clicRBS
Nova busca - outros
11 dez17:26

Alívio ao Rio Passo Fundo

Fernanda da Costa | fernanda.da.costa@gruporbs.com.br


Para-choque de automóvel, capacetes e até um sofá foram retirados do Rio Passo Fundo durante operação de limpeza.
Para salvar o rio que acumulou quantia quase equivalente à produção diária de lixo na cidade, serão aplicados projetos de educação ambiental e de monitoramento e limpeza da água.

Foram removidas cem toneladas de lixo em dois dias de limpeza, segundo estima a prefeitura de Passo Fundo, cinco vezes mais do que a previsão inicial. Na segunda-feira, funcionários da prefeitura do município devem remover manualmente pequenos resíduos que ainda ficaram na água e retirar o lixo depositado na mata à margem do rio.


- Muito do lixo acumulado no Rio Passo Fundo não foi jogado na água, mas sim na mata próxima. Com a chuva, tudo acaba indo para o rio – comenta o secretário de Meio Ambiente Clóvis Alves.

Os resíduos retirados do rio, que em muitos pontos impediam a visualização da água, foram depositados a cerca de cem metros da margem. Eles devem ser pesados e encaminhados para um aterro sanitário na terça-feira. Segundo o secretário, embora muitos dos resíduos sejam recicláveis – como garrafas pet – o material não poderá ser reaproveitado.

- Boa parte do lixo está em decomposição e o chorume acaba contaminando o resto dos resíduos, o que dificulta a reciclagem – explica Alves.

Vinte funcionários da prefeitura e 12 voluntários do Grupo Ecológico Guardiões da Vida, de Passo Fundo, trabalharam na operação de limpeza do rio, que iniciou na manhã de sexta-feira e encerrou no sábado. Oito caminhões e uma
escavadeira hidráulica foram usados na ação.

Para evitar que novos acúmulos de lixo se formem, o município instalará três barreiras de contenção em pontos estratégicos. Três dias antes do início da limpeza, a primeira boia de contenção já foi instalada no rio.

Duzentas mudas de árvores nativas serão usadas na recuperação da área desmatada durante a operação. Cerca de R$ 5 mil serão investidos no reflorestamento, que deve iniciar na quarta-feira.


Projetos pretendem salvar o rio


Para melhorar a qualidade da água, uma verba de R$ 800 mil do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) será aplicada em um projeto de monitoramento e limpeza do Rio Passo Fundo, que deve iniciar em janeiro de 2012.

Para conscientizar a população, um projeto de educação ambiental levará palestras e material informativo sobre o cuidado com os recursos hídricos e a destinação correta do lixo. Projeto será aplicado em escolas, empresas e com a população ribeirinha de Passo Fundo, com início previsto para este mês.



Por

Um Comentário »

  • jairo disse:

    quanto custa a ma educaçao do povo ao jogar o lixo em nossa cidade

Comentários