clicRBS
Nova busca - outros
26 ago21:04

Jornada registra venda de mais de 15 mil livros

Leandro Becker  |  leandro.becker@zerohora.com.br


Sacolas plásticas carregadas de livro disputando espaço entre os dedos das mãos. A cena se repetiu rotineiramente na Jornada de Literatura com a venda de mais de 15 mil livros. As obras preferidas do público foram justamente a dos autores que vieram a Passo Fundo: Maurício de Souza, Elisa Lucinda e Edney Silvestre.

— Conheço muitos eventos literários pelo mundo, mas a Jornada superou a expectativa — afirma Arcangelo Zorzi, diretor da Livraria do Maneco.

Há 41 anos no mercado, ele disse ter se fascinado com a diversidade de leitores, desde crianças até professores, intelectuais e escritores brasileiros e estrangeiros. De olho na próxima edição, Zorzi planeja ampliar a seção de literatura internacional. Para o livreiro, a Jornada cresce ao criar um ambiente de estímulo à leitura.

As editoras também tiveram sucesso nas vendas. Na Editora Paulus, os negócios cresceram 15% em relação à edição passada. Diante da procura intensa, algumas obras da Editora Paulinas esgotaram. No estande da Companhia Rio-grandense de Artes Gráficas (Corag), o destaque foi a participação dos professores.

— Mais que o aumento nas vendas, percebemos o interesse do público por literatura de qualidade — observa Irmã Jurema Andreolla, da Editora Paulinas.

Por

Comentários