clicRBS
Nova busca - outros
04 out17:03

Projeto "Cultura de Paz" mobiliza alunos do Ensino Fundamental


A violência nas escolas é um assunto que preocupa pais e professores e leva cada vez mais os educadores a priorizar a cultura de paz e o respeito aos direitos humanos no ambiente escolar. Para oportunizar a discussão e contribuir para uma noção de paz e segurança, promovendo o respeito entre crianças e jovens, o Colégio Marista Conceição está trabalhando com a 8ª série (turmas 181 e 182) o Projeto Cultura de Paz.

O tema do projeto é “O recurso da violência: a inexistência do diálogo como alternativa de superação das diferenças”, e envolve as disciplinas de artes, educação para o pensar, ensino religioso, história e o Serviço de Orientação Escolar.

Os objetivos do projeto são: favorecer o respeito universal, proporcionar uma avaliação crítica em relação aos conflitos mundiais, e aprofundar os estudos no documento da ONU (Organização das Nações Unidas) com o título “Declaração e Programa de Ação sobre uma Cultura de Paz”.

Na fase preparatória do projeto, os alunos conheceram, através das aulas expositivas e dialogadas, o ambiente de rivalidades que se desenvolveram a partir do século XX, e que culminou com dois conflitos mundiais.

Na segunda fase, o professor de história Diego Baccin recriou um ambiente lúdico de conflito entre os participantes, para que os alunos vivenciassem de modo “empírico” a guerra. As turmas da 8ª série foram ao Daniel Tênis Clube, em Passo Fundo, para jogar paintball, um esporte onde duas ou mais equipes competem entre si, usando carregadores de bolas que soltam tinta ao atingir o adversário.

Para a terceira fase, que será de avaliação, haverá um ambiente de troca de experiências entre o que foi trabalhado em sala de aula e o vivenciado na atividade do jogo de paintball.
- Com isso, os alunos perceberão a ineficácia do recurso da guerra como forma de resolver os conflitos e as diferenças – diz o professor Diego Baccin.


Por

Comentários