivo? E os atletas, conseguirão lidar com a pressão? Veremos as respostas nesta terça.

Crédito: Leo Correa, Mowa Press

Crédito: Leo Correa, Mowa Press

Fato é que a rodada inicial confirmou o prognóstico de que estas serão as eliminatórias mais equilibradas da história. Oito seleções têm chances reais de conquistar uma das cinco vagas. As duas cartas fora do baralho, a princípio, são Bolívia e Venezuela. No entanto, as duas devem atrapalhar a vida de muita gente.

Por isso, a Seleção tem que jogar concentrada para não repetir as falhas que mostrou na estreia, tanto na defesa e quanto no ataque. Bola pra vencer a Venezuela, este time tem. Mesmo sem sua maior estrela: Neymar.

Comente e compartilhe

comentários

Envie seu Comentário