clicRBS
Nova busca - outros
21 dez16:01

Passo Fundo ganha Orquestra de Câmara


– Pretendemos desenvolver uma arte verdadeiramente plena, que pensa, cria e transforma sujeitos e histórias – destacou o regente Fernando Montini da Orquestra de Câmara da Universidade de Passo Fundo, durante a abertura das seleções para músicos lançadas em outubro.

Foi este mesmo espírito, de levar a arte para a comunidade, que impulsionou Montini no emocionante concerto de lançamento da Orquestra, na noite de ontem, na Catedral Nossa Senhora Aparecida.

A abertura da noite foi com o Coral da UPF, também regido por Montini. Com mais de 43 anos de atividades ininterruptas, participando de inúmeras participações em festivais internacionais e produções operísticas, o Coral UPF consagrou-se nos últimos tempos como um dos maiores expoentes nacionais. As músicas apresentadas pelo grupo foram: O Fortuna Imperatrix Mundi, de Carl Orff, Brindisi da la Traviata, de Giuseppe Verdi, Te Quiero, de Mário Benedetti e Alberto Fávero, Canção do Entardecer, de José Luis da Silva e Agnus Dei, de Michael Smith.

Também participaram do concerto de abertura o Núcleo Suzuki de Violinos, que executou Adeste Fidelis e O Primeiro Natal, temas natalinos tradicionais.

Em seguida, a Orquestra de Câmara da Universidade de Passo Fundo realizou sua primeira apresentação, arrecadando aplausos calorosos do público que lotou a Catedral Nossa Senhora Aparecida. A Orquestra de Câmara da UPF é uma iniciativa da instituição com o apoio do curso de Música. Estruturada na orquestra de cordas, agregada de flautas doces e transversais e piano, a Orquestra acolhe alunos, professores, funcionários da instituição e membros da comunidade.

A coordenação da Orquestra é realizada pelos professores Gérson Werlang, Alexandre Saggiorato, Gleison Wojchekowski e do maestro Fernando Montini. O conjunto interpretou um repertório eclético, que iniciou com Suíte de Vivaldi, sob a regência de Gérson Werlang, Yesterday, de John Lennon e Paul McCartney, sob a regência de Gleison Wojchekowski e, sob a regência do maestro Fernando Montini, as obras Canon in ré, de Pachebell’s, Ave Maria, de Charles Gounod e Noite Feliz, de Franz Gruber.

Por

Um Comentário »

  • ana disse:

    FOI MUITO LINDO E EMOCIONANTE. PARABENS A TODOS.

Comentários