clicRBS
Nova busca - outros
25 jan16:01

Funcionários da Doux recebem férias coletivas na unidade de Montenegro


Luane Magalhães | luane.magalhaes@rbstv.com.br


Os constantes atrasos nos pagamentos aos integrados à Doux Frangosul começam a afetar o trabalho nos frigoríficos da empresa no Estado. Em Montenegro, com menos matéria- prima para trabalhar, a empresa diminuiu um turno de suas operações ao dar férias coletivas para os funcionários.

A desaceleração do ritmo na unidade tem relação com a interrupção do alojamento de animais, motivada pelo atraso de mais de 150 dias nos pagamentos aos produtores.

– O que sabemos é que serão dadas férias coletivas de 20 dias para cada turma de 350 pessoas. Nosso receio é de que a empresa diminua um turno, o que causaria demissões – diz João Marcelino da Rosa, coordenador-geral do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Alimentação de Montenegro.

Desde o início da semana, 700 produtores que não estavam mais alojando suínos e aves para a Doux retomam gradualmente as atividades.
– Entregamos uma proposta pedindo que o último calendário de pagamento proposto fosse encurtado de março para fevereiro – explica Valdecir Folador, presidente da Associação de Criadores de Suínos do Estado.
Procurada para falar sobre as férias coletivas, a empresa limitou- se a reafirmar que as remessas feitas à matriz na França – motivo de denúncia – são regularmente efetuadas por meio do Banco Central do Brasil e registradas nos balanços oficiais.


Por

Comentários